• Postado por Tiago

Um dos acusados pelo crime que ficou conhecido como ‘Chacina da Serrinha’ será julgado hoje, a partir das 9h, no fórum de Floripa. Gabriel Patrício vai à júri por ter matado dois e ter tentado matar outros quatro em 15 de janeiro de 2007.
A denúncia foi do Ministério Público de Santa Catarina. O MP relata que Gabriel, André de Oliveira Pinto e mais três adolescentes chegaram metendo panca num campinho de várzea no bairro da Serrinha, que fica atrás da UFSC.
Armados, mandaram todos os peladeiros deitarem no chão e ficarem quietinhos. O bando chegou por trás dos guris rendidos e atirou à queima-roupa em um por um. Eles mataram Emerson Bueno Gonçalves e Renato Venicios da Silva, e outros quatro rapazes ficaram bem lanhados. Os moleques não tiveram qualquer chance de defesa.
O crime teria rolado porque André teria sido chifrado por uma das vítimas. O outro motivo que teria levado à chacina seria uma rixa entre os dois grupos.
Eles eram moradores de bairros vizinhos, rivais da Serrinha e do Saco dos Limões, e tinham se estranhado uma semana antes do balaço num bar no bairro Santa Mônica, chiquetoso, mas que fica ali perto.
Quem vai defender o traste é o advogado Francisco Emmanuel Campos Ferreira e o promotor será Luiz Fernando Fernandes Pacheco. O juiz será o dotô Luiz Cesar Schweitzer.

  •  

Deixe uma Resposta