• Postado por Tiago

O anúncio de que os caminhões zero quilômetro continuarão com redução do IPI foi feito pelo ministro Guido Mantega, da Fazenda, na noitinha de terça-feira. O arrego continua até junho do ano que vem. A intenção do governo, diz Mantega, é colaborar para a renovação da frota dos brutos brasileiros que têm, em média, 18 anos.

A medida também se estende aos automóveis com motor flex e os movidos exclusivamente a álcool. Para esses carangos, a redução do IPI vai até março do ano que vem. O objetivo do governo é estimular a produção de possantes que provocam menos poluição ambiental.

Para os carangos flex e a álcool até mil cilindradas, a alíquota de 3% do IPI sobre o preço de fábrica será mantida. Em abril, volta aos 7%. Os carangos com até duas mil cilindradas mantêm os 7,5% de IPI. Os 13% voltam em abril.

Possantes a gasosa voltarão a pagar as alíquotas normais a partir de janeiro.

  •  

Deixe uma Resposta