• Postado por Tiago

Desfile ?Arca do Mané – Bichos do Boi-de-mamão? abre os trabalhos do 1º Encontro de Bois do Brasil

abre-p1-boi-barrica

Bernunças, Maricotas e bois de tudo quanto é jeito e apelido vão tomar conta das ruas centrais de Floripa nesta terça-feira, chamando o povão pra participar do 1º Encontro de Bois de Norte a Sul. O evento reúne grupos folclóricos de seis estados que usam o boi como tema. O encontro rola de 11 a 14 de novembro, no largo da Alfândega. A promoção é da fundação Franklin Cascaes.

A Cia Barrica, de São Luís (MA), é que vai puxar o cortejo. São Luís é considerado o berço do bumba-meu-boi, folguedo do Nordeste que se espalhou por todo o Brasil. A capital maranhense é onde há a maior variedade de bois – boi de matraca, boi de orquestra, boi de zabumba, boi costa-de-mão e o boi Barrica. Vão participar do evento o boi bumbá de Corre-Campo (Manaus), boi de reis do grupo Fênix (João Pessoa), bumba-meu-boi do Luar do Sertão (Fortaleza) e grupos de boi-de-mamão da capital. O grupo parafolclórico Eco Marajoara (Ilha de Marajó) vem mostrar a vaquejada e as toadas de búfalo, animal que substituiu o boi no folclore local.

Sagrado para alguns e profano para outros, o boi tem um forte significado na cultura brasileira. O mesmo animal que ajuda na lavoura, sacia a fome e transporta o homem também alimenta o imaginário popular. No encontro também vão rolar exposições, exibições de filmes, oficinas, música, rango e debates.

  •  

Deixe uma Resposta