• Postado por Tiago

Comissão tem que criar projetos pra evitar a seca na temporada

Depois de tanto o povão sofrer com a falta de água na terrinha dengo-dengo, o prefeito Roberto Carlos de Souza (PSDB) prometeu investir mais de R$ 1 milhão neste ano pra garantir o abastecimento de água da city. Uma comissão mista de barnabés e representantes do povão foi criada na manhã de ontem e tem 90 dias para apresentar os primeiros projetos das obras necessárias para evitar a falta do líquido precioso.

Uma ordem de serviço no valor de R$ 1,2 milhão foi repassada ao Departamento de Água e Esgoto (DAE), no último dia de 2009, pra que durante o ano inteiro de 2010 sejam realizadas obras que melhorem o abastecimento. ?A matemática é simples: vou investir R$ 100 mil por mês?, explica o prefeito.

O prefeito explicou que, no ano passado, a prefa não tinha grana suficiente pra fazer as obras por causa da enchente e ainda aproveitou pra reclamar do Semasa, que teria prometido obras pra melhorar o abastecimento em Navega e não cumpriu. ?Isso prejudicou principalmente os bairros mais afastados, como Gravatá, e o final de algumas ruas, onde a água não chegava com muita pressão?, lascou o mandachuva dengo-dengo, que acredita que o problema de falta d?água está sendo menor do que no ano passado.

Comissão

Ainda na manhã de ontem, o prefeito assinou a portaria que cria uma comissão que planejará as sonhadas obras. João José Bento de Souza, ex-engenheiro da Casan; Paulo César dos Santos, geólogo; Luiz Carlos Santiago, outro ex-engenheiro da Casan; Gilberto João Batistelli, que trampa com perfuração de poços artesianos; e os diretores do DAE Sandra Demétrio Santiago e Célio Roberto Francisco compõem o grupo.

?Eles já me explicaram que as principais necessidades são as construções de reservatórios, principalmente no Gravatá, e de poços artesianos?, contou Bob. Outro projeto é a possibilidade de captação de água do rio Itajaí-açu pelo bairro Machados, nas Pedreiras. ?Mas faltam estudos para afirmar isso?, lembra o prefeito.

O DAE ainda tá realizando interligações de rede para aumento de pressão de água pelo Gravatá, sendo que cerca de mil metros já foram interligados. Além disso, nos próximos dias será adquirida uma bomba para lançar água do bairro Meia Praia pro Gravatá.

Pode?

De acordo com o vereador Marquinhos da Silva (PT), o repasse dessa montoeira de grana ao DAE é possível, mesmo sem a aprovação da câmara dos vereadores. ?Eu consultei a procuradoria jurídica e pode ser repassado porque o DAE não é uma autarquia ainda?, explicou.

  •  

Uma Resposta to “Bob Carlos cria comissão pra enfrentar o perrengue da falta d’água”

  1. osni Diz:

    Estive em Brasília no mês de dezembro e fiquei sabendo que no Ministério das Cidades existe muito dinheiro para projetos como os de implantação de reservatórios de água. E mais: o funcionário encarregado de dar encaminhamento aos projetos é blumenauense e revelou que no ano de 2009 apenas um município apresentou pedido para construção de reservatórios de água: Bombinhas. E conseguiu!

Deixe uma Resposta