• Postado por Tiago

Uma brincadeira besta tirou a vida de Jackson Luis Teixeira Vaz, 23 anos. O rapaz morreu com um tirombaço no pescoço na madrugada de ontem, dentro da sua casa, na rua Euclides da Rosa, na Barra, em Balneário Camboriú. M.R.V., mulher de Jackson, disse à polícia que ele estava brincando de roleta-russa quando a desgraça aconteceu.

A dona M.R.V. contou aos policiais que Jackson chegou da rua aparentando estar transtornado. Estranho pacas, ele sentou na cama e sacou um trabuco calibre 38. Sem falar nada com nada, o sujeito teria botado apenas uma bala no revólver e começado a girar e apertar o gatilho. Depois de algumas tentativas, o berro disparou.

A bala cravou o pescoço do rapaz que caiu mortinho da silva. A testemunha afirma que Jackson tava com alguns problemas e andava desiludido. A perícia dos homisdalei esteve no local e constatou que a morte foi um suicídio. O corpo passou pela perícia do instituto Médico Legal (IML) da Maravilha do Atlântico Sul, e foi liberado pro enterro ontem, no cemitério da Barra.

Apesar das constatações, a polícia deve abrir um inquérito pra confirmar a história e de onde Jackson arrumou o revólver. O trabuco estava com a numeração raspada e sem registro no sistema dos puliças.

  •  

Deixe uma Resposta