• Postado por Tiago

Numa coisa lojas grandes e pequenas são parecidas: cada uma trabalha com suas marcas de tinta prediletas, de acordo com seu público consumidor, como se pode constatar na tabela abaixo. O Rodi prefere as marcas Coral e Suvinil, reconhecidamente de excelente qualidade. A Lux Tintas aposta na Eucatex, também de boa qualidade, mas com preços mais competitivos. A Tintolândia, no São João, trabalha com a Coral, Eucatex e Dacar, pra todos os bolsos, e a Millium, com a linha Sherwin Williams, que detém a marca Novacor.

O proprietário da Tintolândia, João Luis Werner, acredita que, independente da marca, o importante é comprar tinta de primeira linha. “Mesmo a Dacar tem sua primeira linha, com mais resina, e tem um preço melhor do que as mais conhecidas. O problema de comprar tinta barata é que ela é muito rala, vai precisar de mais demãos, o que acaba igualando à que tem qualidade superior no custo”, explica.

João diz que o mau tempo também atrapalhou os negócios porque um dia de chuva significa dois dias de obra parada. “E não adianta pintar com a parede úmida, como muita gente fez depois da enchente. A umidade que tá no tijolo vem pra fora provocando as bolhas e descascando a parede”, alerta. Na Tintolândia, dá pra comprar em três vezes sem juros no cartão ou cheque ou 10% de desconto na compra à vista. Na baixa temporada, o forte da loja é atender à indústria automotiva, bastante ativa no bairro São João por causa das garagens na Caninana.

  •  

Deixe uma Resposta