• Postado por Tiago

Dois motoristas que tavam aguardando socorro, na marginal da BR-101, em Biguaçu, na região de Florianópolis, foram atropelados por um caminhão, com placas de São João Batista, carregado de tijolos. Um deles morreu na hora, e outro foi levado pro hospital, mas não corre risco de morte.

No acidente morreu Bertilo Wiggers, 58 anos. Já Marcos de Oliveira Alves, conseguiu se livrar da tragédia pra contar história. O acidente rolou no KM-192 da BR-101.

As vítimas porreram as carangas que dirigiam, quando reduziram a velocidade para passar defronte ao posto da polícia rodoviária federal. O motara que tava na caranga da frente meteu o pé no freio ao ver o posto dos federas e foi atingido em cheio pelo possante que vinha logo atrás.

O motora do caminhão, Vitório Margotti, 69, disse à polícia que precisou tomar uma decisão muito rápido, por isso acabou atingindo as pessoas que tavam no acostamento. Na pista da esquerda vinha outro caminhão, e por isso teve que jogar pro acostamento.

Ele bateu com tudo nos dois homens. Bertilo morreu na hora e Marcos foi levado meia hora depois pelo pessoal da Auto Pista Litoral para o hospital de Biguaçu. Ele não corre risco de morte.

O caminhão bateu também contra o carro de um médico, que tinha parado na estrada pra prestar socorro pras vítimas do acidente anterior. O bruto foi recolhido pela PRF, que disse que o monstrengo tava cheio de problemas: não tinha medidor de velocidade e tava com defeitos nos freios.

Se o laudo atestar as falhas, o motora pode ser indiciado por homicídio doloso, ou seja, matou, mas não queria.

  •  

Deixe uma Resposta