• Postado por Tiago

Uma brincadeira terminou em desgraça no sábado à tarde, em Guabiruba. Carlos Alberto Becker, 35 anos, passou dessa pra uma melhor depois que a caranga em que tava de carona capotou e despencou numa ribanceira de uma altura de 300 metros. Bizolhudos contaram à polícia militar e aos bombeiros que o motora se divertia dando cavalinho de pau com o possante. O cara tava bebaço quando fez toda a cagada.

O acidente rolou na localidade de Lageado Alto, pertinho da igreja Santo Antônio. Alexandre Coelho, 21 anos, Volnei Salvador, 26, e Carlos, pelo jeito não tinham muito o que fazer na tarde chuvosa e resolveram arriscar a vida. Os doidos entraram no Gol de Alexandre, com Volnei na boleia, pra brincar de frear em alta velocidade pra ver o carro rodar.

Só que a estrada tava muito lisa e numa das manobras a caranga capotou, despencou 300 metros e foi parar dentro de um banhado. O povão que assistiu à lambança de camarote se apressou em chamar os bombeiros.

Alexandre e Volnei conseguiram sair do possante. Os dois tavam com alguns lanhados, mas por milagre, nenhum ferimento grave. Eles avisaram aos bombeiros que Carlos ainda podia estar dentro do carro e foi preciso armar uma verdadeira operação de guerra pra achar o rapaz.

Enquanto São Pedro mandava água aqui pra baixo, os bombeiros desceram a ribanceira e vasculharam a área até achar Carlos morto, no meio do lamaçal. Os vermelhinhos carregaram o defunto por mais de 500 metros na mata até chegar a uma estradinha, onde tava a baratinha do socorro. Carlos foi levado pro instituto médico legal (IML) de Brusque.

Os PMs que atenderam a ocorrência chamaram Volnei pra dar um soprinho no bafômetro. O ponteirinho acusou que o cara tava manguaçado quando causou a tragédia.

  •  

Deixe uma Resposta