• 28 set 2009
  • Postado por Tiago

Cristiane-Dias-e-Luis-Ernesto-Lacombe-2

Nas suas novelas a Globo precisa voltar ao que sempre foi

De duas uma: ou a Globo passa a adotar outros critérios para definir os seus próximos trabalhos nas mais diferentes faixas de novelas, ou os problemas agora conhecidos das 6 da tarde, podem perigosamente se estender para os horários das 7 e 8 da noite.

Não há outra alternativa.

E nem existe nada mais arriscado que colocar um autor para analisar e definir o trabalho de um outro companheiro, que em alguns casos nem é tão companheiro assim. Ingenuidade imaginar que isso possa funcionar, hoje e para tempos futuros, em toda a essência do melhor e mais puro profissionalismo. Na prática, não é bem assim que a coisa funciona. A Globo sempre se deu bem com as suas novelas, porque teve diretores capazes de decidir, e com absoluta isenção, o que deveria ou não ir ao ar. Boni, Daniel Filho e, mais recentemente Mario Lucio Vaz, que ainda apita alguma coisa. Manuel Martins e Ary Nogueira, cada um em seu campo de atuação, hoje são os responsáveis pelos diversos produtos do artístico. Importante que eles saibam definir alguém suficientemente capaz de tomar essas decisões, sempre colocando os interesses da emissora em primeiro lugar. O critério atual, e o horário das 6 já aparece como bom – ou mau exemplo, beira o suicídio.

Preocupação

A programação dos domingos do SBT ainda é motivo de preocupações. Alguns dos seus diretores mais importantes entendem que as audiências do ?Domingo Legal?, Eliana e Silvio Santos bateram no teto. Quase impossível, mantidas as atuais condições, conseguir alguma coisa a mais. Não há, até agora pelo menos, qualquer sinal de mudança.

Atrito

Tem bronca no circuito da próxima novela da Record, ?Ribeirão do tempo?. Marcilio Moraes, o autor, e o diretor geral Edgard Miranda estão encontrando resistências em setores do Complexo RecNov quanto às suas solicitações.

Estremecimento

Dois apresentadores do ?TV Fama? da Rede TV! se desentenderam feio recentemente. Um insistia em chamar a outra de Lassie. De nada adiantaram os pedidos de parar com isso. O caso foi parar na direção. Mas, também, onde já se viu? Lassie, uma Collie, é considerada ?a cachorrinha mais famosa do mundo?. Personagem de ficção.

Situação de momento

O comando da Cuatro Cabezas, consultado, demonstrou não ter maiores preocupações a respeito. De todos os atuais integrantes do ?CQC?, Marcelo Tas, Rafinha Bastos, Marco Luque, Felipe Andreolli e Rafael Cortez estão com as situações contratuais resolvidas. Danilo Gentile e Oscar Filho ainda não.

  •  

Deixe uma Resposta