• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---Alejo-Muniz---foto-basilio-ruy

Alejo Muniz vai pra água na primeira bateria

Exatos 144 surfistas de 17 países vão disputar os 145 mil dólares e os 2.500 pontos pro ranking de entradas da temporada do WQS ? segunda divisão do surfe mundial ? no Maresia Surf International. A competição de nível seis estrelas começa às 8h de hoje, na praia Mole, em Florianópolis, e será a primeira das duas programadas pra rolarem no Brasil.

O catarinense Alejo Muniz, que competiu até sábado na África do Sul, está escalado na primeira bateria na capital manezinha. Ele terá pela frente o carioca Marcelo Trekinho, o paulista Ricardo Ferreira e o também barriga-verde David Martins.

No momento, apenas dois brazucas aparecem no grupo dos 15 surfistas que o WQS indica pra completar a elite do surfe mundial, o ASP World Tour: o potiguar Jadson André, em quarto lugar, e o catarinense Marco Polo, em 13º. Depois, os mais próximos da zona de classificação são o barriga-verde Jean da Silva, em 21º, o paulista Wiggolly Dantas, em 25º, e o carioca Yuri Sodré, em 27º. O uruguaio Marco Giorgi, que mora na Santa & Bela, foi até as oitavas-de-final na etapa da África do Sul, encerrada no domingo, e subiu pra 28ª posição no ranking. Estes seis surfistas estão na lista dos 48 cabeças-de-chave em Floripa e não competem hoje, dia que será reservado pra um máximo de vinte das 24 baterias da primeira fase.

O Maresia Surf International vai até domingo na praia Mole. Além dos 87 brasileiros, competirão 57 representantes de outros 16 países. O maior pelotão estrangeiro vem da Austrália, com 17 surfistas. O time dos Estados Unidos forma o segundo maior esquadrão, com 15 atletas, seguido pela África do Sul (7), França (4), Tahiti (2), Nova Zelândia (2), Chile (2), Portugal (1), Espanha (1), Alemanha (1), Japão (1), México (1), Porto Rico (1), Argentina (1) e Uruguai (1).

Todos também devem disputar o Rip Curl apresenta Coca-Cola Saquarema Pro, que rola semana que vem, na praia de Itaúna, na região dos lagos do Rio de Janeiro. As duas provas são limitadas pra 144 participantes e têm todas as vagas preenchidas.

Era em Itajaí

O WQS na Santa & Bela foi realizado nos dois últimos anos na praia Brava de Itajaí, mas por falta de apoio, ou seja, grana, acabou indo pra praia Mole, que já realizou três edições da competição, nas temporadas de 1998, 1999 e 2000.

Confira os campeões do WQS na Santa & Bela

2008 ? Jano Belo/PB, no Maresia Surf International na praia Brava, Itajaí

2007 ? Adriano de Souza/SP, no Maresia Surf International na praia Brava, Itajaí

2000 ? Trent Munro/AUS, no Maresia Surf Floripa na praia Mole, Florianópolis

1999 ? Neco Padaratz/SC, no Maresia Surf Floripa na praia Mole, Florianópolis

1998 ? Jake Paterson/AUS, no Maresia Surf Floripa na praia Mole, Florianópolis

  •  

Deixe uma Resposta