• Postado por Tiago

Cerca de 300 atletas de 24 equipes brigam pelo título nacional

A Sociedade Cultural Tiradentes recebe, a partir de hoje, os bolonistas brazucas mais phodões pra edição 2009 da Taça Brasil de Clubes Campeões, como é chamado o campeonato brasileiro de bolão 16, principal competição da modalidade no país. São esperados cerca de 300 atletas de quatro estados (Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo), além do pessoal da Santa&Bela, de 12 equipes em cada naipe ? masculino e feminino. ?Está tudo pronto. O clube está nos ajudando muito. O seu Chico (Berti, presidente do Tira) é mais que um presidente, é um pai?, diz o vice-presidente Vilson Nelson Duarte.

Logo na manhã de hoje, os bolonistas da categoria masculino vão ter 20 minutos pra reconhecer as pistas do clube do São João, em Itajaí, e praticar um pouquinho. O treino rola até às 14h e na sequência a galera se prepara pra abertura oficial, seguida de um coquetel de confraternização. Os pinos começam a cair às 16h com a categoria masculino, que vai até segunda-feira, quando rolam as finais.

Como ninguém é de ferro, na terça e quarta o evento dá uma parada pra galera respirar. A competição reinicia no dia 10 com a mulherada. ?Temos a vantagem de jogar em casa, e queremos o título pra ir pro mundial?, fala Terezinha Duarte, da equipe peixeira, atual vice-campeã mundial.

Rivalidade do vale

Um dos maiores clubes esportivos do Brasil, o Pinheiros, de São Paulo, chega a Itajaí como grande favorito. ?Eles têm jogadores de renome?, comenta Vilson, que aponta outro osso duro de roer: o clube Vasto Verde, de Blumenau. ?Vai ser cricri pra nós, mas vamos tirar de letra?, garante. Com vários representantes na seleção catarinense, a equipe peixeira também pinta como favorita. ?Vamos entrar pra ser campeões?, garante Vilson.

A felicidade só não é total quando se toca no assunto grana. ?Vão dar a resposta até hoje (ontem). A esperança é a última que morre?, diz, sobre uma possível ajuda da prefa. ?Ninguém apareceu pra oferecer ajuda?, lamenta Vilson.

  •  

Deixe uma Resposta