• Postado por Tiago

Alex Sandro de Aguiar não guentou a saudade do cadeião. Na manhã de ontem o abobado voltou ao presídio pra levar maconha para um ex-companheiro. O cara escondeu três torrões da erva nos maços de cigarro, mas a traquinagem foi descoberta durante a geral. Ele foi levado pra depê e ganhou uma nova vaguinha no xadrez.

O cara apareceu no cadeião por volta das 11h, tentando passar cigarros e papel higiênico para um preso que ele era chegado. A galera da revista vasculhou a bagulhada na frente do visitante, e descobriu a porcaria. Com a descoberta, os milicos foram chamados e levaram Alex pra depê. Ele contou ao delegado que levou os cigarros a pedido da muié do detento, que não teve o nome revelado, mas disse que não sabia da maconha. A história não colou e o dotô mandou o tanso de volta pro cadeião, mas com passagem só de ida.

Navegantes

Everaldo Ribeiro de Lima, 27 anos, caiu nas mãos dos meganhas dengodengo com 49 pedras de crack. O carinha tava traficando a porcariada na rua Sergio Gaya, bairro São Paulo, em Navegantes, quando recebeu a visita dos milicos. O abestado foi preso em flagrante enquanto negociava as pedras do capeta com um viciadinho na porta da sua baiuca.

Os meganhas tinham recebido denúncias que o tráfico rolava solto na casa de Everaldo e resolveram dar uma bizoiada. Quando chegaram ao local, o carinha tava vendendo a droga na maior cara-de-pau. Everaldo foi levado direto pra depê e fichado por tráfico de drogas. Depois de levar um papo com o delegado, o traficante ganhou uma passagem no bonde que partiu pro cadeião peixeiro.

  •  

Deixe uma Resposta