• Postado por Tiago

INTERNA-----_abre_caminhão-do-peixe-2_divulgação

O caminhão leva o pescado pra tudo quanto é canto da city

Se você é chegado num peixinho ou quer começar a praticar uma alimentação saudável, não pode perder a barbada do caminhão do peixe da prefeitura de Itajaí, que toda semana percorre bairros das zonas urbana e rural vendendo os escamasos a um precinho camarada. Para a semana que vem, a secretaria de Pesca e Aquicultura (Sepesca) vai diversificar os produtos e o povão vai poder comprar, além do famoso charutinho, o linguado, o gordinho, a corvina, a pescadinha e a tainha.

Pelo calendário divulgado pela Sepesca, amanhã o caminhão do peixe vai estacionar no pátio da igreja católica de Santa Paulina, que fica no loteamento Portal 1, nos Espinheiros. Além da comunidade do Portal, moradores de outros bairros também podem fazer as compras. Pra chegar lá é fácil. Basta tomar a rodovia Jorge Lacerda (aquela que leva a Blumenau), passar a transportadora Dalçoquio e virar na primeira rua à esquerda.

Na quarta-feira é a vez do povão da Fazendinha, no bairro Fazenda, aproveitar pra comprar peixe bom e barato. O caminhão vai estar no ladinho do ginásio de esportes Ivo Silveira. Os moradores do bairro Dom Bosco vão receber o caminhão na quinta-feira. Ele estaciona no pátio da igreja católica de Dom Bosco, que fica na rua Brusque.

Sexta-feira será a vez dos Cordeiros. O pátio da igreja católica do São Cristóvão, na rua Odílio Garcia, é o local definido pro caminhão do peixe parar e abrir suas portas ao povão. Os moradores do São João aproveitam o caminhão no sábado. Ele vai estar parado na rua Pedro Rangel, bem em frente à pracinha da igreja católica do bairro.

Pra incentivar

O caminhão do peixe é como se fosse uma peixaria ambulante. Vende pescados frescos e congelados. Ele faz parte de um programa do governo federal, em parceria com a prefa de Itajaí, que tem como objetivo incentivar o povão a aumentar o consumo diário de peixe, considerado um alimento saudável.

O caminhão chega num bairro, abre suas portas laterais às 8h da matina e comercializa o pescado até perto das 13h ou enquanto durar seu estoque. Os precinhos são mais camaradas que os praticados em peixarias privadas.

  •  

Deixe uma Resposta