• Postado por Tiago

A madrugada de ontem vai ficar marcada para o resto da vida de um gurizão de 17 anos, que viu o pai ser assassinado com sete facadas enquanto dormia, na baia que os dois dividiam, nos Cordeiros, em Itajaí. O borracheiro Odair do Nascimento, 40 anos, foi atacado por sete malacos, que meteram três facadas no rosto e quatro no peito do coitado. Depois da crueldade, os covardes se mandaram sem deixar rastros.

A polícia acredita que a morte foi um acerto de contas do mundo do tráfico, já que vizinhos contaram que Odair era viciadinho. O corpo foi recolhido pelos peritos do instituto Médico Legal (IML) e liberado para família pela manhã. Odair era natural de Moreira Sales, no Paraná, pra onde foi levado para ser enterrado.

A cena de filme de terror rolou na rua Agostinho Alves Ramos, por volta da meia hora da madrugada de ontem. O filho da vítima disse pra polícia que acordou com o barulho dos safados invadindo a baia. O gurizão disse que contou sete malacos participando da crueldade. Depois de esfaquearem Odair sem dó nem piedade, os desalmados deram no pé e não foram mais encontrados. O guri chamou os vermelhinhos pra tentar salvar o pai, mas já era tarde demais. Quando os bombeiros chegaram ao local, o coitado já tinha passado dessa pra uma melhor.

Os milicos também pintaram no local pra ver se achavam pistas dos mequetrefes e saber qual foi o motivo da treta.

  •  

Deixe uma Resposta