• 30 out 2009
  • Postado por Tiago

Lorena-Calabria

Lorena Calabria tem apenas um trabalho certo na Band na atual temporada, que será a apresentação do Grammy, em novembro. Já em 2010, é certo, ela vai comandar um novo programa jornalístico na faixa nobre.

A triste decadência do ?Fantástico?

Nos dias atuais, uma das maiores preocupações na Globo atende pelo nome de ?Fantástico?. E nem poderia ser diferente. Já de muito tempo o programa vem apresentando graves sinais de desgaste. E decadência.

Nada do que foi tentado, pelo menos até agora, revelou um saldo mais animador, e bastou a concorrência se acirrar um pouco nas noites dos domingos para que os seus péssimos resultados aumentassem na mesma proporção.

Na verdade, este é um problema que vem se arrastando, principalmente porque houve um grave desvio daquelas que sempre foram as principais características deste programa. O jornalismo de qualidade, com boas reportagens investigativas e sem deixar de lado o melhor do entretenimento, componentes indispensáveis do seu espelho, aos poucos foram trocados por quadros de uma inexpressividade absoluta.

Nada do que vemos aí aconteceu por acaso. Foi o próprio ?Fantástico? e as diversas equipes que passaram por ele nesses últimos tempos os únicos responsáveis pelo caos atual. E a de agora, certamente, a pior de todas.

Não chega a ser um caminho sem volta ou caso perdido, mas lamentavelmente, está bem perto disso. Uma batata quente nas mãos da direção. Fazer o ?Fantástico? voltar a alguma coisa parecida com o antigo ?Show da Vida? vai exigir muito mais do que um grande sacrifício.

TV Tudo

Faustinho

Fausto Silva está sendo obrigado a renovar todo o seu guarda-roupa. Vinte quilos mais magro e com a perspectiva de perder outros vinte, ele não tem mais nada que sirva. Nem os sapatos. Seu pé diminuiu dois números.

Volta marcada

O ator Fabio Lago, atropelado recentemente na zona sul do Rio, voltará já na terça-feira a gravar normalmente as suas cenas na novela ?Caras & Bocas?. Na verdade, quase que normalmente, porque o seu personagem também vai aparecer com o braço quebrado.

Chacrinha

Durante todos esses dias, por ocasião do lançamento do filme do Nelson Hoineff, ?Alô, Alô Terezinha?, mais uma vez Chacrinha volta a ser lembrado e homenageado. Uma das maiores expressões da nossa TV em todos os tempos. Aí vem aquela coisa: quantos e quais dos nossos atuais comunicadores serão lembrados?

Objetivos diferentes

Há quem insista em enxergar semelhanças nos programas ?Pânico? e ?CQC?. Inclusive se perdendo nos comparativos de audiência. Nada a ver. Não há termos de comparação entre os dois. São linhas de atuação completamente distintas.

Estica e puxa

O ?Pânico? tem se mantido na casa dos 11 pontos. E já de algum tempo. Mas com a melhora da audiência, resolveram também aumentar a sua duração. Está espichado, com quadros mais longos e um número muito maior de comerciais. Quantidade com qualidade na maioria das vezes nunca combinam. É bom lembrar que o amanhã sempre chega, trazendo a conta do exagero de agora.

A próxima da Record

A direção de novelas da Record, entenda-se Hiran Silveira, espera definir no começo da semana que vem a novela mexicana que substituirá ?Bela a Feia?. Segundo ele, ainda não é possível adiantar alguma coisa ou fornecer pistas porque a definição também depende de um entendimento com o pessoal da Televisa.

Jornal analítico

Ainda há um certo segredo em cima do assunto, mas a Rede TV! vem mesmo com novo jornal de análise na hora do almoço. Deve estrear logo no começo do ano que vem, mas a equipe responsável começa a ser montada agora.

Acelerando o passo

Roberto Justus vai continuar gravando o seu ?1 contra 100? até 20 de dezembro. Já existem seis programas gravados, número suficiente pra atender o período de férias. A estreia do novo formato deve acontecer entre os meses de março e abril do ano que vem.

  •  

Deixe uma Resposta