• Postado por Tiago

Paralisada desde terça-feira, a etapa seis estrelas do WQS do Rio de Janeiro, que rola na praia do Arpoador, foi adiada dinovo ontem e deve recomeçar na manhã de hoje, se o mar carioca finalmente colaborar. Na segunda chamada de quinta, às 10h, uma bateria feminina até chegou a rolar, mas foi logo cancelada por causa das péssimas condições do mar. “Acho que ninguém esperava que o evento pudesse ser cancelado por três dias consecutivos”, falou a catarinense Jack Silva, única bicampeã da história do WQS.

A categoria masculina também ficou na espera, e a comissão técnica já definiu que serão usadas duas torres de julgamento com disputas simultâneas até domingo, dia limite pra etapa acabar. Numa das quatro baterias que encerram a primeira fase tá o jovem catarinense de Garopaba, Yuri Gonçalves. Caso passe na sua bateria, Yuri fará companhia a outros catarinenses que já tão na segunda fase, caso de Neco Padaratz e Tomas Hermes, que se enfrentam na segunda bateria da segunda fase.

Outros catarinas garantidos são Diego Rosa, Marco Polo, Ian Gouveia, Jean da Silva, Beto Mariano, Alex Lima e Willian Cardoso, este de Balneário Camboriú, que vai ter pela frente a sensação paulista Gabriel Medina, de 15 anos. “Enfrentei ele na etapa de Saquarema e acabei passando. É um atleta que pode dar trabalho durante o campeonato”, diz Willian, que deve cair na água perto das 14h. “Tô confiante, quero chegar aonde for possível”.

Willian tá atualmente na 14ª posição no ranking e precisa mandar bem em mais duas etapas pra entrar pra elite do surfe em 2010.

  •  

Deixe uma Resposta