• Postado por Tiago

INTERNA POLÍCIA PÁGINA SETE p -Bruna Serafin Siqueira 18 anos (1)

Bruna tinha entrado no mundo do tráfico, mas esqueceu de avisar a vizinhança

Bruna Serafim Siqueira, 18 anos, caiu nas mãos dos milicos na noite de terça-feira, acusada de tráfico de drogas. A guria tava escondendo 39 pedras de crack em casa, na rua Pedro Felício da Costa, bairro São Domingos, em Navegantes.

Os vizinhos de Bruna tavam com saco cheio do entra-e-sai de viciadinhos que rolava na quitinete e denunciaram o local. Os milicos ficaram de campana ao lado da baiuca e descobriram a safadeza.

Os meganhas seguiram um homem que entrou na baiuca atrás de porcaria e deram o atraque na hora que a muié entregava um pacote com droga. Os meganhas reviraram a casa e encontram as 39 pedras de crack.

Bruna foi levada para a delegacia de Navega para sisplicar com o delegado. Depois de um longo papo e uma noite na cela, a muié foi parar no cadeião do Itajaí.

Fachada

Já em São José, a polícia prendeu Wilson Wessler Sobrinho, 44. O sem-noção tava em liberdade provisória desde 2007, mas não aguentou ficar longe do mundo do crime. Ele foi preso no bairro Campinas, com 23 petecas de cocaína.

O flagrante rolou na madrugada de ontem e junto com o cara dançaram quatro usuários que compravam porcaria no momento da prisão.

O cara já cumpriu pena por tráfico e depois que ganhou a liberdade provisória, em 2007, abriu um restaurante na frente do Camelão de São José, mas pra polícia, o prato principal do local era a droga. O restaurante Figueira tava na mira da puliça há tempos pelo constante entra e sai de malacabados. Ontem, durante o flagrante, Wilson tava fazendo dupla jornada, pois além de atender o comércio, vendia porcaria.

O trafica só saiu da delegacia durante a tarde pra audiência com a juíza Tânia Luiz, no fórum da city. A juíza foi informada que o malaco continuava traficando mesmo na condicional.

Ele passou a audiência toda algemado, e alegou que é usuário de drogas. A juíza pediu um exame toxicológico, mas até nova audiência Wilson continua preso.

  •  

Deixe uma Resposta