• Postado por Tiago

Muitos moradores da Praia Grande, na Penha, reclamaram da falta de água no dia de ontem. O que a galera não sabe é que o pior ainda está por vir. A previsão é de que falte água no feriado de Ano Novo na localidade e na parte alta da prainha de São Miguel, também na terra do marisco. A Casan confirma o problema e pede pro povão economizar o líquido precioso durante o dia.

De acordo com o responsável pela agência da Casan da Penha, Idenésio de Souza, não tem como se resolver o problema. “O consumo de água aumentou mais de 100% neste feriado. Durante a baixa temporada estávamos consumindo 100 litros de água por segundo. Agora estamos distribuindo 175 litros e não estamos dando conta”, falou. Idenésio ainda disse que o consumo de água aumentou 20%, em comparação com a temporada passada.

O chefão ainda garante que a falta de água está prevista, a princípio, somente para estas duas regiões. “O que a gente pede pro pessoal é economizar durante o dia. Não lavar calçada, carro e essas coisas. Durante a noite a pressão volta ao normal”, afirma.

Assim como em Navega, o problema da Penha também é com a baixa pressão com que a água chega nas baias, principalmente nas áreas mais afastadas e mais altas. O líquido precioso é captado no rio Piçarras e abastece as duas cidades.

Chuveiros atrapalham

Idenésio diz ainda que os chuveiros públicos colocados nas praias da terrinha do marisco, em forma de golfinhos, colaboram com o alto consumo de água na região. “Tem que usar estes chuveiros com cuidado. Muita gente tem deixado o registro aberto. A gente mesmo está passando em alguns locais para fechá-los”, reclama.

Barra Velha

Moradores da terrinha do pirão também reclamaram da falta de água na city neste fim de semana. A empresa Enops Engenharia, que tá realizando o serviço de abastecimento na cidade durante a temporada, disse que, no sábado, uma adutora da rua Paraná, no centro, se rompeu. No domingo, os peões passaram o dia arrumando o problema, mas, durante a madrugada, a adutora foi pro pau mais uma vez e comprometeu o abastecimento de toda a terrinha do pirão. Ontem o serviço já estava normalizado.

  •  

Deixe uma Resposta