• Postado por Tiago

Virou caso de polícia as peripécias de um cachorrão da raça rottweiler em Balneário Camboriú. O dog foi solto ontem de manhã, na estrada geral do bairro Canhanduba, e avançou numa criançada e até nos adultos que passavam por lá. Os bombeiros e a polícia militar tiveram que suar a camisa pra resgatar o animal e passaram horas tentando arrumar um abrigo pro bichinho, já que nem a galera da Viva Bicho se responsabilizou pelo pobre cachorro.

Passava das 10h quando o animal apareceu atrás do depósito de gás, solto e descontrolado pela rua. Uma meninada que passou por lá pra ir à escola teve que correr muito pra escapar do cachorro raivoso, que avançou nos pequenos. O cão ainda tentou morder um homem que tava a pé.

Como ninguém conseguiu controlar o bicho, que é grandão, o povão que vive na região e estava apavorado, chamou os bombeiros. Os vermelhinhos e a polícia militar deram as caras no local e tiveram uma trabalheira pra conter o bicho. Com a ajuda de um laço, que é uma vara de aço que tem uma ponta arredondada pra laçar bichos, conseguiram guentar o animal.

Depois de fazer o serviço, os bombeiros e os meganhas penaram pra dar um destino ao animal. “É sempre assim. Como não tem um serviço municipal pra isso, ficamos sem saber o que fazer. Já não é a primeira ocorrência que a gente fica com as mãos atadas e não tem quem pegue os animais”, conta o bombeiro Leodegário Vieira.

Até integrantes da ong Viva Bicho foram chamados pra recolher o cão, mas nem eles deram jeito no animal. A presidente da ong, Clarissa Knablen, explica que o abrigo de animais estava fechado perto do meio-dia e não há outro local disponível na city pros dogs de rua. Ela relembra que o canil tá lotado e hoje abriga 600 animais, 10 vezes mais do que a capacidade.

  •  

Deixe uma Resposta