• 18 nov 2009
  • Postado por Tiago

sessao-da-camada-fabricio sessão-da-Camara-nikolas

Os dois são vereadores em seu segundo mandato. Um recebeu mais de três mil votos, foi o vereador mais votado da história de sua cidade e é o afilhado político do vice-governador do estado, Leonel Pavan (PSDB). O outro recebeu mais de dois mil votos, é uma das esperanças de renovação política dentro de seu partido e está sob a proteção da senadora e candidata ao governo do estado, Ideli Salvatti (PT). Confira o primeiro confronto do Cara e Coroa, entre os vereadores Fabrício de Oliveira, (PSDB), de Balneário, e Níkolas Reis (PT), Itajaí.

PEC que aumenta o número de vereadores

Fabrício: Foi uma ilusão que o congresso criou nos suplentes

x

Níkolas: Importante, mas um verdadeiro absurdo pela forma como foi conduzida.

Porto de Itajaí

Fabrício: Ponto chave da economia de Santa Catarina

X

Níkolas: Grande pilar da nossa economia, mas merece ter suas decisões mais socializadas.

Movimento estudantil

Fabrício: Gostaria que tivesse mais força, que fosse mais organizado.

x

Nikolas: Grande escola política da minha vida.

Turismo catarinense

Fabrício: Com certeza é o primeiro do país

x

Nikolas: Um filão mal explorado, carece de muito investimento.

Apagão na energia elétrica

Fabrício: Incompetência.

x

Nikolas: Aconteceu na Itália, nos EUA, acho normal, mas merece um cuidado especial.

Presidente Lula

Fabrício: Rompeu com a ética que tanto prometeu em campanha.

x

Nikolas: Melhor presidente que o país já teve. Ainda não tem segundo grau, mas uma universidade do exterior está quase dando o título de doutor para ele.

Governador José Serra

Fabrício: Próximo presidente da república

x

Nikolas: Outra figura que merece respeito, mas não mostrou ao que veio, nem competência para

Leonel Pavan

Fabrício: Próximo governador

x

Nikolas: Político respeitado, com o qual eu divirjo em quase tudo.

Ideli Salvatti

Fabrício: Infelizmente absolveu o Sarney.

x

Nikolas: Extremamente trabalhadora, unificou o PT e tem grandes chances no pleito do ano que vem.

  •  

Deixe uma Resposta