• Postado por Tiago

abre-oito---fachada-metropolitana-FM.jpg-(1)

Metropolitana diz que tinha alugado concessão da Objetiva

Tá rolando na dona justa uma batalha pela concessão da FM 102,1, que foi da Metropolitana FM até sete de maio passado e voltou a ser da Objetiva FM está semana. Por causa do quiprocó, a rádio chegou a ficar um dia fora do ar.

O último round da disputa foi vencido pela Empresa de Comunicação Internacional Ltda, de Eurides dos Santos, dono da Objetiva, quando em nove de maio, a desembargadora Denise Volpato negou o recurso ao Sistema Brava de Comunicação Internacional Ltda, de Diego Corrêa, o dono da Metropolitana.

O pessoal da Metropolitana garante que tem um contrato de arrendamento por cinco anos, mas que de uma hora pra outra Eurides quis desfazer o negócio. ?O contrato ia até 2012, mas por causa de brechas na lei das telecomunicações, eles conseguiram tirar a rádio do ar. Pela lei, não pode ter arrendamento, pois a concessão é pública, mas não sabíamos disso quando assinamos o contrato?, justificou o gerente comercial Walmir Corrêa Júnior.

Já Eurides disse que não era um arrendamento e sim um contrato de parceria. ?É o mesmo tipo de franquia da Band e da Transamérica?, exemplificou. Eurides disse que pegou a frequência de volta porque o parceiro tava devendo na praça, o que estaria queimando o negócio. ?Pode ver no processo como ele ficou devendo aluguel e até pra previdência social?, provocou.

Na semana passada, a brigaçada entre Eurides, da Objetiva, e Diego, da Metropolitana, terminou com a rádio saindo do ar por um dia. Esta semana a rádio tá funcionando malemal. A desembargadora Denise não engoliu o recurso da Metropolitana que dizia que merecia ficar com a rádio, pois investiu pesado na potência de transmissão e devolveu a freqüência pra Objetiva.

Desde que ganhou a rádio de volta, Eurides tá tendo problemas pra tocar a 102,1 FM, pois os equipamentos tão passando por uma manutenção. A promessa é que tudo seja resolvido nos próximos dias e a rádio volte a funcionar na buena. Enquanto isso, quem tentar sintonizar a 102,1 pode ficar na mão.

Zóio grande

Pro gerente da Metropolitana FM, Walmir Correa Jr., o entrevero tá rolando por causa de ganância do dono da concessão. ?Foi feito um investimento pesado na rádio, que tem sede na rodovia Osvaldo Reis, e fizemos um belo trabalho, tanto que na pesquisa de audiência realizada pela Univali em abril, aparecemos em primeiro lugar. Isso nos colocou em evidência e chamou a atenção da concorrência?, alegou, insinuando que Eurides quer a rádio de volta só porque ela está bombando.

  •  

Deixe uma Resposta