• Postado por Tiago

Thiago de Araújo Machado Gonçalves, 24 anos, e Deise Machado, que foram baleados na madrugada de segunda-feira, numa emboscada da bandidagem peixeira, continuam internados em estado grave na UTI do hospital Marieta Konder Bornhausen. O casal foi furado à bala quando voltava do bate-coxa Tiradentes.

A polícia apurou que o casal foi seguido por dois homens de moto desde que saiu do rala-coxa. Depois da festança, os dois entraram num táxi para retonar pra casa. A assim que desembarcaram, uma dupla que tava numa cabrita apareceu metendo bala para todos os lados.

Os dois foram feridos próximo a uma casa no Cidade Nova, suspeita de ser ponto de venda de drogas. Os bandidos meteram três balas no couro de cada uma das vítimas. O delegado Rui Garcia dos Santos, da central de Operações Policiais (COP), explica que está investigando o caso para chegar aos bandidos que tentaram meter o casal embaixo de sete palmos de terra.

O delegado explica ainda que está levantando informações pra meter os malacos atrás das grades o mais rápido possível. Ele ia pedir a autorização para revirar a casa onde o casal tava chegando quando foi baleado. O dono da casa, conhecido como Neguinho, está foragido. Segundo as investigações, ele e o irmão teriam mandado matar um homem na semana passada por dívida de tráfico de drogas.

  •  

Deixe uma Resposta