• 11 jan 2010
  • Postado por Tiago

Fernando-Alecio---Estacas01

Porto começa a receber as estacas prancha a partir de hoje

?A atitude arrogante e discriminatória do apresentador [Boris Casoy] humilhou não apenas os trabalhadores da limpeza urbana representados pelos companheiros Francisco Gabriel da Silva e José Domingos de Melo como todos aqueles que executam serviços de mão-de-obra?, Fenascon, em nota sobre o caso Boris Casoy

ARGOLO I

O Ministério Público converteu o procedimento preparatório que investiga os contratos sem licitação da empresa Argolo Mão de Obra Ltda com a prefeitura de Itajaí em inquérito civil. O extrato de conversão foi publicado na edição número 237, divulgada na sexta-feira e publicada hoje, do Diário Oficial do Ministério Público de Santa Catarina. O inquérito ganhou o número 17/2009/9ªPJ/ITJ/CMA.

ARGOLO II

A investigação é fruto de matérias publicadas em maio, aqui no DIARINHO, revelando que a empresa, além de contratada sem licitação, fora fundada em janeiro e nem sequer sede possuía. Ao todo foram quatro contratos, todos com dispensa de licitação e assinados entre janeiro e fevereiro, com a secretaria de Saúde, porto de Itajaí, secretaria de Obras e secretaria de Educação, totalizando cerca de R$ 500 mil.

CADEIRAS I

Outro inquérito civil instaurado pelo Ministério Público, que envolve a administração pública municipal de Itajaí, é o número 36/009/9ªPJ/ITJ/CMA. Neste caso, o objeto é ?apurar irregularidades no trâmite e na realização do objeto do Pregão Presencial n. 049/09 da Superintendência do Porto de Itajaí (aquisição de 85 cadeiras ?longarinas de aço com 3 assentos?)?.

CADEIRAS II

A vencedora do pregão presencial foi a empresa Suprimóveis Ltda, que ficou encarrega de fornecer as cadeiras para uso nos saguões do píer turístico de Itajaí. A contratação foi homologada pelo superintendente do porto, Antônio Ayres dos Santos Júnior, no dia 6 de novembro. O valor do serviço contratado é de R$ 38.080,00. O extrato do inquérito consta na mesma edição do Diário Oficial do Ministério Público.

4 MESES E 15 DIAS

O TCU liberou a continuação das obras do porto de Itajaí no dia 26 de agosto, mas somente a partir de hoje, quatro meses e 15 dias depois, o porto começa a receber as estacas prancha importadas de Luxemburgo, que desde a semana do Natal estavam armazenadas no Teporti, à espera do processo de nacionalização. O superintendente Antônio Ayres dos Santos Júnior diz que a conclusão da obra está prevista para maio.

AFAGO OPORTUNO I

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina deverá decidir se acata ou não a denúncia do Ministério Público contra o vice-governador Leonel Pavan (PSDB) e mais seis pessoas. O tucano é acusado de corrupção passiva, advocacia administrativa e quebra de sigilo funcional. Por uma incrível coincidência, Luiz Henrique (PMDB) e Pavan resolvem viajar na mesma semana em que o pleno do TJ volta a se reunir.

AFAGO OPORTUNO II

Também por coincidência o presidente da Assembleia Legislativa, Jorginho Mello (PSDB), resolve declinar de assumir o governo interinamente. Assim, quem assume o governo como interino no dia 22 é o presidente do? Tribunal de Justiça! Nem água pode ser tão cristalina: um afago numa hora oportuna. Oportuníssima. É o que pode-se chamar de uma boa jogada. Coisa de macacos velhos da política.

OPERAÇÃO TRANSPARÊNCIA

A revelação feita pelo Diário Catarinense, de que o relatório da Polícia Federal sobre a Operação Transparência relaciona o atentado sofrido por um fiscal da Fazenda em Itajaí ao caso da empresa Arrows, coloca ainda mais lenha na fogueira. Também ganhou nova forma a figura da advogada tucana Vanderléia Batista, que aparentemente era coadjuvante e, na verdade, é uma das protagonistas.

JEAN CHARLES

Um mosaico em homenagem a Jean Charles de Menezes foi inaugurado na quinta-feira, na estação de metrô de Londres, onde o brasileiro foi assassinado por engano por agentes da a polícia metropolitana londrina, em 2005. Nenhum policial envolvido na operação foi punido. Pelo contrário, a policial que comandou a operação que resultou na morte de Jean foi condecorada pela rainha em dezembro.

BORIS I

A federação Nacional dos Trabalhadores em Serviços, Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes (Fenascon) ingressou com uma ação civil pública na Justiça paulista contra o apresentador Boris Casoy e a TV Bandeirantes, devido aos comentários preconceituosos de Casoy contra garis. A entidade qualificou as declarações do apresentador como ?arrogantes? e ?discriminatórias?.

BORIS II

A CUT também repudiou as palavras de Boris Casoy contra os garis. ?É perfeitamente compreensível o ódio de uma parte da elite em relação aos trabalhadores por ela considerados subalternos, particularmente quando estes conquistam cidadania e direitos universais como o voto e a educação. A conquista da cidadania pelos mais pobres perturba essa elite que se diz formadora da opinião das camadas populares?.

  •  
  • 08 jan 2010
  • Postado por Tiago

?A oposição tem que correr. A gente costuma dizer em física que é preciso ter a Vo, a velocidade inicial. Os tucanos não têm tido a velocidade inicial para enfrentar a Dilma Rousseff. Se eles não estão nem com a Vo, então imagine. Ela já passou da Vo?, Itamar Franco, ex-presidente da República

Fernando-Alecio---cristina

Cristina Kirchner autorizou abertura dos arquivos da ditadura argentina

PROCESSO I

No processo de improbidade administrativa que move contra o prefeito Jandir Bellini (PP) e outros figurões por supostas irregularidades na desapropriação de um imóvel em 2003, o Ministério Público pediu à Justiça que bens do réus fossem indisponibilizados como garantia caso tenham que devolver dinheiro aos cofres públicos. No caso do prefeito Jandir, o bem que ele está impedido de vender é um carro Toyota Corolla.

PROCESSO II

Até maio, o bem do prefeito dado como garantia era um veículo Volvo S40, mas naquele mês Jandir solicitou a substituição pelo Corolla, sendo o pedido aceito. Outro detalhe curioso deste processo é que um dos advogados do prefeito é o atual presidente da Câmara de Vereadores de Itajaí, Luiz Carlos Pissetti (DEM), que também figura no processo como advogado do ex-vice-prefeito Augusto Emilio Dalçóquio (PSDB).

CAÇA AOS TUCANOS

A coisa anda mesmo complicada para o lados dos tucanos de Santa Catarina. Além da denúncia do Ministério Público contra o vice-governador Leonel Pavan, a condenação do ex-prefeito de Joinville, Marco Tebaldi, e as suspeitas de irregularidades na secretaria de Turismo comandada por Gilmar Knaesel, o deputado federal licenciado e secretário estadual de Educação, Paulo Bauer, está entre os investigados na Câmara no rolo da máfia das passagens.

NAVEGANTES I

O colega JC no seu blog ? jcnoblog.blogspot.com ? comenta que está sendo preparado o terreno para a entrada do PMDB no governo Roberto Carlos (PSDB) em Navegantes. ?Consta que deve ser realizada nesta semana uma sessão extraordinária na Casa do Povo do outro lado da vala, em Navegantes. Não se tem conhecimento do teor da sessão. Mais, seria o pontapé inicial para cumprir os acordos com o PMDB?.

NAVEGANTES II

JC revela ainda que o vereador Alcídio Reis Pera (PMDB), o Cidinho, quer assumir uma secretaria. ?As línguas afrouxadas de plantão alardeiam que o vice-presidente do legislativo, o eterno Hugo Chavez, ops!, Alcides Reis Pêra, o Cidinho (PMDB), tá doidinho pra desembarcar no governo Bob Carlos (PSDB), e quer porque quer ser secretário de Educação (por que será, hein?). Mas, ninguém quer lhe dar a função?.

ARGENTON

Tudo leva a crer que a crise entre o bispo Samuel Francelino e o prefeito Roberto Carlos tenha sobrado para o suplente de vereador e apresentador de TV Evandro Argenton (PSDB). No meio do fogo cruzado, Argenton acabou perdendo a condição de apresentador do programa Buscando Soluções, da TV Brasil Esperança, que pertence ao bispo. E ainda não recebeu sinalização de que voltará a ser vereador ou mesmo se ocupará algum cargo no governo.

DIFERENTE?

O DEM tem adotado o discurso de que é diferente dos outros partidos porque forçou a desfiliação do governador José Roberto Arruda, que seria expulso caso não pulasse fora. Mas não expulsou o vice-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, que segundo as denúncias está envolvido até o último fio de cabelo no ?mensalão do DEM?. Pelo contrário, Paulo Octávio segue firme e forte no DEM, sendo o presidente do partido no DF.

PROPINA

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ação penal contra 16 policiais rodoviários federais acusados de exigir propina. De acordo com a denúncia, os policiais rodoviários federais são acusados de montarem um esquema para exigir o pagamento dos donos de empresas de guincho entre 1997 e 2000, nos trechos da BR-101 de Joinville e Barra Velha e em Guaramirim, na BR-280. O inquérito, instaurado em 2000, só foi concluído em 2009.

ITAPEMA

O prefeito Sabino Bussanello (PT) recebeu quarta-feira uma delegação de autoridades e empresários chineses. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, os visitantes estão ?dispostos a investir em Itapema? e a visita seria fruto da questionada viagem do prefeito a China em outubro. ?A cada dia colhemos novos e bons frutos de nossa viagem até a China e aos Emirados Árabes?, afirmou o prefeito, que enfrenta situação embaraçosa na Justiça Eleitoral.

ARQUIVOS

Enquanto no Brasil qualquer tentativa de investigar os crimes da ditadura encontram grande resistência, na Argentina a presidente Cristina Kirchner assinou decreto que ordena a abertura dos arquivos das Forças Armadas entre 1976 e 1983, quando o país esteve sob o regime de ditadura militar. Só permanecem classificados como documentos ?de segurança? os relacionados à Guerra das Malvinas (1982) e outros considerados como de ?conflito de caráter interestatal?.

ANGRA

Ao visitar Angra dos Reis dias depois da tragédia na virada do ano que ceifou a vida de dezenas de pessoas devido aos desmoronamentos, o governador fluminense Sérgio Cabral (PMDB) fez um inflamado discurso contra as ocupações urbanas em áreas que deveriam estar preservadas. Ocorre que ele mesmo havia assinado no ano passado um decreto autorizando construções naquelas áreas. Agora, depois da tragédia, o decreto foi revogado.

  •  
  • 06 jan 2010
  • Postado por Tiago

Fernando-Alecio---joaquim-barbosa

Ministro Joaquim Barbosa: ?Para ser minimamente eficaz, o Poder Judiciário brasileiro precisaria ser reinventado?

DADO CHEREM I

O dia 5 de janeiro de 2010, que era para marcar a posse de Leonel Pavan (PSDB) como governador interino de Santa Catarina, acabou marcando o desembarque de Dado Cherem (PSDB) da Secretaria de Estado da Saúde. Dado retorna para a Assembleia Legislativa e, a partir de agora, além do ex-prefeito navegantino Deba Cabral (PMDB), a região da foz do Itajaí volta a ter dois deputados estaduais.

DADO CHEREM II

Dado afirma que já cumpriu seu dever como secretário. Ele pretende ser candidato à reeleição a deputado estadual. Dado nega os boatos que dão conta de que o médico Deodato Casas, presidente do PSDB de Itajaí, não seria mais candidato a deputado estadual. E afirma que não vê problemas caso Provesi seja candidato único do PSDB a deputado federal na região, desde que isto seja bem debatido no partido.

IMPEACHMENT I

O PSOL pediu o impeachment do vice-governador Leonel Pavan (PSDB), acusado pelo Ministério Público de corrupção passiva, advocacia administrativa e quebra de sigilo funcional. Aliados de Pavan não se mostram preocupados com a representação do PSOL e acreditam que o partido esquerdista está tentando se promover com o episódio, já que nem deputado estadual possui.

IMPEACHMENT II

Se o objetivo do PSOL foi aparecer, conseguiu. Ontem mesmo a notícia do pedido de impeachment de Pavan já estampava o G1, o portal de notícias da Rede Globo na internet. ?Em 14 páginas, Boppré chama a atenção dos parlamentares estaduais para a gravidade das denúncias contra Pavan, reunidas no inquérito da Operação Transparência, da Polícia Federal?, relata a matéria do G1.

BISPO X BOB I

No seu blog ? jcnoblog.blogspot.com ?, o colega JC revela que o bispo Samuel Francelino e o prefeito Roberto Carlos (PSDB) estão em pé de guerra. O motivo seria a atitude da secretaria de Bem-Estar Social, a Regina Célia Correa, que no dia 28 de dezembro retirou um grupo de dependentes químicos que faziam tratamento no Centro de Recuperação Vale Ebenezer, na localidade rural da Paciência, em Itajaí.

BISPO X BOB II

JC informa que o convênio mantido entre a prefeitura de Navegantes e centro de recuperação seria de R$ 700 por cabeça, o que dá uma média de R$ 7 mil, uma vez que o convênio prevê o tratamento de 10 pessoas. O problema é algumas das pessoas retiradas não se adaptaram no outro centro de recuperação para o qual foram levadas, voltaram para as ruas e reencontraram o caminho das drogas.

BISPO X BOB III

Em represália, o bispo Samuel começou a criticar o prefeito Roberto em seu programa de rádio, como conta o JC: ?O pau tá comendo e o Bispo Samuel em seu programa da rádio 106,7 vem dando porretadas sem dó e nem piedade na situação. Será que é o desenlace total entre os Francelino e o burgomestre atrapalhado Bob Carlos??, questiona o socadinho escriba, que retorna das férias na semana que vem.

JUDICIÁRIO I

Em entrevista ao jornal O Globo do último domingo, o ministro Joaquim Barbosa, do STF, fez francas considerações a respeito do Poder Judiciário brasileiro. ?A Polícia e o Ministério Público, não obstante as suas manifestas deficiências […], cumprem razoavelmente o seu papel. Porém, o Poder Judiciário tem uma parcela grande de responsabilidade pelo aumento das práticas de corrupção em nosso país?, avaliou.

JUDICIÁRIO II

Disse ainda: ?A generalizada sensação de impunidade verificada hoje no Brasil decorre em grande parte de fatores estruturais, mas é também reforçada pela atuação do Poder Judiciário, das suas práticas arcaicas, das suas interpretações lenientes e muitas vezes cúmplices para com os atos de corrupção e, sobretudo, com a sua falta de transparência no processo de tomada de decisões?.

JUDICIÁRIO III

?Há tendência a carnavalizar e banalizar práticas que deveriam provocar reação furiosa na população. Infelizmente, no Brasil, às vezes, assistimos à trivialização dessas práticas através de brincadeiras, chacotas, piadas. Tudo isso vem confortar a situação dos corruptos. Basta comparar a reação da sociedade brasileira em relação a certas práticas políticas com a reação em outros países da América Latina. É muito diferente?, comparou.

PROJEÇÃO

Segundo projeção do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas, nos próximos cinco anos o número de miseráveis deve cair pela metade no Brasil, ao passo que as classes A e B devem aumentar em 50%. Conforme matéria do jornal O Estado de S. Paulo, a estimativa indica que ?no início de 2015, os pobres serão apenas 8% dos brasileiros, caindo para quase um quarto da proporção que vigorava em 1993, de 35%?.

  •  
  • 04 jan 2010
  • Postado por Tiago

Fernando-Alecio---obama-nobel

?Que merda, dois lixeiros desejando felicidades do alto de suas vassouras, dois lixeiros, o mais baixo da escala do trabalho?, Boris Casoy, apresentador do Jornal da Band

IMPROBIDADE I

Está marcada para o dia 19 de janeiro, às 14h, na sala de audiência da Vara da Fazenda do Fórum de Itajaí, a audiência de instrução e julgamento do processo número 033.04.008509-3, uma ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público contra o prefeito Jandir Bellini (PP), Edison D?Ávilla, Augusto Emílio Dalçoquio, Jamylle Branco Ferreira e Antônio José da Silva.

IMPROBIDADE II

O processo tramita desde 2004, quando o Ministério Público denunciou supostas irregularidades na desapropriação de um imóvel pela prefeitura de Itajaí em 2003. O referido imóvel, no bairro São João, era de propriedade de Antônio José da Silva, então secretário municipal da Criança e do Adolescente. O valor pago na época pelo município a Antônio pela aquisição da casa foi R$ 210 mil.

IMPROBIDADE III

A prefeitura comprou o imóvel do secretário para abrigar o Centro de Educação Infantil Vereador Heluiz Gonzaga, que teve de ser removido do seu antigo endereço, na rua Alberto Werner, em virtude da construção do novo paço municipal. Além da ?coincidência? da escolha da casa do então secretário, a prefeitura utilizou irregularmente recursos do Fundef para pagar a desapropriação.

IMPROBIDADE IV

Os recursos do fundo só podem ser usados no ensino fundamental. O fundo já tinha 60% do seu recurso anual destinado ao pagamento dos professores. Os 40% restantes deveriam ser utilizado na manutenção e desenvolvimento do ensino fundamental. O imóvel comprado com o dinheiro do Fundef foi para um centro de educação infantil, que não é o mesmo que ensino fundamental.

IMPROBIDADE V

O caso veio à tona em 27 de agosto de 2003, quando o DIARINHO publicou matéria denunciando a desapropriação suspeita, com base na carta de um leitor chamado José Dirceu. Na ocasião da publicação da matéria, Edson D?Ávilla, então secretário de Educação, justificou que o imóvel foi escolhido por uma comissão designada para tal fim, que pesquisou junto a cinco imobiliárias.

IMPROBIDADE VI

Depois de publicar a matéria, o DIARINHO apresentou formalmente a denúncia ao MP, mas o então promotor da Moralidade Pública em Itajaí, Davi do Espírito Santo, não deu muita bola e disse que a desapropriação foi feita dentro da legalidade. Posteriormente, outro promotor analisou a denúncia com mais cuidado e identificou as supostas irregularidades, dando origem à ação de improbidade.

COBRANÇA

Leitor de Navegantes entra em contato com a coluna para lembrar que em entrevista a um programa de televisão, o prefeito Roberto Carlos (PSDB) havia dito que em sua administração não haveria horário diferenciado durante o verão ou mesmo na semana do Natal e do Ano Novo. Mas que não foi bem isso o que aconteceu na semana passada, quando muita gente não trabalhou na prefeitura, segundo o leitor.

CPI I

Os escandalosos contratos da árvore de Natal e do show do Andréa Bocelli em Florianópolis podem resultar em uma CPI. Pelo menos é o que pretende o vereador João Amin (PP), que denunciou os contratos suspeitos ao Ministério Público e vai pedir a instalação de uma comissão de investigação no Legislativo quando a Câmara de Vereadores retomar suas atividades, em fevereiro.

CPI II

Os contratos chamam a atenção pelos valores vultuosos. A montagem da árvore de Natal foi contratada por R$ 3,7 milhões, enquanto o show do cantor italiano ? que acabou cancelado ? havia sido contratado por R$ 3 milhões. Segundo reportagem do portal Terra, o cachê cobrado por Bocelli pela apresentação seria de 200 mil dólares, ou seja, cerca de R$ 400 mil.

PIADA

Sem dúvida, a piada de mau gosto do ano que passou foi a escolha do presidente norte-americano Barack Obama como prêmio Nobel da Paz. Um equívoco que afeta gravemente a credibilidade do prêmio. Além de não ter feito absolutamente nada de concreto que justificasse receber o prêmio, Obama mantém as duas guerras promovidas na era Bush e ? pior ? aumentou o número de militares americanos no Afeganistão.

VERGONHA I

Outro dia, o jornalista Luiz Carlos Azenha escreveu no seu blog viomundo.com.br a seguinte frase: ?Se os pobres brasileiros odiassem os ricos tanto quanto os ricos odeiam os pobres, o Brasil viveria um banho de sangue?. Boris Casoy protagonizou um claro exemplo disso ao demonstrar todo seu preconceito contra os garis que ele humilhou e, por tabela, todas as pessoas financeiramente menos favorecidas.

VERGONHA II

Não à toa este imbecil sempre externou seu ódio em ver um ex-operário na presidência da República. Se a ?gafe? ou ?deslize? tivesse sido de um ministro, toda a imprensa ? inclusive a Band ? estaria neste momento exigindo a renúncia ou demissão do mesmo, certamente. E por que a Band não demitiu até agora este lixo humano que envergonha a classe dos jornalistas? Casoy, tu és uma vergonha!

  •  
  • 02 jan 2010
  • Postado por Tiago

COLUNA-FERNNADO-ALECIO---ditadura

?O capitalismo promove, em nossa consciência, tamanha inversão de valores, que defeitos qualificados pelo cristianismo de ?pecados capitais? são tidos como virtudes: a avareza, o orgulho, a luxúria, a inveja e a cobiça?. Frei Betto

FÉRIAS I

O primeiro ano de governo dos prefeitos que assumiram no ano passado deve ter sido mesmo estressante. Pelo menos três prefeitos da região devem se afastar do cargo durante alguns dias ou semanas neste início de ano: Jandir Bellini (Itajaí), Edson Renato Dias (Balneário Camboriú) e Luzia Coppi Mathias (Camboriú). Nas três cidades os vice-prefeitos assumirão interinamente a famosa caneta sem tinta.

FÉRIAS II

Como o colega JC já havia antecipado em sua coluna antes de entrar em férias, Jandir deve ficar pelo menos 15 dias ?away?. Dalva Rhenius (DEM) será a segunda mulher a tomar posse como prefeita de Itajaí. A primeira foi Eliane Neves Rebello Adriano, no mandato anterior, então vice de Volnei Morastoni (PT). A novidade pode ser que antes de sair Jandir anuncie a tal reforma administrativa.

PARQUE AQUÁTICO

Circula o boato de que o prefeito Jandir Bellini (PP) teria ficado fulo da vida ao tomar conhecimento de que o pessoal da Fundação Cultural de Itajaí, na segunda-feira, em pleno horário de expediente, teria passado o dia em um parque aquático na cidade de Gaspar. Consultada pela coluna, a assessora especial do prefeito, Maria do Carmo, disse que desconhece o assunto.

TÔ FORA

Dado Cherem nega as especulações divulgadas na imprensa estadual sobre a possibilidade de ser o ?nome natural? do PSDB para compor chapa majoritária para o governo estadual ou mesmo assumir o governo no lugar do vice-governador Leonel Pavan. Dado considera as especulações ?burrice? e ?falta de respeito? com Pavan e se diz ?perplexo? se os boatos partiram de dentro do próprio partido.

MIAMI

Os velhos problemas enfrentados pelos moradores e turistas que visitam Santa Catarina no verão se repetem, apesar dos discursos dos políticos sobre profissionalização do turismo, etc. O deputado Paulinho Bornhausen (DEM) é que está certo: se mandou para Miami (Estados Unidos) para passar a virada de ano bem longe do trânsito caótico, da falta de água e das praias muitas vezes sujas do nosso litoral.

COMISSÃO DA VERDADE I

?O Brasil não pode se acovardar e querer esconder a verdade. Anistia não é amnésia. É preciso conhecer a história para corrigir erros e ressaltar acertos?, declarou Cezar Britto, presidente nacional da OAB, sobre a pressão militar e do ministro da Defesa, Nelson Jobim, contra a criação da Comissão da Verdade, que visa investigar crimes de tortura e desaparecimentos durante o regime militar (1964 a 1985).

COMISSÃO DA VERDADE II

?Um país que se acovarda diante de sua própria história não pode ser levado a sério. O direito à verdade e à memória garantido pela Constituição não pode ser revogado por pressões ocultas ou daqueles que estão comprometidos com o passado que não se quer ver revelado?, acrescentou Britto. Ele disse ainda que ?o povo que não conhece seu passado pode voltar a viver tempos tenebrosos?.

GUARDA CIVIL

Está agendada para o dia 9 de fevereiro, às 19h, no auditório do paço municipal da Vila Operária, audiência pública para apresentação do projeto de lei que cria a guarda civil de Itajaí. ?A proposta é simples, objetiva e necessária: segurança ostensiva permanente, como forma de combater e inibir a violência e o ilícito?, explica o secretário municipal de Segurança, Carlo Ely (PPS).

GAZA I

O cientista político Emir Sader escreveu artigo lembrando o ataque israelense à Faixa de Gaza, há um ano. ?Um ano depois da agressão, os corredores de entrada para Gaza continuam fechados, nada foi reconstruído, caminhões com alimentos e remédios apodrecem no deserto, às portas de Gaza, enquanto todo tipo de doença afeta a população, indefesa?.

GAZA II

?O relator especial da ONU para os territórios palestinos, Richard Falk, conclamou a que todos os países do mundo coloquem em prática sanções econômicas e de outra ordem contra Israel, pelas responsabilidades deste país no massacre e no cerco que mantêm contra Gaza?, registra Sader. Ressalta ainda que o massacre resultou na morte de 1,4 mil palestinos, sendo 439 menores de 16 anos e 127 mulheres.

GAZA III

Sader recorda que as ações militares contra os palestinos sempre contaram com o aval e apoio dos Estados Unidos. ?Israel se tornou um país odioso, racista, agente de um novo holocausto ? segundo as palavras do próprio Jimmy Carter ?, acobertado e armado pela maior potência militar da história, os EUA, que promove a guerra e pretende ser agente de negociações de paz?.

  •  
  • 30 dez 2009
  • Postado por Tiago

?O prefeito Bellini pediu uma carta branca e a população lhe dará até julho, depois é somente choro e ranger de dentes?, Eduardo Assis, presidente da Juventude do PPS de Itajaí

lula---fernando-alecio

Financial Times incluiu Lula entre as 50 principais personalidades da década

FINANCIAL TIMES

O jornal inglês Financial Times incluiu o presidente Lula na lista das 50 personalidades que, nos critérios do jornal, moldaram a última década. ?Charme e habilidade política sem dúvida contribuíram para isso, sem falar da baixa inflação e dos programas de transferência de renda baratos, mas eficientes. Muitos esperam que o Brasil será a quinta maior economia do mundo antes de 2020, ocasionando uma duradoura mudança na ordem mundial?, comenta o jornal.

NOVA NAVEGANTES I

Nem o espírito natalino apaziguou o olhar crítico do ex-vereador dengo-dengo Tarcísio Weise (PT), que em seu blog faz severas críticas ao primeiro ano do governo Bob Carlos (PSDB). ?As promessas feitas na campanha praticamente foram esquecidas. A falta de água continua atrapalhando a vida de moradores e comerciantes. A promessa de que não faltaria água não foi cumprida?, lascou.

NOVA NAVEGANTES II

Tarcísio avisa que 2010 será um ano de muita cobrança, não sem antes fazer mais alguns disparos. ?Faltou dinheiro para preparar o Natal, mas não faltou dinheiro para o pagamento dos altos salários dos secretários, do prefeito e do vice?, criticou o petista. ?A prometida Nova Navegantes é tão velha quanto a Navegantes dos ex-prefeitos que a antecederam?, completou.

RODOVIA TURÍSTICA I

Embora tenha decidido não mais assumir o governo em janeiro, Leonel Pavan (PSDB) confirma que a construção do segundo acesso entre Porto Belo e Bombinhas, a chamada Rodovia Turística, é prioridade. ?Nossa meta é iniciar o mais breve possível as obras do segundo acesso entre Porto Belo e Bombinhas, agora em 2010. Filas irritam veranistas?, comenta o vice-governador no twitter.

RODOVIA TURÍSTICA II

Segundo Pavan, o projeto é arrojado, resolverá os problemas de trânsito naquela região e respeita as leis ambientais. ?O novo acesso terá extensão de 10 quilômetros de asfalto ao custo de R$ 43 milhões. Primeiro trecho de subida e partes altas. A última etapa do novo acesso é a ligação com a BR-101. A rodovia também terá corredores para fauna, uma exigência ambiental?, explica o tucano.

RODOVIA TURÍSTICA III

A preocupação com as questões ambientais não é à toa. Em 2008, uma primeira tentativa de fazer a obra foi embargada. Na ocasião, o Ministério Público Federal denunciou que ?a construção da rodovia teve início com a reabertura e o alargamento, sem licença ambiental, da estrada que passa sobre o Morro Santa Luzia, localizado entre as duas cidades, o que provocou a degradação do meio ambiente?.

PPS

Um partido que sem dúvida cresce em Itajaí neste ano que termina foi o PPS. A sigla inaugurou nova sede na cidade peixeira, ampliou o quadro de filiados e entra em 2010 com o projeto de lançar candidato a deputado estadual. O nome mais cotado é o do ex-vereador Manoel Rodrigues Conceição, o Nelinho, que presidiu a Câmara de Vereadores de Itajaí de 1989 a 1990 e em 1992.

KNAESEL I

Mais uma bomba pode estourar no ninho tucano catarinense. Desta vez o alvo seria o secretário estadual de Turismo, Gilmar Knaesel. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) teria constatado uma série de rolos dos grandes na referida secretaria, como superfaturamentos de produtos comprados sem licitação, entre outras supostas irregularidades.

KNAESEL II

O jornalista Cláudio Prisco, do jornal A Notícia, comentou em sua coluna de segunda-feira que ?Gilmar Knaesel corre o sério risco de ser afastado do colegiado estadual pelo governador, tamanho é o rombo que está sendo investigado pelo Ministério Público?. Prisco escreveu ainda que o tucano ?está mais enrolado do que cobra em combate?. Knaesel, por sua vez, se diz ?tranquilo?.

RARIDADE

Coisa rara: no último domingo este colunista ao abrir a caixa de e-mails se deparou com release da assessoria de imprensa da prefeitura de Balneário Camboriú datado daquele dia. Deve ter sido a primeira vez na história do município que alguém da prefeitura trabalhou no domingo entre o Natal e o Ano Novo, pelo menos no setor de comunicação.

JC NO BLOG

Aos leitores fiéis do socadinho escriba JC, o temente ao Altíssimo temido por todos os políticos da região, uma boa notícia: ele tirou umas férias da coluna no DIARINHO até o dia 9 de janeiro, mas devido a uma insuportável coceira nos dedos com vontade de dedilhar algumas linhas está mantendo seu blog atualizado. Portanto, todos de olho no blog do JC: http://jcnoblog.blogspot.com/.

  •  
  • 26 dez 2009
  • Postado por Tiago

PERSONALIDADE DO ANO I

Depois do espanhol ‘El País’, agora foi a vez do jornal francês ‘Le Monde’ escolher o presidente Lula como personalidade do ano. O diário parisiense, um dos mais respeitados do mundo, destaca que Lula “mudou a imagem da América Latina” e “transformou o Brasil em uma potência”. Em reportagem especial de capa e quatro páginas, a revista semanal do jornal ressalta fases da vida do presidente brasileiro, como o passado sindicalista, e a luta contra as desigualdades sociais.

PERSONALIDADE DO ANO II

“Embandeirado dos países emergentes, mas também do mundo em desenvolvimento do qual se sente solidário, o presidente brasileiro, de 64 anos, colocou decididamente seu país em uma dinâmica de desenvolvimento”, ressalta o ‘Le Monde’. “A consagração de Lula acompanha a renovação do Brasil”, acrescenta o jornal, em matéria assinada pelo correspondente no Rio de Janeiro, Jean Pierre Langellier.

PERSONALIDADE DO ANO III

Em outro trecho, o jornal ressalta que Lula respeitou a democracia e não mudou a Constituição para obter mais um mandato – diferente do que fez FHC em 1998. “O presidente brasileiro, que no fim de 2010 deixará a presidência sem ter tentado modificar a Constituição para concorrer a um terceiro mandato, soube continuar sendo um democrata, lutando contra a pobreza sem ignorar os motores de um crescimento mais respeitoso dos equilíbrios naturais”.

BOQUINHA DE SIRI

Está repercutindo mal no ninho tucano estadual o fato de o diretório municipal do PSDB de Itajaí ainda não ter se pronunciado oficialmente em defesa de Leonel Pavan. Pelo menos é o que dizem fontes tucanas ligadas ao grupo do vice-governador. Constam apenas manifestações individuais de Rogério Benitez e Wágner Lúcio de Souza, ambos secretários do governo Jandir Bellini (PP). Mas o partido em si, em Itajaí, faz a famosa boquinha de siri.

QUEDA I

Pesquisa Datafolha realizada entre 14 e 18 de dezembro e divulgada esta semana demonstra queda abrupta das intenções de voto de Leonel Pavan, que aparece com 9%. Certamente reflexo da exposição negativa do nome do vice-governador na mídia por conta do fato de Pavan ter sido denunciado pelo Ministério Público por corrupção passiva, quebra de sigilo funcional e advocacia administrativa, como consequência da Operação Transparência da Polícia Federal.

QUEDA II

Para se ter ideia do prejuízo eleitoral, na pesquisa Datafolha de março o tucano havia alcançado 17% das intenções de votos. Perdeu, portanto, praticamente a metade. O quadro se agrava ainda mais se comparado com a pesquisa Mapa realizada em novembro – antes do indiciamento de Pavan – e divulgada com pompa pelo PSDB na semana passada: o vice-governador aparecia em segundo lugar com 21%, seis pontos atrás da líder Ângela Amin (PP).

NÚMEROS

A pesquisa do Datafolha ouviu 936 entrevistados em 33 municípios. Angela Amin lidera nos três cenários apresentados, variando entre 29% e 31%. Raimundo Colombo (DEM) é o segundo, variando entre 18% e 20%, enquanto Ideli Salvatti (PT) figura em terceiro com 14% em todos os cenários. Além de Pavan com 9%, Eduardo Pinho Moreira (PMDB) aparece com 7%. Quando Dário Berger (PMDB) é citado, soma 5%. Afrânio Boppré (PSOL) tem 2%.

PERFIL

Conforme o Datafolha, a pesquisa de dezembro aponta que “Ângela Amin tem ligeira preferência no interior no Estado, entre as mulheres, entre os menos escolarizados, entre os mais pobres nos três cenários. Raimundo Colombo, por sua vez, sai-se melhor entre os moradores do interior, entre os homens, entre os que têm sessenta anos ou mais, fica ligeiramente acima da média entre os mais ricos nos dois primeiros cenários testados”.

ESPONTÂNEA

Ainda de acordo com o Datafolha, “a intenção de voto espontânea, sem apresentação dos nomes dos candidatos, 72% dos catarinenses se dizem indecisos. As menções feitas não chegam a dois dígitos: Raimundo Colombo é citado por 3%, Ângela Amin e Ideli Salvatti por 2% cada uma, enquanto Eduardo Pinho Moreira, Leonel Pavan e Dário Berger são lembrados cada um, por 1% dos entrevistados. Outros nomes somam 11%, e votos brancos ou nulos, 7%”.

CHICOTE

É mesmo profético o ditado que diz que a língua é o chicote do bumbum. Em fins de novembro, a fim de alfinetar o vereador Laudelino Lamim (PMDB) por conta das críticas na questão do Copom, Pavan citou num programa de rádio em Itajaí o caso da viagem de Lamim a Aracaju para um desses cursos de vereadores. Foi claro o propósito de causar constrangimento ao vereador. Pois alguns dias depois estourou a bomba do indiciamento do tucano pela Polícia Federal…

NOEMI I

Este colunista participou na noite de quarta-feira do programa ‘Buscando Soluções’, apresentado por Evandro Argenton, na TV Brasil Esperança, dividindo a mesa com Eduardo Assis, Magru Floriano e Tito Arruda. Foi bacana. Argenton perguntou quem se destacou no governo Jandir Bellini (PP) neste ano que termina. Respondi que destaco o trabalho do Noemi Cruz, presidente do Instituto de Previdência de Itajaí (IPI).

NOEMI II

Justificativa: o órgão estava uma verdadeira bagunça, com várias situações irregulares; Noemi contratou uma auditoria e botou a casa em ordem. Tito Arruda não concordou e questionou o que Noemi fez que saiu na imprensa ao longo do ano. Oras, mesmo se a imprensa não tivesse noticiado não significaria que Noemi não fosse merecedor do voto de destaque. Em tempo: esta coluna abordou a situação do IPI em mais de uma ocasião nos meses de maio e junho.

  •  
  • 23 dez 2009
  • Postado por Tiago

?Se o clima fosse um banco, já o teriam salvo?, Hugo Chávez, presidente da Venezuela, em Copenhague

lhs-e-bob-carlos-1 lhs-e-bob-carlos-2

LHS e Bob Carlos eram só sorrisos e saíram abraçados da cerimônia do dia 10. O chilique do prefeito só se deu depois que o governador foi embora

ACIDENTE

Impressiona a repercussão do dantesco acidente que resultou na morte de três pessoas na madrugada de domingo e na prisão de Lucas Ricardo Spernau, filho do ex-prefeito de Balneário Camboriú, Rubens Spernau (PSDB). O blog deste colunista ? http://fernandoalecio.wordpress.com/ ? registrou quase seis mil visitas somente na segunda-feira. Um dado que revela quanto o trágico acontecimento chocou a comunidade da região.

CARTÓRIOS I

A nota ?Notários assinalados?, da coluna Rosa dos Ventos, de Maurício Dias, na revista Carta Capital, comenta: ?Se o Supremo Tribunal Federal não se mexer, janeiro de 2010 vai ser de arromba para alguns felizes novos donos de cartório em Santa Catarina. No início do ano, tomam posse os candidatos aprovados no concurso, para notários, aberto em 2007 pelo Tribunal de Justiça do Estado. Na ocasião, pipocaram denúncias de irregularidades, favorecimentos e nepotismo?.

CARTÓRIOS II

E prossegue: ?Quem é do ramo garante que a história é de arrepiar. E não é para menos: cada freguesia em disputa, em cidades como Joinville e Florianópolis, oferece rendimentos milionários para quem assumir a cadeira. Nos próximos dias, desembarca no STF uma copiosa denúncia formal?.

CALMINHO

Perguntado sobre a reação do prefeito de Navegantes, Roberto Carlos (PSDB), que gritou no meio da rua que o governador Luiz Henrique (PMDB) era mentiroso, o prefeito Itajaí, Jandir Bellini (PP), contemporizou, mas revelou que às vezes fica a ponto de estourar. ?Cada um tem o seu estilo. Eu sou calmo. Mas recentemente, em Brasília, no Fórum Parlamentar Catarinense, deu vontade de dar um soco na mesa?, disse Jandir, referindo-se a não destinação de recursos para Itajaí.

SORRISOS

A propósito do episódio envolvendo o prefeito navegantino, o leitor Guilherme Gomes, também repórter do ?Jornal de Navegantes?, mandou fotos mostrando Roberto Carlos abraçado a Luiz Henrique quando o governador se retirava da Câmara de Vereadores, ao final da cerimônia de criação do batalhão da PM, no dia 10. Eram só sorrisos. O desabafo furioso do prefeito só começou quando Luiz Henrique já havia entrado no carro e ido embora.

DESELEGÂNCIA

Roberto Carlos explica: ?Acompanhei o governador na saída e tentei até o último momento o convencer a mudar de ideia, a liberar o dinheiro para as desapropriações para que se possa concluir a Via Portuária. Mas não teve jeito, ele disse que só com pedágio. Pedágio ninguém quer?. Na ocasião, questionado por populares porque não disse tudo aquilo na cara do governador, o prefeito respondeu: ?Queriam que eu fosse deselegante com o governador??.

GOROU

A sensata decisão do vice-governador Leonel Pavan (PSDB) de adiar sua posse como chefe do Executivo estadual deve ter sido mal recebida na prefeitura de Navegantes. Roberto Carlos apostava com o tucano no comando para fazer a situação da Via Portuária tomar outro rumo. Com a permanência de Luiz Henrique no cargo por mais tempo ? provavelmente até abril ? é certeza de que não haverá liberação da grana das desapropriações.

DEFESA I

Pavan publicou em seu blog de notas texto no qual apresenta argumentos contra a acusação de que teria tentado beneficiar a empresa Arrows. Reforça a tese de que atendeu os representantes da empresa como atende a qualquer um. ?Atendo as pessoas e meu gabinete, atendo pelas ruas e praças, nos bares, na porta da igreja, nas canchas de bocha, em aeroportos, rodoviárias. Nunca virei às costas ou tratei com arrogância as pessoas que me procuram para apresentar-me um pedido ou uma reivindicação?.

DEFESA II

Em outro trecho, o vice-governador destaca que nas vezes em que foi governador interino não ajudou a empresa. ?Exerci o cargo de governador na ausência do titular em vários períodos durante os últimos três anos. Se a ética não regesse a minha conduta política, teria certamente aproveitado desses momentos para simplesmente determinar que a Secretaria da Fazenda mantivesse em vigor a inscrição da empresa Arrows, motivo atual de investigação e polêmica, mesmo não tendo ela regularizado sua situação fiscal?.

CELESC I

Matéria publicada ontem no jornal ?Valor Econômico? aborda o plano de demissão voluntária aprovado pelo conselho de administração da Celesc. ?Só de gastos com pessoal o corte precisa ser de 40%, um passo importante mas difícil para uma das companhias que mais emprega em seu Estado e que é comandada pelo governo estadual que já vive o clima das próximas eleições?.

CELESC II

A principal pressão pelas demissões parte dos acionistas minoritários. ?Desde o início do ano, os acionistas minoritários têm jogado suas cartas numa tentativa de fiscalizar seu patrimônio e levar a Celesc ao caminho dos cortes ou pelo menos que a sangria do caixa seja estancada. Fazem isso com o poder de quem detêm quase 80% do capital. Eles não admitem que uma empresa com faturamento anual próximo a R$ 5 bilhões não dê retorno a seus acionistas em função de alto custeio?, informa o ?Valor?.

CELESC II

Ainda segundo a matéria, o presidente da Celesc, Sérgio Alves, ?diz que a expectativa é que dos mais de 3,5 mil funcionários diretos da companhia, pelo menos 800 que tem mais de 25 anos de casa entrem no plano?. A reportagem também revela que ?funcionários relatam que o grande problema é que muitos diretores ligados a políticos continuam em seus cargos. A solução para profissionalizar seria se o acordo de acionistas fosse revisto e alguns cargos pudessem ser indicados também pelos minoritários?.

A TELINHA

Este colunista participa na noite de hoje, às 22h30, do programa Buscando Soluções, na TV Brasil Esperança (canal 21), apresentado por Evandro Argenton.

  •  
  • 21 dez 2009
  • Postado por Tiago

“Não posso colocar os pés em duas canoas: governar interinamente e, ao mesmo tempo, cuidar da minha defesa”, vice-governador Leonel Pavan (PSDB), sobre a possibilidade de não assumir o governo em 5 de janeiro

PAVAN I

Em contato telefônico com o colunista na noite de ontem, o vice-governador Leonel Pavan (PSDB) afirmou que decidiu adiar sua posse como governador do Estado em reunião com o titular Luiz Henrique (PMDB) durante a tarde. “Coloquei para o governador Luiz Henrique que vou postergar a minha posse”, disse o tucano à coluna.

PAVAN II

“Meu desejo é assumir, há muito tempo venho me preparando para isso, só que neste momento a minha vaidade não pode suplantar as questões do interesse de Santa Catarina”, explicou. Além de LHS, participaram também da reunião os tucanos Vinicius Lummertz e Dalírio Beber. “A reunião durou somente dez minutos”, revelou Pavan.

PAVAN III

Pavan também comentou sobre as manifestações de solidariedade que tem recebido. “Quero agradecer a todos do fundo do coração e dizer que podem confiar. Sempre que vou dar um passo a mais na minha vida, sempre surgem algumas tempestades, mas em todas elas nós conseguimos provar a nossa inocência”, disse o tucano.

PAVAN IV

Como governador tem foro especial e só pode ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Pavan acredita que o fato de não assumir definitivamente em janeiro pode fazer com que o processo seja julgado de forma mais rápida na esfera estadual. “Quero que o processo seja julgado rápido, quero que seja julgado aqui. Se for para Brasília, vai demorar anos”.

SOLIDARIEDADE

O vereador Dão Koeddermann (PSDB) emitiu nota pública de solidariedade a Leonel Pavan – o que poucos tucanos têm feito, registra-se. “Conheço Pavan há 25 anos, desde que militávamos juntos no PDT, e tenho certeza de sua inocência. Os fatos irão provar que estas acusações são infundadas e jamais irão abalar sua caminhada política rumo ao Governo do Estado”, defende o edil de Balneário Camboriú.

DESGRAÇA ALHEIA

Em declarações publicadas aqui no DIARINHO, o prefeito Edson Periquito (PMDB), que tem Pavan como principal desafeto político, afirmou que não vai comentar o caso porque “não vou fazer o que fizeram comigo”. Por outro lado, a coluna de ontem do jornalista Cláudio Prisco, no jornal A Notícia, registra: “Quem esteve recentemente com o prefeito de Balneário Camboriú, Edson Periquito, garante que o peemedebista mal consegue esconder sua satisfação pelo drama vivido pelo rival tucano”.

PESQUISA

O PSDB catarinense divulgou pesquisa do Instituto Mapa que aponta Angela Amin (PP) na frente, com 27,6% das intenções de voto, seguida por Leonel Pavan (21,4%); Raimundo Colombo (DEM) tem 16,6%, Ideli Salvatti (PT) aparece com 12,6% e Eduardo Pinho Moreira (PMDB) soma 5,5%. A pesquisa foi realizada entre 17 e 21 de novembro, portanto antes de estourar na mídia a Operação Transparência, o indiciamento de Pavan e a denúncia do Ministério Público.

CONTRAPONTO

Enquanto Pavan vive um verdadeiro inferno astral, Ideli Salvatti viaja para a Itália em lua de mel.

DEBATE

Participei na manhã de quinta de um debate/entrevista promovido pelo DIARINHO com o prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP), o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Carlos Pissetti (DEM), o reitor da Univali, José Roberto Provesi (PSDB), e a futura presidente da Associação Empresarial de Itajaí, Maria Izabel Pinheiro Sandri. O vereador Pissetti com seu estilo peculiar roubou a cena em vários momentos. E bateu de frente muitas vezes com o prefeito Jandir. Vale a pena esperar até janeiro, quando a entrevista será publicada neste DIARINHO.

MAREJADA I

O secretário de Turismo de Itajaí, Wagner Lúcio de Souza (PSDB), disse à coluna que para ele é uma questão de honra que a Marejada do ano que vem não dê prejuízo aos cofres públicos novamente. “Não precisa dar lucro, mas não vai dar prejuízo. É uma questão pessoal”, afirmou o tucano, que em 2010 não quer ver o Zé Brodinho de novo por lá para mostrar o “buraco” nas contas da festa.

MAREJADA II

Wagner pretende ampliar o conceito da Marejada e não limitá-la a uma festa, mas transformá-la também em um evento de fomento das relações comerciais entre Brasil e Portugal. Ele sonha alto e vai tentar trazer para Itajaí em outubro o presidente Lula e o presidente luso, Aníbal Cavaco Silva. E já teria acertado a presença da RTP, principal rede de rádio e TV de Portugal e com influência também nos demais países de língua portuguesa, para cobrir a festa.

NA MÍDIA I

Tem-se percebido claramente uma mudança de estratégia de comunicação na prefeitura de Itajaí quanto à exposição midiática do prefeito Jandir Bellini. De janeiro a outubro, Jandir permaneceu praticamente escondido, encastelado, com aparição mínima na mídia local. Tal clausura provocou até boatos sobre seu estado de saúde.

NA MÍDIA II

Nas últimas semanas, porém, o prefeito tem aparecido em público em frequentes ocasiões e atendido a imprensa em uma série de entrevistas aos mais diferentes meios. Tem sido figurinha carimbada nos jornais, nas rádios e na televisão. Só na semana passada, participou do debate no DIARINHO e foi entrevistado no programa ‘Café Debate’, da Rádio 106.7 FM, na sexta-feira.

MANIFESTAÇÃO

Não deverá ocorrer a manifestação proposta pelo prefeito de Navegantes, Roberto Carlos (PSDB), em Florianópolis, prevista inicialmente para amanhã. Às vésperas do Natal, não faz sentido um ato deste tipo na capital do Estado. A Assembleia Legislativa, por exemplo, já entrou em recesso.

CRÉDITO

Por erro de diagramação, não saiu o devido crédito do autor da foto do governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) estampada nesta coluna na semana passada. A foto é de André Pinheiro.

FELIZ NATAL

O colunista deseja um Feliz Natal a todos os leitores e suas famílias que acompanham este espaço e o blog – http://fernandoalecio.wordpress.com/ –, desejando muita paz e saúde! Aproveito para agradecer os elogios e as críticas construtivas recebidas ao longo do ano bem como pedir desculpas caso alguém tenha se sentido ofendido com algum comentário aqui publicado, pois este nunca foi o objetivo.

  •  
  • 14 dez 2009
  • Postado por Tiago

?Eu respondo pela Ideli, sobre o Pavan vocês perguntem pro Provesi, que representa ele aqui?, respondeu o presidente do PT de Itajaí, Felipe Damo, ao ser perguntado sobre o indiciamento do vice-governador Leonel Pavan (PSDB) pela PF

Fernando-Alecio---lhsnavega

?Eu confio no meu vice, o conheço há 40 anos. No governo, ele tem sido muito correto em tudo que faz?, disse LHS sobre a situação de Pavan

FOGO AMIGO?

Os maiores beneficiados com a execração de Pavan neste momento são os ?aliados? Raimundo Colombo (DEM) e Eduardo Pinho Moreira (PMDB), que concorrem com o vice-governador pela indicação de cabeça de chapa em 2010, caso a tríplice aliança permaneça existindo.

PRUDÊNCIA

Em tempos de execração sumária de políticos, é sempre prudente lembrar: o fato de um cidadão ser indiciado em um inquérito policial não significa que esteja provado que o mesmo tenha cometido algum crime ou que já tenha sido condenado. Pré-julgamentos devem ser evitados, principalmente por parte da imprensa.

INOCENTADO

O próprio Pavan foi absolvido em um processo que tramitou por quase 15 anos, referente a um esquema de corrupção montado na prefeitura de Balneário Camboriú entre 1989 e 1992, quando Pavan exerceu seu primeiro mandato como prefeito daquele município. Quem leu a denúncia oferecida pelo Ministério Público em 1995, não via escapatória para Pavan. Pois acabou inocentado.

ESTRAGO

O desgaste político, por outro lado, é inevitável. Pairam as dúvidas: estando no olho do furacão, há condições políticas de Pavan assumir o governo do Estado no dia 5 de janeiro, conforme acertado com o governador Luiz Henrique? Pavan terá forças para seguir tentando emplacar sua candidatura a governador em 2010?

?CONFIO NO VICE?

Em declarações concedidas com exclusividade ao blog desde colunista ? e publicadas na edição de sexta-feira do DIARINHO ? o governador Luiz Henrique afirmou que confia no vice e que é um homem de palavra, confirmando assim que pretende cumprir o acordo com Pavan. Mas dependendo dos desdobramentos do caso, não seria surpresa uma mudança de planos nesta altura do campeonato?

CONTRADIÇÃO

Na entrevista exclusiva concedida ao DIARINHO, Pavan informa que tanto ele como seus advogados ainda não tiveram acesso ao relatório da Polícia Federal e afirma: ?Eu quero conhecer o processo primeiro?. Oras, se Pavan mesmo disse que ele e seus advogados não tiveram acesso ao relatório, como pode ele questionar o DIARINHO e afirmar que ?não existe isto, vocês falaram isso, o processo não fala isso? sobre os R$ 100 mil? Uma contradição, no mínimo.

CONTAMINAÇÃO

O efeito político negativo atinge em cheio o ninho tucano. Contaminará também as campanhas tucanas do ano que vem de uma forma geral, como a de José Roberto Provesi a deputado federal? A ver os desdobramentos e suas consequências?

BOLA FORA

?O vice-governador Leonel Pavan só falará à imprensa depois que seus advogados conhecerem o inteiro teor do inquérito da Polícia Federal?, escreveu o jornalista Moacir Pereira, em sua coluna no Diário Catarinense de sábado. Desta vez o respeitado jornalista deu bola fora e comeu poeira: Pavan já falou com exclusividade ao DIARINHO, como estampou a edição do fim de semana.

ARRUDA

O ex-governador Esperidião Amin (PP) lembra que José Roberto Arruda (DEM) pediu votos para candidatos a prefeito do DEM em Santa Catarina. ?Trouxeram o Arruda como avalista, é como uma operação bancária?, ironizou. Amin também recorda que Arruda esteve por aqui em ?eventos particulares?. Um deles foi o casamento do deputado Paulinho Bornhausen (DEM), em 2007. Saiu até na revista ?Caras?.

PT DENGO DENGO

Leitor petista de Navegantes questiona a coluna sobre a informação aqui publicada no dia 25 de novembro dando conta de que o PT dengo dengo estaria fechado com o casal Décio e Ana Paula Lima nas eleições de 2010. ?Não há nada definido, nenhuma reunião foi feita no partido sobre isso?, esclareceu.

BEM NA FOTO

?Faço questão de botar uma foto do Lula ao lado da minha na prefeitura. Foi o único presidente que deu ao município o aporte financeiro necessário para a tão sonhada ponte, um sonho de mais de 50 anos?, declarou Ademar ?Athanásio? Felisky (PMDB), prefeito de Ilhota, em entrevista a Rubens Menon na Rádio Clube Bandeirantes.

BOB CARLOS X LHS I

Estaria marcada para hoje uma audiência entre o governador Luiz Henrique (PMDB) e o prefeito Roberto Carlos (PSDB) justamente para tratar da Via Portuária de Navegantes. Por razões óbvias, depois dos acontecimentos de quinta-feira a audiência foi cancelada. O deputado João Matos deve falar sobre o assunto hoje no ?Primeiro Jornal? da rádio Conceição (105.9 FM), às 7h.

BOB CARLOS X LHS II

O colunista agradece ao DIARINHO e aos demais órgãos de imprensa da região a repercussão dos vídeos postados no blog da coluna ? http://fernandoalecio.wordpress.com/ ? flagrando o desabafo do prefeito Roberto Carlos de Souza (PSDB) contra a decisão do governador Luiz Henrique de não mais mandar recursos para a desapropriação da Via Portuária. A propósito, o prefeito pretende organizar um protesto, na quarta-feira, às 10h, na BR-101.

  •  
« Página AnteriorPróxima Página »