• Postado por Tiago

zelioprado@yahoo.com.br

Carnaval

Com o enredo que aborda a revolução industrial, a escola de samba formada pelos integrantes da torcida Fúria Marcilista, promete botar pra quebrar na passarela neste carnaval. O desfile da fúria acontece no sábado a partir das 23h. Fui convidado a participar, estou pensando e talvez vá.

Homenageados

Entre as pessoas que a Fúria Marcilista vai homenagear na passarela estão: a torcedora símbolo do clube a Rosita e o Bigode, que durante muito tempo foi o responsável pelo serviço de maqueiro no “Gigantão das Avenidas’. Como também não poderia deixar de ser, o ex-goleiro Marcelo Vacaria, um dos últimos ídolos do Marinheiro e que faleceu precocemente em um acidente automobilístico também será homenageado.

Surpresa

Quem freqüentar nos próximos dias o estádio do Marinheiro, vai ter uma grata surpresa. Trata-se de uma réplica gigante do mascote símbolo do clube, o marinheiro Popaye, que foi encomendada pela diretoria, e vai ser colocada no estádio.

Seriedade

Conversei com advogados que estão encarregados de cobrar os cheques dados pelos antigos “dirigentezinhos” do Marcílio e cancelados na sequência. Descobri que a atual diretoria está assumindo todas as dívidas. Alguns foram pagos integralmente, outros negociados, mas o importante é que as dívidas estão sendo pagas ou negociadas. Ponto pro presidente Abelardo Lunardelli.

Voadores

Em breve o atual presidente vai ter que enviar alguém pra fazer uma viagem pelo estado e catar os cheques sem fundos que estão em hotéis e restaurantes, pois não foram honrados. Não se esqueçam de dar uma passadinha lá em Caxias do Sul, que tem uns voadores, que estão em nome do ex-gerente de futebol, Wilmar Reinert, mas que são de responsabilidade do clube.

Decepção

Quem conversou com o presidente do Brusque, Danilo Resini, na semana passada, sentiu a sua indignação. Estava decepcionado com o jogador Viola, que o enganou, dizendo que estava contundido, não viajou a Chapecó, e foi jogar pelo máster do Corinthians em São Paulo. Sentiu-se traído.

Catarinense

Vamos para a oitava rodada e o equilíbrio continua total, pois dos 10 participantes somente a Chapecoense e o Juventus não tem mais chances de chegar ao quadrangular do turno. Os demais continuam brigando, claro que com probabilidade menor do que Avaí e o Joinville.

Penúltima rodada…

…acontece amanhã com o Atlético de Ibirama enfrentando o Avaí, o Joinville recebendo o Juventus, Brusque jogando com o Metropolitano, Figueirense encarando a Chapecoense, e a grande surpresa da competição até aqui, o Imbituba, jogando em casa diante do Criciúma.

Têm coisas…

…que só acontecem no Marcílio Dias. Em conversa com alguns torcedores do clube, fiquei sabendo que em certa ocasião quando o time só perdia, teve um dirigente que achou que a culpa era do busto do marinheiro patrono do clube. Na cabeça deste dirigente e de alguns torcedores ele dava azar. Sendo assim, resolveram retirá-lo do estádio e certa noite o dirigente entregou aos torcedores as chaves do estádio, pra que fizessem a retirada. No dia seguinte o tal dirigente chegou cedo ao “Gigantão das Avenidas” e foi surpreendido, pois o marinheiro continuava lá firme e forte. De imediato ligou para os encarregados de dar o sumiço no busto e a resposta foi que não conseguiram retirá-lo, porque o responsável pelo guincho amarelou e não apareceu. Uma coisa é certa, não sei se o busto dá azar ou não, mas o certo é que ele continua lá e o clube continua sem ganhar nada.

  •  
  • 09 fev 2010
  • Postado por Tiago

Rever a burrada

Como a coluna já tinha antecipado, depois de um final de semana de reflexão, o prefeito Jandir Bellini (PP) resolveu voltar atrás e cancelou o aumento do IPTU. Com a revogação, vale a lei antiga e o povo vai pagar só os 4,16% da inflação do ano passado.

Carcando aos poucos…

Foi a decisão mais acertada depois do berreiro que o aumento causou na cidade. O que deveria ter sido feito é um aumento gradual. Um pouco este ano, mais uma socadinha ano que vem e no seguinte mais uma carcada… Afinal, a planta genérica tá defasada. Com isso teria sido evitado esse perrengue todo.

Deu uma rapidinha

Com essa história do rolo do IPTU e o alcaide tendo que gravar pronunciamento e deitar falação em emissoras de TV e rádio, a vice-prefeita, que tá descansando a cachola na praia, apareceu pra representar o prefeito na entrega de uniformes escolares pra petizada que voltou ao batente escolar.

Siscapou

Aliás, no rolo todo da IPTU, a Dalva passou longe. Alojada na terra do prefeito Sabino, a muié não quis saber de nada. Agora é esperado que retorne, assuma a saúde, coloque em prática o remédio em casa e depois zarpe da pasta pra ser vice, fazer política e quem sabe ser candidata a Leleia.

Nos píncaros da lua

Nesse lance todo da novela mexicana do IPTU, quem saiu fortalecido foi o gorducho desassossegado Luiz Carlos Pissetti (DEM), que desde o começo ponderou que o ex-homem dos galináceos, Jandir Bellini, desse uma ré no aumento do IPTU.

Voltar pra baiuca

Quem pode deixar o governo é o secretário da Pesca, Aguinaldo Hilton dos Santos. Há quem diga que Agnaldo teria que cuidar da sua empresa. Mas, na verdade, o grande problema é que o homi não consegue levar avante o que almeja no setor. Faltam projetos. Cadê os iluminados do governo JB?

Arma na cintura

É hoje a audiência pública convocada pelo secretário municipal da (in) segurança de Itajaí, Carlos Ely, no auditório do paço da Vila Operária. Ely defende uma guarda armada, como uma das soluções pra enfrentar a criminalidade crescente em Itajaí.

Contra, contra e contra

Ontem, o presidente atual e o eleito do partido dos Trabalhadores, respectivamente Felipe Damo e Davi Coelho, mais o vereador da sigla, Nikolas Reis, divulgaram manifesto contrário à adoção de uma guarda armada municipal. Relembram que o tema já foi amplamente discutido e rejeitado no passado.

Oposição e situação

O presidente do caldeirão legislativo, Pi7, também sinalizou que tal projeto pode não avançar no legislativo peixeiro. Aliás, o irrequieto não se bica com Carlos Ely no comando da secretaria e, também, não parece favorável a mais um monte de homens armados nas ruas, bancados pelo município. E agora?

Não cobraram lá atrás!

Os vermelhinhos de Itajaí caceteiam o lombo do governador careca, bigodudo LHS, que vivia no governo passado, um dia sim e outro também, de braços dados com o ex-prefeito barbudinho Volnei Morastoni (PT). E, agora, os petistas cobram do JB que cobre do governo do Estado segurança em Itajaí. Phode!?

Vamos trabalhar, gente!

A casa do povo tá trampando em tempo integral. As escolas voltaram, as empresas não param e a prefa de Itajaí vai continuar com essa coçação de sacarias e periquitas? Por que o JB não bota uma tchurma num período e outra em outro? Chega de moleza, pessoal!

Inté

Estava na minha humilde choupana, dedilhando estas mais do que estabanadas linhas, quando a bendita energia sumiu. O pior de tudo é que já foi quase uma hora de escuridão e nada da Dona Celesc dar jeito ou explicar a merdança. E não adianta ligar pro 0800, que toca na capital manezinha, e ainda por cima só dá ocupado. É flórida!

Sabichões?

Após viagem de ‘turismo administrativo’ à China, pra atrair investidores de R$ 1,99, o prefeito de Itapema, Sabino Busanello (PT), trouxe uma equipe de técnicos pra lascar um projeto de alta tecnologia pra cobertura estilizada em vela do posto de informações turísticas [PIT], cujos visitantes estão a ver navios desde setembro passado.

  •  
  • Categorias: JC
  • Postado por Tiago

BOQUINHA

O DEM quer ir para a administração Periquita e aumentar o leque de seus filiados no emprego público. Mas não quer perder as tetas que já possui na vaca administrativa. Neste sentido o todo poderoso Carlos Humberto Silva, o principal membro da “base” do partido, foi trocar umas ideias com o presidente da Câmara, Moacir Schmidt (PSDB).

MUDANÇAS

Schmidt pretende retomar alguns cargos comissionados que foram dados para o DEM no acordo para a eleição da atual mesa diretora da Câmara e repassa-los aos verdadeiros aliados. Com a formação do bloco do Orlando com o Hannibal, o acordo está sendo considerado extinto.

CONCURSO

Aliás, o tucano de bombacha pretende fazer algo até então inédito na história de quase 45 anos do Legislativo do Balneário: concurso público para preencher os cargos existentes. “A tribo terá agora mais índios”, como escreveu o companheiro Bola Teixeira.

EFETIVOS

O número de comissionados da Câmara supera de longe o de efetivos. E a Câmara, que já teve poucos mais de 10 funcionários para 17 vereadores, hoje tem uns 40 para 10 vereadores.

EFETIVOS

Somente os que foram contratados antes da Constituição de 1988 foram efetivados nos cargos e destes uma boa parte já se aposentou. Os demais são concursados.

QUEM MANDA

Quando todo mundo é comissionado, fica difícil saber quem manda em quem. Até o controlador geral (função criada neste ano) acaba dando uma de “fiscal de quarteirão” pra saber se todo mundo está em seu devido lugar de trabalho. Outros sequer aparecem para o trampo.

Neste caso a situação fica quase igual a de Cuba do ditador Fulgencio Batista. Só existiam oficiais e sub-oficiais e faltavam soldados para ir à luta. Perdeu de goleada para os companheiros Fidel e Guevara.

HISTÓRICO

Caso efetive o concurso, Moacir Schmidt vai passar para a história do Legislativo como o presidente que botou ordem na casa. O mesmo pode acontecer com a TV Câmara, que vai ser totalmente pública, inclusive com equipamentos próprios.

HOMENAGEM

Também é mais do que justa a homenagem que o presidente da Câmara pretende fazer dando o nome de Fotógrafo João Arnaldo Sansão à Sala de Imprensa. Natural de Gaspar e criado nas ruas do Balneário, Sansão progrediu, teve uma das mais importantes lojas do ramo fotográfico na década de 80 na avenida Central. Foi também fotógrafo oficial da prefeitura. Como bom pescador tinha as suas tiradas históricas. Era um grande amigo cujas lembranças sempre continuarão vivas.

AGÊNCIAS

Toda a nossa região é dotada de excelentes agências, tanto no atendimento aos clientes quando dos órgãos de imprensa. Umas poucas são, com méritos, merecedoras de premiação. Outras, entretanto, acabam percorrendo o rumo inverso, inclusive cobrando dos clientes e não repassando os valores devidos para quem faz a divulgação contratada.

EM VOTAÇÃO

Está na pauta de votação da reunião desta terça na Câmara do Balneário o projeto que autoriza a ocupação dos passeios com os deques de madeira. A proposta na realidade disciplina a ocupação dos passeios obedecendo padrões previamente definidos.

CONSTRUÍDOS

O projeto foi concebido a partir de reuniões do vereador Claudir Maciel (PPS), que era o secretário de Planejamento, com os legítimos interessados. A ideia foi acatada por todos, os deques construídos e efetivamente disciplinada a questão.

GOSTARAM

Já tive o prazer de degustar uns chopinhos nesses locais. Com quem conversei a opinião foi unânime: “agora sobrou espaço para os transeuntes sem deixar o charme de quem gosta de ficar curtindo as nossas ruas”. Vi, inclusive, alguns vereadores que em um primeiro momento eram contra a proposição, confortavelmente sentados nos deques, esbanjando charme para a torcida.

CONCORRÊNCIA

Emissoras comerciais da Costa Esmeralda e de regiões próximas estão revoltadas com a atuação de uma emissora educativa de Porto Belo. Está atacando como se fosse uma emissora comercial e o Ministério das Comunicações deve ser acionado.

PERIQUITO

“Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, diz o ditado. E aí a assessoria de imprensa da prefeitura do Balneário, que sempre escreveu “Piriquito”, acabou tascando “Periquito”, como nós costumamos dizer por aqui, em um release que saiu no sábado. Viram o erro e corrigiram ontem.

POPULAR

Tudo na tentativa de tornar o prefeito-ave mais popular. “Balneário está bombando neste verão”, dizia a manchete atribuindo a citação a Periquito.

REUNIÃO

Especulações à parte, a reunião da tucanada com o vice-governador na residência oficial de Florianópolis foi para tratar das eventuais candidaturas à Assembleia e à Câmara. A questão de Pavan assumir como governador é uma decisão direta entre ele e LHS e pode sair nos próximos dias.

INFORMATIZADOS

Em matéria de divulgação das suas informações via internet, o PSDB dá um verdadeiro show de bola. Está acompanhando tecnologia para deixar seus filiados e imprensa sempre atualizados. Valeu, Ílder.

SITE

Com o seu retorno à Assembleia, o deputado Dado Cherem também encomendou uma reestruturação da sua página na internet. Um assessor promete novidades.

PRAZO

O advogado de Gilberto Grabowski pediu uma nova data para o depoimento do seu cliente. O empreiteiro de Ibirama (a Cidade dos Belos Panoramas) iria falar na CPI do Santa Inês sobre a obra de recuperação e contenção do morro que caiu no ano passado. O valor faturado pode ter sido maior do que o pago pelo serviço prestado. A falação estava marcada para quarta-feira (10).

DEPOIMENTO

E ontem quem prestou depoimento na tal Comissão Parlamentar Especial foi o psicólogo Hélio Levino da Silva. Como sempre a reunião foi secreta, mas ele falou como recebeu a instituição e como passou a bola pra frente.

CRONOGRAMA

Foi divulgado o novo cronograma de depoimentos na CPI do Santa. Na tarde de hoje fala Raquel Souza Garcia, que foi contadora do Fundo Municipal de Saúde; Eroni Forest, o atual manda chuva do Santa Inês e da Cooperativa dos Médicos que invadiu a instituição, presta esclarecimentos no dia 23 (só depois do Carnaval e já na Quaresma – não pode cometer pecado); Augusto Benaci (quem é a figura?) abre a boca no dia 24; e, Gilberto Gabrowski no dia 1º de março.

PARABÉNS

Adorei a etapa catarinense do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia, disputada no Balneário. A cidade precisa atrair cada vez mais eventos desta natureza, parodiando o prefeito-ave “bombar prá valer”.

  •  
  • Postado por Tiago

Recentemente, o governo brasileiro optou pela compra dos caças franceses, o Dassault Rafale, para a FAB (Força Aérea Brasileira). Não obstante os argumentos a favor e contra esta aquisição, entendemos que uma provocação nesta discussão, de natureza jurídica, poderá contribuir para uma visão mais global da questão.

Ao que parece, ao cabo do procedimento de seleção, a opinião pública debate, de forma geral, se o embasamento do Planalto para a compra foi, ou não, suficiente para a escolha. E, ainda, se isso justifica o considerável valor a mais a ser pago e outros relevantes aspectos de cunho técnico, social e político.

Juridicamente, entendemos ser salutar o debate para dizer se foram observadas as normas de Direito Público aplicáveis, mais especificamente à matéria de licitações e contratos administrativos, especialmente o princípio da antajosidade e, de forma mais geral, o princípio processual da motivação.

Quanto ao princípio da motivação dos atos administrativos, este se encontra presente difusa e implicitamente previsto na Constituição Federal (necessidade de motivação dos atos judiciais, artigo 93, inciso IX), posto que a transparência e a exposição clara e completa de motivos é pressuposto nos Estados Democráticos de Direito.

Não obstante a falta de disposição expressa na Constituição, notáveis leis posteriores trataram de suprir tal falha, como a Lei Federal de Processo Administrativo (Lei 9.784/99, art. 2º) e a Constituição Paulista, nos seção dos princípios que regem a Administração.

Entendemos que a motivação do ato administrativo é, como regra, inafastável, pois constitui garantia de legalidade, tanto com relação aos particulares interessados quanto ao Poder Público, pois permite a fiscalização, a qualquer momento, da legalidade do ato em questão.

(Continua na próxima edição)

* Carlos Eduardo Moreira Valentim é especialista em Direito Administrativo, mestrando em Direito do Estado pela PUC-SP e sócio fundador do escritório Valentim, Braga e Balaban Advogados – valentim@vbb.adv.br

  •  
  • Postado por Tiago

A PPT nas pesquisas eleitorais

Pingo – Na semana que passou o noticiário foi ocupado por comentários, análises, previsões e conclusões sobre a pesquisa CNT/Sensus que apresentou um empate técnico entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). Instado a prestar maiores informações, o Instituto Sensus informou que deu ênfase, nas entrevistas, a municípios remotos transformados em alvos dos programas assistencialistas do governo Lula, tal como o Bolsa-Familia e assemelhados. Só para exemplificar, foi informado ao TSE que no Rio Grande do Norte (508 mil eleitores) foram ouvidas 9 pessoas em Natal e 13 pessoas em Sítio Novo (4 mil eleitores e 803 bolsas). Em Santa Catarina, o Sensus entrevistou apenas 4 pessoas na capital, Florianópolis (306 mil eleitores), e 13 em Guaraciaba (7,7 mil eleitores).

Respingo – A matéria despertou maior interesse após Ricardo Guedes, do Sensus, ter explicado que todos os institutos usam a técnica “PPT” (Probabilidade Proporcional ao Tamanho) de municípios. Qualquer outra interpretação para a sigla “PPT”, tal como Preferência ao Partido dos Trabalhadores, será mais uma maldade da “zelite”.

Pingo – Uma crise de hipertensão impediu o “nosso Guia” de viajar para receber o Prêmio Estadista Global obrigando-o a delegar ao chanceler Amorim a leitura do discurso de agradecimento pela homenagem concedida. Do texto revelado constava a seguinte fanfarrice: “Sete anos depois posso olhar nos olhos de cada um de vocês e, mais que isso, nos olhos do meu povo e dizer que o Brasil, mesmo com todas as dificuldades, fez a sua parte. Enquanto isso, o que aconteceu com o mundo? Podemos dizer que o mundo, igual ao Brasil, também melhorou? Apenas melhorará quando reinventarmos o mundo e suas instituições.”

Respingo – Certamente ao posar de reinventor do mundo pretende divulgar a sua teoria da “recuperação do papel de governar”, apresentada na forma da maratona a que se submete no país e no exterior, tornando-o merecedor do titulo de “frequent flyer president”. Em 2009, gastou 83 dias viajando pelo país e 91 dias viajando por 31 países.

Pingo – Recente estudo do IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada concluiu que os impostos cobrados dos pobres são muito mais altos do que os cobrados dos ricos. Quem ganha até dois salários mínimos tem uma carga tributária bruta de 53,9 %¨ e trabalha 197 dias do ano só para pagar impostos. Quem ganha mais de 30 salários mínimos tem uma carga de 29 % e trabalha apenas 106 dias para custear os gastos do governo.

Respingo – Diante de tal constatação conclui-se que os pobres trabalham para o governo de 1º de janeiro até 16 de julho, enquanto os mais ricos trabalham somente até o dia 16 de março. É possível afirmar, ainda, que os mecanismos fiscais maltratam muito mais os pobres do que os ricos, pois o governo não provê os serviços básicos obrigando mais gastos na sua obtenção.

Pingo – A Polícia Federal deflagrou a Operação Bismarck para combater fraudes em saque do seguro-desemprego ocorridas em Pernambuco e também no Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia, Goiás, Rio Grande do Norte, São Paulo, Ceará e Paraíba. Os prejuízos chegaram a mais de R$ 1,5 milhão. Os criminosos falsificavam documentos pessoais de quem tinha direito ao seguro-desemprego e sacavam o dinheiro. Quando os titulares iam realizar os saques, descobriam a fraude e o Ministério do Trabalho tinha de pagar novamente o benefício.

Respingo – É impressionante a incidência de falsificações e fraudes na área de benefícios assistenciais trabalhistas tais como seguro-desemprego, auxílio-doença, aposentadorias fajutas, etc., áreas onde indiscutivelmente não transita a “zelite-burguesa”, até pelo contrario está, isto sim, “aparelhada” pelos “cumpanheiros” que entendem muito bem destes meandros assistencialistas.

Pingo – Os técnicos da FAB indicaram como melhores os caças suecos. Mas o que prevalece não é o que pensam os técnicos, eles nada sabem de políticas.

Respingo – A compra dos Rafale é o “Proer” lulista para a indústria aérea francesa.

* bacharel em Direito, mestre em Ciência Jurídica, na área de concentração em fundamentos do direito positivo, pela Univali.

  •  
  • Postado por Tiago

“É o mesmo que o impacto de um pingo de chuva no lago”

Ministro Hélio Costa, sobre o impacto das críticas de FHC a Dilma Rousseff

CPI do Pan superfaturado

pode ressuscitar

Faz-se pizza da CPI do Congresso para investigar o superfaturamento nos Jogos Panamericanos do Rio, estimado pelo TCU em R$ 4 bilhões. Parlamentares retiraram apoio e a CPI foi arquivada. Por coincidência, uma sobrinha do senador tucano Álvaro Dias (PR) foi nomeada para um cargo no Ministério do Esporte, mas ele diz que nem sabia disso e mal fala com ela. E agora o senador promete tentar ressuscitar a CPI.

Nova gerência

Valéria Dias perdeu o cargo no Senado por vínculos de parentesco. Agora é gerente de projetos do Ministério do Esporte, no Rio.

Negócios na África

A sobrinha de Álvaro Dias esteve pelo Brasil em uma feira de negócios do futebol na África do Sul, segundo revelou o Blog do Cruz.

Com amigos assim…

Defensores do terrorista Cesare Battisti atribuem “às férias” o número baixo de assinaturas na petição on-line a Lula para asilar o bandido.

Almoço grátis

Ainda sobre o fracasso de bilheteria do filme “Lula, o filho do Brasil”: o brasileiro ama o presidente, desde que não tenha que pagar ingresso…

Petrobras repassou

redução da Cide à gasolina

A Petrobras nega qualquer reajuste da gasolina em suas refinarias. A última alteração de preços foi uma redução de 4,5% em 9 de junho do ano passado, segundo informou a estatal. A BR Distribuidora repassou à rede de postos de bandeira Petrobras em todo país – a redução de R$ 0,08 por litro de gasolina determinada pelo governo para a alíquota da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico).

Mérito subjugado

De 3 a 5 de março, o STF promove audiências públicas sobre as cotas que substituem o mérito pela cor da pele, no acesso à universidade.

Só com ingresso

Nos 30 anos do PT do Paraná, só quem tinha ingresso distribuído por políticos petistas pôde ouvir Dilma Rousseff, em Curitiba.

Prazo fatal

Termina hoje o prazo para o deputado Geraldo Magela confirmar se vai disputar com Agnelo Queiroz a candidatura do PT ao governo do DF.

Renúncia de mandato

A inscrição “renúncia de mandato” no site do STJ, ontem, fez muita gente comemorar a renúncia do governador José Roberto Arruda. Mas era as advogadas Luciana Gonçalves e Elise Albuquerque renunciando à defesa do deputado Leonardo Prudente, aquele da grana nas meias.

Cadeia neles

Não basta prender os policiais de Goiás recrutados para o serviço sujo de instalar escutas ilegais nos gabinetes de deputados de oposição, na Câmara Legislativa do DF. É preciso prender o mandante também.

Água e óleo

Tem um problema a sugestão da senadora Lúcia Vânia (GO), de fazer de Tasso Jereissati o vice da chapa tucana, neutralizando Ciro Gomes: José Serra não suporta o cearense. E é plenamente correspondido.

Meus sais

O vice-governador tucano de Santa Catarina, Leonel Pavan – envolvido em escândalo que a Polícia Federal e o Ministério Público apuram – está num spa em Gramado (RS), “por recomendação médica”.

É fria

A nevasca em Washington foi tão intensa ontem que o brasileiro Murilo Portugal, vice-presidente do FMI, não conseguiu chegar ao local de trabalho. Foi obrigado a dar expediente por internet e telefone.

Codinome ‘Ciel’

Candidato a deputado em Brasília, o ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia montou um blog e distribui adesivos que se referem a ele como “Ciel”. É o primeiro candidato com codinome, na História recente.

‘Expertise’

A FAB despachou um tenente-coronel a Dallas, Texas, para examinar um piloto brasileiro do avião EMB-500, fabricado no Brasil. Tirar o bicho do chão só com a ajuda dos “brothers” americanos.

Gol do desrespeito

A companhia aérea GOL perdeu a bagagem de um cliente depois do vôo 1852, trecho São Paulo-Brasília, na última quinta. Quase cinco dias depois, a companhia aérea diz apenas “estar procurando” as malas.

Perguntar não adoece

Lula teve um peripac na pressão, Kirchner numa artéria. O que aguardará Hugo Chávez?

PODER SEM PUDOR

Sarney, o insaciável

Conhecido empresário de Brasília, já falecido, montava a cavalo com o ex-presidente Figueiredo. Num sábado de 1984, em visita às baias do general na Granja do Torto, Figueiredo lastimou-se, bem a seu estilo, dos que o abandonaram: “o Cotonete de Gigante” (Marco Maciel), o “Rolha” (Jarbas Passarinho), que nunca vai fundo e jamais será presidente, e Sarney, o “Pidão”. Bufou o general:

– É o que mais tem cargos no segundo escalão. São 30 e ainda pede mais.

  •  
  • 08 fev 2010
  • Postado por Tiago

“Ilação absurda e irresponsável”

Governador Aécio Neves (PSDB), sobre a possibilidade de ser vice de José Serra

Lula decide vetar Duda na campanha de Dilma

O presidente Lula vetou o marqueteiro Duda Mendonça na campanha de Dilma Rousseff. A ministra se inclinava pela sugestão do ex-ministro José Dirceu e o ex-prefeito de BH Fernando Pimentel, recomendando Duda, mas Lula ordenou que ela se entendesse com o marqueteiro João Santana, já praticamente descartado. Santana já foi reintegrado ao grupo de coordenação de campanha, que se reúne às terças-feiras.

Encantamento

Dilma ficou encantada com comerciais para TV que Duda fez sobre ela, a pedido de amigos do PT, e o chamou para uma animada conversa.

Sem perdão

Lula é grato a Duda, mas não o perdoa pela iniciativa de revelar à CPI que fora pago no exterior pelo seu trabalho na campanha de 2002.

Ajuda discreta

Lula considera Duda Mendonça o melhor do ramo no país, mas achava que sua ajuda seria pessoal, discreta, no máximo fazendo sugestões.

Sobrou para nós

Militares advertem o governo: a crise no governo Hugo Chávez está provocando um verdadeiro êxodo de venezuelanos para o Brasil.

Gasolina: Petrobras troca seis por meia dúzia

Entrou em vigor a redução de R$ 0,08 na Cide (Contribuição sobre Intervenção no Domínio Econômico) sobre comercialização e importação de petróleo e derivados, mas é pura embromação: desde o dia 1º a Petrobras reajustou em R$ 0,08 nas refinarias a gasolina A, que recebe 20% de etanol anidro para virar comum. O reajuste passou despercebido com a discussão sobre redução do álcool na gasolina.

À beira da perfeição

Agora é lei: a alimentação é direito constitucional, como a saúde, habitação, trabalho, seguridade social, etc. Podemos dormir tranquilos.

Escolha seu pesadelo

Quando não é a ministra Dilma ao lado de Lula, é a senadora petista Ideli Salvatti inaugurando obra de aliados em Santa Catarina.

Negócio da França

Se os franceses realmente baixaram em 40% o preço dos caças Rafale para o Brasil, ainda lucram uns 20%, dizem especialistas. No mínimo.

País de tolos

A fundação Getúlio Vargas apurou que nordestinos pobres – maiores beneficiários do Bolsa Família – desconhecem que pagam imposto sobre os alimentos comprados. Devem achar “Impostômetro” palavrão.

Fiel escudeiro

Lobistas já relacionam quem subirá ao poder com Dilma Rousseff, se for eleita. Em todas as listas está Giles Carriconde Azevedo, assessor mais próximo dela desde o governo Alceu Collares (PDT), há 19 anos.

Eterna vigilância

A confederação da Agricultura (CNA) lança nesta terça (9) o observatório Nacional das Inseguranças Jurídicas no Campo, que vai monitorar as ameaças à propriedade rural e ao desenvolvimento da agropecuária. Vai mapear invasões de terra, efetivas ou iminentes.

Banda H

Três gigantes de telefonia celular – TIM, Vivo e Claro – tentam “melar” o leilão da “banda H”, aberto apenas para novas empresas. A Oi está fora do lobby: prefere investir na recém-adquirida Brasil Telecom.

Fim da farra

A companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF devolveu 37 dos 250 computadores alugados para 128 funcionários. Esta coluna revelou no último dia 3 que 120 PCs estavam trancados em um depósito.

Empenhou, não pagou

A EBC, da TV do Lula, confirma que empenhou R$ 3,2 milhões, mas não pagou à central Única das Favelas, para uma série de programas com o rapper MV Bill. Preferiu usar a verba para pagar equipamentos.

Estressados

De tanto trabalhar 8h diárias – como a maioria da população brasileira – os servidores do senado estão procurando clínicas de acupuntura e de psicologia para se livrarem do estresse. Nunca trabalharam tanto.

O que é isso, ‘cumpanhêro’?

Dois dos cinco servidores acusados de fraudar o registro de ponto, Cecília Torres e Rafael Aun Ming, não têm vínculo com o senado. São funcionários de confiança do senador José Nery (PSOL-PA).

E o Oscar vai para…

Pela quantidade de fitas gravadas pelo ex-assessor Durval Barbosa, vem aí “Arruda, o filho clandestino”.

PODER SEM PUDOR

Barulho petista

Alvo de denúncia de desvio de toneladas de carne para a penitenciária de Contagem/MG, o então governador Newton Cardoso reuniu os jornalistas, em coletiva, e estranhou:

– Não sei por que esses petistas fazem tanto barulho só por causa de uns bifinhos…

  •  
  • 08 fev 2010
  • Postado por Tiago

Corrupção, a violência e a criminalidade

São os maiores problemas enfrentados atualmente pelos brasileiros, segundo constatou pesquisa da confederação Nacional dos Transportes (CNT) e do Instituto Sensus. Para 69,4% dos brasileiros, a corrupção está aumentando no Brasil. Para 21,8% dos entrevistados, ela está como sempre esteve.

A violência e a criminalidade

São os problemas que mais incomodam os brasileiros (22,9%), seguido das drogas (21,2%), do desemprego (19%), da falta de oportunidades de trabalho (8%) e do sistema de saúde (6,7%).

Quanto à confiança em instituições

A maioria (69,8%) disse confiar sempre nas forças armadas; 49,8% disseram confiar sempre na imprensa; 40,1% no governo; 37,8% na justiça; 37,5% na polícia; 36% no serviço público e 9,3% no Congresso Nacional. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 25 e 29 de janeiro, em cinco regiões, 24 estados, 136 municípios. Foram entrevistadas duas mil pessoas.

Internet banda larga

A Telebrás poderá cobrar entre R$ 15 e R$ 35 por mês pelo acesso à internet rápida, segundo o projeto de restauração da empresa a ser apresentado no dia 10 ao presidente Lula, como parte do plano Nacional de Banda Larga. O valor dependerá da região e da velocidade contratada, que deverá ser, no mínimo, de um megabit por segundo.

Caixa pode lançar cartão nacional

A Caixa Econômica Federal (CEF) poderá lançar uma bandeira de cartão de débito completamente nacional para concorrer com as estrangeiras Visa E1ectron, da Visa, e Redeshop e Maestro, da MasterCard. O banco estuda o assunto.

Imposto menor para segurar a gasolina

O governo reduziu a taxação sobre combustível para tentar anular o reajuste de R$ 0,10 anunciado pelas distribuidoras.

BC lança novas notas de real

Entre abril e maio, começam a circular novas cédulas de real. Elas têm tamanho variável e elementos de segurança para evitar cópias. Governo vai gastar R$ 1 bi para fazer novas cédulas. Notas de R$ 50 e R$ 100 começam a circular dentro de três meses. Quinze anos após a criação do real, a moeda do país vai ganhar cara nova.

Câmara bate recorde de faltas

O ano de uma das maiores crises do legislativo, marcada pela farra das passagens aéreas e pelos atos secretos, foi também o de recorde de faltas na câmara: 9820 em 2009, duas mil a mais que em 2008. A média de ausências no ano passado ficou em 16,7%, recorde na atual legislatura, iniciada em 2007. Do total de faltas, 1066 foram justificadas – por licença médica ou missão oficial autorizada. Só as faltas não justificadas são descontadas do salário. Em 2009, 41 deputados faltaram a 33% das votações.

Buracos

É um erro muito grande a prefeitura mandar tapar os buracos que as empresas de água, gás, luz e outras abrem a todo o momento e, depois, fecham com aquele acabamento primitivo, formando um morrinho no asfalto e de baixa qualidade. O que deveria é cobrar dessas empresas uma multa alta se elas não repararem o asfalto como estava antes. As ruas estão muito ruins de conservação e sempre temos de assumir os prejuízos em nossos carros.

Planos de saúde

Em vigor a partir do dia 7 de junho as novas regras para os planos de saúde, que deverão incluir em sua cobertura mais 70 procedimentos médicos e odontológicos. Transplantes de medula, vídeocirurgias e exames preventivos, como o do HIV para gestantes. ANS também ampliou a quantidade anual de consultas cobertas pelos planos para tratamentos com psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas e terapeutas ocupacionais. Agora é esperar o outro lado da moeda. Quanto isso nos custará?

Ciro Gomes

É o candidato de si mesmo. Na verdade, ele não quer nada além de valorizar o passe, aparecer, fazer ruído e, dessa forma, lá na frente, conquistar um bom cargo. Foi isso, exatamente, o que fez quando deu pinta de “opositor” a Lula nas eleições presidenciais vencidas pelo petista, ocasião em que desceu a lenha no metalúrgico durante a campanha, para logo depois da derrota surgir uma barbinha sintomática e arrebatar vaga de ministro.

Bondades para uns…

O governo brasileiro abriu mão de US$ 608 milhões com o perdão de dívidas de sete países africanos e três latino-americanos (Nicarágua, Cuba e Bolívia). Quanta “bondade”! Já para corrigir os benefícios dos aposentados, que contribuíram durante 35 anos para a previdência social e tiveram 50% de redução em suas aposentadorias, alega não ter recursos…

* jornalista, radialista e apresentador de TV

  •  
  • 08 fev 2010
  • Postado por Tiago

“O TCU é um órgão técnico que auxilia o legislativo na fiscalização do executivo. O equilíbrio entre os poderes é a base da democracia”, senador Raimundo Colombo (DEM)

SDR 1

Sobre as notas aqui publicadas na sexta-feira, sobre o inquérito aberto pelo Ministério Público para apurar licitações feitas pela secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Itajaí, a consultoria jurídica da SDR informa que somente na sexta o secretário Gilberto Gadotti foi notificado da abertura do inquérito e que os documentos solicitados serão entregues pela SDR dentro do prazo.

SDR 2

“Desde já informamos que os processos licitatórios 012/2009 e 013/2009, licitados na modalidade tomada de preço, foram anulados por esta secretaria no mês de setembro de 2009, por força de ação judicial, sendo que a tomada de preço 012/2009 se encontra em fase de rescisão contratual e na tomada de preço 013/2009 sequer houve a formalização de contrato com a empresa vencedora”, esclarece.

SDR 3

A SDR informa ainda que “a mesma documentação já foi encaminhada em outubro/2009 e janeiro/2010 à Procuradoria Geral do Estado e ao Tribunal de Contas do Estado, respectivamente”. Na sexta, a coluna publicou que a 9º Procuradoria de Justiça de Itajaí investiga duas licitações feitas pelo órgão, referentes a reformas de escolas estaduais em Balneário Camboriú e Navegantes.

IPTU 1

O barulho da oposição surtiu efeito e o prefeito Jandir Bellini (PP) recuou no aumento do IPTU da forma como pretendia. O governo apresentou uma nova proposta, ampliando o prazo com desconto para 15 de março e o número de proprietários isentos. “Pela nova regra o contribuinte que possuir apenas um imóvel e renda de até R$ 2040,00 estará isento”, informa nota da prefeitura.

IPTU 2

Em contato com a coluna, o vereador Níkolas Reis (PT) fez considerações sobre a revisão inicial dos valores do IPTU em Itajaí. “Um aumento que supera qualquer índice inflacionário ou de reposição salarial merece o repúdio de toda a sociedade, sobretudo quando vindo de um governo cujos partidos aliados são ferrenhos discursadores da redução da carga tributária”.

IPTU 3

Uma observação pertinente. Afinal, o líder do DEM na câmara dos deputados, Paulinho Bornhausen, por exemplo, vive encampando campanhas como “Xô, CPMF” ou “Xô, Impostos”. O senador Raimundo Colombo, provável candidato do DEM a governador de Santa Catarina, segue o mesmo caminho. Por que em Itajaí o DEM não pensa assim?

IPTU 4

Talvez seja pelo fato do IPTU ser um imposto que atinge o povão de forma geral. Quando é imposto que atinge, sobretudo, gente rica e empresários, aí o pessoal do DEM berra. Mas IPTU pode aumentar à vontade, não tem problema. Em São Paulo, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) também decidiu aumentar o IPTU em até 60% no final do ano passado. Uma praxe do partido?

IPTU 5

O corretor de imóveis Reinaldo Tolentino de Souza enviou artigo à coluna, no qual faz considerações sobre a polêmica envolvendo o aumento do IPTU proposto pela prefeitura de Itajaí. Ele reconhece que a revisão dos valores é uma necessidade para o município incrementar sua receita, mas ressalta que a coisa poderia ter sido conduzida de forma diferente.

IPTU 6

“Deveria nosso executivo aumentar o valor do IPTU gradativa e anualmente, não tirando o fôlego financeiro de milhares de cidadãos através de um aumento único. Não somente o itajaiense, mas todo brasileiro, já está sufocado com tantos tributos”, observa Tolentino, para quem a prefeitura deveria ter dado ampla divulgação sobre o aumento do IPTU através dos meios de comunicação.

IPTU 7

Por fim, pondera que os protestos contra o aumento do IPTU são plenamente justificados, face a realidade econômica da população de Itajaí. “Numa cidade onde a maioria das pessoas é assalariada e este salário sofrendo aumentos vis anualmente, justifica sim os protestos e insatisfações com esta medida de nosso executivo. Torcemos que as partes cheguem a um acordo”.

BOICOTE? I

O ex-vereador Tarcísio Weise (PT), em seu blog, não descarta que a falta de água em Navegantes possa ser boicote do Semasa, uma vez que a prefeitura dengo-dengo teria uma dívida enorme com a autarquia itajaiense, da qual compra a água distribuída na rede de Navegantes. “A falta de transparência do Semasa e do DAE de Navegantes leva as pessoas a imaginarem situações antes consideradas impossíveis”, pondera.

BOICOTE? II

“Ficam as perguntas: Navegantes está em dia com a água que o Semasa fornece para a cidade? Quantos meses e qual o valor da dívida de Navegantes para com o Semasa?”, questiona Weise. No ano passado, o vereador Marquinhos (PT) propôs requerimento solicitando informações a respeito desta dívida do município de Navegantes com o Semasa, mas o requerimento foi rejeitado.

NOTA DE APOIO

Eduardo Assis, presidente da Juventude do PPS em Itajaí, assina nota de apoio ao correligionário Fabrício Marinho, secretário municipal interino da Criança e do Adolescente. “Neste pouco tempo à frente da secretaria já foi possível notar uma nova dinamicidade na gestão e um zelo pela coisa publica”, puxa o saco Assis, reivindicando que o companheiro seja efetivado no cargo.

NAVEGANTES EM ALERTA

Na sexta-feira, participei do programa ‘Navegantes em Alerta’, apresentado às 18h por Evandro Argenton na rádio Dengo Dengo (98.5 FM). Comentamos sobre as ameaças contra o blogueiro Rômulo Mafra. Argenton colocou no ar a gravação de uma das ameaças – que também pode ser acessada no blog fernandoalecio.wordpress.com – e cobrou rigorosidade nas investigações.

PRIMEIRO JORNAL

O secretário de Segurança Pública de Itajaí, Carlos Ely (PPS), será o entrevista de hoje no programa ‘Primeiro Jornal’, da rádio Conceição (105.9 FM). O tema será a audiência pública sobre a guarda armada municipal, agendada para amanhã. Na terça, os entrevistados serão Davi Coelho e Nilton Dauer. O programa começa às 7h e é ancorado por Gerd Klotz.

  •  
  • Postado por Tiago

Algumas pessoas têm-me perguntado porque enviei uma carta à assembleia legislativa pedindo aos deputados que liberem a justiça catarinense a examinar, soberanamente, a denúncia oferecida contra mim pelo Ministério Público. Minha resposta tem sido simples: quero ser julgado, pois não posso viver sob suspeição. Sou acusado de um crime que não cometi. Preciso desse julgamento como uma pessoa precisa de ar para sobreviver.

Nunca me coloquei, não me coloco e nunca me colocarei como um cidadão acima de qualquer suspeita. As atitudes arrogantes nunca combinaram com o meu jeito de ser e de fazer política. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, deu, recentemente, em sessão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado um depoimento que atesta esse meu jeito de fazer política. Ao comentar aspectos da função do Ministério Público, Gilmar Mendes alertou, inicialmente:

– É preciso ter muito cuidado para que também aqui não se utilize o processo como pena, há uma tendência muitas vezes de se utilizar o processo como pena, violentando de forma muito clara a dignidade da pessoa humana. Faz-se uma investigação, sabe-se às vezes que essa investigação é insuficiente, mas dá-se curso a uma ação penal e depois se quer que o juiz receba a denúncia, às vezes auxiliado por uma pressão da opinião pública.

Em seguida, Gilmar Mendes referiu-se a um caso que eu mesmo enfrentei há alguns anos atrás. Ele contou:

Eu me lembro de um senador que hoje é o vice-governador de Santa Catarina, que vivia no Supremo Tribunal Federal pedindo para ser julgado, Leonel Pavan. Vivia pedindo para ser julgado de um processo que nascera quando ele fora prefeito de Camboriú, imputava-lhe uma participação indevida numa licitação, porque contra ou uma não realização de licitação, uma dispensa de licitação indevida, isto levou praticamente toda sua vida pública, de prefeito de Camboriú até a decisão recente, que foi de absolvição.

Ainda em dezembro, quando o Ministério Público ofereceu-me a denúncia em questão, dei várias entrevistas à imprensa clamando por um julgamento rápido. Como vice-governador, pela constituição do estado de Santa Catarina, qualquer denúncia contra mim deve ser autorizada pelo legislativo. Meu advogado entrou com petição à relatora deste meu caso dispensando a consulta à assembleia. O Tribunal de Justiça, em reunião do dia 20, entendeu que essa prerrogativa pertence ao cargo e não ao seu ocupante. Encaminhou, então, o pedido de autorização ao legislativo.

Eu poderia ter trabalhado junto aos deputados da aliança de apoio ao governo (PSDB, DEM e PMDB), maioria dos votos, para que a autorização fosse negada. Haveria chances concretas de o caso ter esse desfecho político. Seria incoerente e talvez não me livrasse da suspeição.

Sinto-me aliviado. Sou inocente. Seja feita, contudo, a vontade da Justiça Catarinense.

*Vice-governador de Santa Catarina e presidente licenciado do PSDB-SC

  •  
Próxima Página »