• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE---g---Apreensão-Famai-(4)

Caminhão tá trancado no pátio do centro de eventos

Uma caçamba foi grampeada ontem à tarde pelos fiscais da Fundação do Meio Ambiente (Famai) de Itajaí. O bruto aterrava uma área de preservação permanente, na praia Brava. Os barnabés da Famai voltavam de uma fiscalização de rotina quando deram de cara com o brutus descarregando barro em lugar proibido. A empresa especializada em terraplanagem não tinha licença ambiental e, além de ter o brutus guentado, vai levar uma multa no lombo.

O trampo rolava numa área de preservação permanente que fica na rua Luci Canziani. No fim da tarde de ontem, os fiscais flagraram o caminhão placa LYK 0447 (Balneário Camboriú), da empresa Gatto terraplanagem, bem na hora em que descarregava o barro pra dar continuidade ao serviço.

Segundo os fiscais, a Gatto, que tem sede em Balneário Camboriú, não apresentou a licença ambiental que autoriza a realização da terraplanagem. O caminhão que estava no local foi apreendido e levado até o pátio do centro de eventos, na Beira Rio, onde vai ficar trancado até o dono da empresa sisplicar.

O órgão ambiental quer saber de quem é o terreno e por que a terraplanagem tava sendo feita sem licença. Além de passar pelo interrogatório, o dono da Gatto vai ter que desembolsar aquela graninha pro pagamento da multa. O valor do canetaço, até ontem à noite, não havia sido definido pela Famai.

  •  

Deixe uma Resposta