• Postado por Tiago

A promessa do pessoal da saúde de que a gripe suína teria seu pico alto durante o inverno parece que é verdade. Bastaram alguns dias de calor pra que o número de internações e a procura por consultas médicas caísse.

Segundo dados da secretaria estadual de Saúde, no dia 21, 94 pessoas tavam internadas em UTIs na Santa & Bela. Na segunda-feira, este número caiu pra 80. No dia 16, o número de pacientes internados em leitos comuns com suspeita da gripe porca era de 613. Na segunda-feira passada, 340.

Na capital, os atendimentos nos postos de saúde também diminuíram. De acordo com a saúde manezinha, 150 pessoas chegaram a ser atendidas por dia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Canasvieiras por acharem que tinham contraído a gripe. De uma semana pra cá, este número caiu mais da metade.

A redução no número de pacientes internados deixa os chefões da saúde catarinense otimistas. Isto pode realmente indicar que a gripe suína tá dando uma trégua e que deve voltar a dar as caras com maior intensidade só no ano que vem. “Mas aí estaremos mais estruturados para atender aos pacientes, uma vez que a vacina já deverá estar disponível e os exames estarão sendo realizados com mais agilidade”, lembra Carmen Zanotto, diretora da secretaria de Saúde.

De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica, Luiz Antônio Silva, o temor agora é pro relaxamento da população. “O alerta está mantido. As pessoas têm que continuar seguindo as orientações de prevenção à gripe A e procurar rapidamente orientação médica quando notarem algum sintoma de contaminação. Quanto antes for diagnosticada, melhor e mais eficiente será o tratamento”, alerta o diretor.

A continuação desta reportagem você acompanhará na edição de amanhã do DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta