• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---s---supersurf-Diego-Rosa---foto-nilton-santos

Diego Rosa foi um dos catarinas que passou pra segunda fase

Se não fosse a eliminação do manezinho Davi de Jesus, na quinta e última etapa do SuperSurf, a primeira divisão do surfe brazuca, que tá rolando na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, Santa Catarina teria fechado o primeiro dia de evento com 100% de aproveitamento. Mais do que ficar de fora da etapa carioca, o catarinense que leva Jesus no nome tá fora da elite pra 2010. Como vai acabar o ano fora dos 24 primeiros que ficam pro ano que vem, Davi tá rebaixado.

Mas isso não tirou o brilho do restante da galera radical catarinense. Logo na primeira bateria de ontem, o nanico, mas invocado Thomas Hermes, da Barra Velha, passou pelo cearense Thiago de Sousa e se garantiu na segunda fase. Mais tarde foi a vez do manezinho Beto Mariano despachar outro cearense pra avançar. Pra achatar ainda mais a cabeça da galera do Ceará, Guga Arruda e Gui Ferreira, ambos de Floripa, venceram suas baterias também contra cearenses e tão certos na segunda fase, que começa hoje.

Pra completar a lista dos catarinas que avançaram, Fábio Carvalho, de Imbituba, e Diego Rosa, outro manezinho, mandaram Guilherme Herdy, surfista local, e Péricles Dimitri pra casa mais cedo. Os sete catarinenses e os vencedores das outras nove baterias da primeira fase se juntam aos cabeças-de-chave da etapa, que tão garantidos na segunda fase, que tem início hoje.

Nesta sexta é a vez de outros catarinenses estrearem na etapa carioca. Mesmo sem chances de faturar o título da temporada, o manezinho Marco Polo e Jean da Silva, de São Francisco do Sul, têm tudo pra detonar nas ondas da Barra. Outros destaques dessa fase são o paraibano Jano Belo e o cearense Messias Félix, respectivamente líder e vice-líder do ranking, Gustavo Fernandes, atual campeão, e Tânio Barreto, alagoano que lidera o ranking do circuito catarinense profi. Hoje também começa a primeira fase feminina, com três catarinenses em ação: Gabriela Leite, Marina Werneck e Juliana Quint, todas em baterias diferentes.

Padarat padrinho de festival

A praia do Matadeiro, em Florianópolis, será palco de um festival de surfe um pouco diferente. O agito rola sábado, a partir das 10h30. Geralmente organizado pela federação Catarinense de Surfe ou outra entidade ligada ao esporte, o festival ?Nas ondas do Aroeira – Projeto Procurando Caminho? vai ser produzido e organizado pelo centro Cultural Escrava Anastácia, entidade sem fins lucrativos presidida pelo padre Vilson Groh.

Além de divulgar o projeto social que visa tirar jovens das drogas, o festival vai ter a presença de altas feras do surfe catarinense, como Teco Padaratz e Guga Arruda, que vão ser os padrinhos do evento. Alguns dos participantes do festival já dividiram as mesmas ondas de WCT com os brous profis.

  •  

Deixe uma Resposta