• Postado por Tiago

Cleber dos Santos, 38 anos, se livrou da jaula. O tribunal do júri peixeiro, que esteve reunido quarta-feira, entendeu que Cleber não teve culpa na morte de Alex Ciro Vicente, no dia 28 de agosto de 1995. Na época do crime, Cleber e um primo então dimenor tinham saído para curtir a noite no Tiradentes, quando acabaram se envolvendo num arranca-rabo feioso.

Ao tentar defender o parente, Cleber acabou levando uns tapas, mas não teria tentado revidar. Depois da confusão os parentes embarcaram no carro e foram fazer uma boquinha no Boca Cheia, que ficava perto do posto do São João, na José Pereira Liberato. No caminho Cleber e o parente encrenqueiro se viram cercados por cinco trastes, que resolveram tirar satisfação. Ao descer do possante o primo dimenor de Cleber deu um tiro em Alex Ciro Vicente, que estava no meio do grupo. Desesperados os dois deram no pé antes da polícia chegar.

  •  

Deixe uma Resposta