• Postado por Tiago

Os técnicos do instituto médico legal da capital tão se virando nos 30 pra tentar identificar o corpo de um homem atropelado na manhã de ontem na BR-101, em São José. O acidente rolou por volta das 6h30, quando um caminhão dirigido por Maurício José de Campos atingiu o carinha que tentava atravessar a rodovia, fora da passarela.

Com o porradaço, o coitado foi jogado longe. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. O motorista contou à polícia rodoviária federal que não conseguiu desviar do homem, que apareceu na frente do caminhão de uma hora pra outra.

O acidente rolou no sentido norte do trecho duplicado da BR-101, bem pertinho do trevo do bairro Forquilhinhas. Peritos do IML passaram o dia tentando identificar o corpo, que tava sem documento. O cara estava com uniforme do posto de combustíveis Binário, mas não foi reconhecido por funcionários do local.

Lei seca?

Na segunda-feira, Luiz Carlos Farias, 32, tomou uns gorós a mais e resolveu pegar a estrada. Quando passava fazendo ziguezague com sua caranga na altura do quilômetro 208 da BR-101, foi parado pelos policiais. O bafo de cachaça denunciou o motora, que depois de soprar o bafômetro foi levado para a central de polícia de São José.

  •  

Deixe uma Resposta