• Postado por Tiago

O feriado de Sete de Setembro promete ser mirradinho em Camboriú. A prefeitura decretou estado de emergência por conta da gripe porca e decidiu cancelar o tradicional desfile de rua e festerês oficiais da city, em comemoração ao Dia da Independência. A medida foi tomada pra evitar uma transmissão do vírus H1N1 entre o povão.

A prefa decretou estado de emergência por 30 dias, durante reunião na noite de terça. Com a medida, a prefeitura pode contratar médicos e fazer compras de máscaras, remédios e álcool em gel, sem burocracia.

No mesmo blablablá foi anunciado o cancelamento do festejo do Sete de Setembro. A má notícia foi caneteada pra evitar que o pessoal resfriado entre em contato com a comunidade e passe gripe pro povão que tá bonzinho. Embora os desfiles programados pro centro da city e pro bairro Monte Alegre fossem realizados nas ruas, o pessoal relembra que a população fica muito juntinha nas calçadas pra esticar aquele olho e espiar a festa.

Também há muito aglomero de crianças e adultos dentro dos ônibus do município e nas áreas de concentração, antes do desfile. Além disso, a prefa teria que disponibilizar garrafas de água individuais e objetos descartáveis, pra evitar que a simples divisão de um copo de água se tornasse transmissor da gripe.

Foram cancelados ainda os ensaios e as fanfarras que estavam sendo organizadas pra tocarem durante o festejo do feriado. Também foram cortados do calendário oficial do município todas as celebrações, eventos e palestras que rolariam em ambientes fechados. A medida seguirá até meados de setembro. Continua na edição de amanhã do DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta