• Postado por Tiago

Houve um tempo em que Itajaí ia muito além dos seus atuais domínios. Até os anos 60, Penha, Piçarras e Navegantes eram bairros da cidade peixeira, além de Camboriú, que se desmembrou de Itajaí no século 19, e desmembrou-se, novamente, nos anos 60. O movimento emancipatório proporcionou às localidades acelerarem o desenvolvimento, criando um forte sentimento de identidade cultural.

Navegantes, que por muito tempo foi chamada de “o outro lado da vala”, como era conhecido o rio Itajaí-açu, mostra hoje que tem vida própria, impulsionada pela abertura do primeiro porto privado do país, atraindo novos moradores e turistas, que passam toda a temporada, principalmente no canto extremo esquerdo da praia de 12 km, batizada de Gravatá, por causa do rio de mesmo nome, na linha divisória com Penha. É por lá que o agito toma conta na virada do ano e também nos fins de semana.

Na praia Central, a galera local se reúne no fim de tarde pra bater aquela bola gostosa no campinho de areia ou levar as crianças ao parquinho, tendo como cenário a bela praia de mar aberto, própria pro surfe, e os navios que entram na boca da barra, entre Itajaí e Navegantes. Também tem o seu molhe, que está em fase de revitalização.

E por ali o Carnaval também mostra sua força na cidade dengo-dengo. Blocos que mais parecem escolas de samba, como o Cara e Coragem, Amizade, Lambarulho e Unidos do Amanhã, fazem um baita espetáculo na avenida da praia, mostrando que não são só as metrópoles que sabem fazer bonito na passarela. Sem falar do Navegay, o bloco de sujos mais concorrido do litoral norte catarina, que junta quase 40 mil foliões na segunda-feira de Carnaval, e este ano ganhou até uma edição de inverno.

A trajetória de Navegantes, muito antes de sua emancipação, sempre foi acompanhada pela sua santa padroeira dos pescadores, Nossa Senhora dos Navegantes, que não só dá nome à igreja matriz, como ao próprio município. A data em sua homenagem – 2 de fevereiro, é celebrada com procissão de barcos, missa, shows populares e barraquinhas que vendem de um tudo. A devoção começou na virada pro século 20, quando a imagem da santa foi trazida do Rio de Janeiro.

A festa, que está na 114ª edição, ganhou importância nos últimos anos, justamente por causa da sacada de que o turismo é uma das molas propulsoras do município. Os festejos começam hoje e vão até o dia 7 de fevereiro, e têm como destaques os shows de Gaúcho da Fronteira e Silvio Brito.

  •  
  • Postado por Tiago

A pacata Navegantes agrada tanto quem gosta de tranquilidade e natureza, quanto quem prefere o agito do Carnaval e Ano Novo

Navegantes é o único município da região a contar com aeroporto

O visitante que chega de avião a Navegantes, observa lá de cima uma extensa praia de areias muito brancas, bem na foz do rio Itajaí-açu, que desemboca entre Itajaí e Navegantes, depois de ziguezaguear por 50 municípios do Vale do Itajaí. Em terra firme, a visão é ainda mais deslumbrante, pois a praia de 14 km tem a restinga preservada sobre suas dunas, o que assegura a longevidade do passeio e dos recursos naturais. A praia é a alma da cidade que está em festa esta semana por causa do aniversário da padroeira Nossa Senhora dos Navegantes, que dá nome ao município.

A festa, que rola até 7 de fevereiro, é uma prévia da festança que acontece na cidade durante o Carnaval, que agita a população local a partir do dia 12, orgulhosa de desfilar as cores do bloco do coração, na avenida da praia. Sem falar no Navegay, maior bloco de sujos do sul do país, que atrai homens e mulheres de toda a região, ansiosos por vestir a fantasia e trocar de sexo por um dia. Nas contas da prefa dengo-dengo, o bloco chega a juntar 40 mil moços e moçoilas alegres na segunda-feira de Carnaval.

As festas de fevereiro atraem visitantes e veranistas (aqueles que têm casa de praia), que aumentam consideravelmente a população fixa da cidade, estimada em 60 mil habitantes. A maior parte dos veranistas possui casa na praia do Gravatá, bairro no extremo esquerdo da praia, na divisa com o município de Penha. Por lá, o maior agito rola no feriado de Ano Novo, quando as ruas, comércio e praia ficam apinhadas de famílias de descendentes de alemães, vindas do Vale do Itajaí, ansiosas pra tirar a cor de escritório da pele.

No resto do ano, a gigantesca praia fica todinha pros locais, que, por mais humildes que sejam, se sentem milionários por usufruir à vontade de tamanha força da natureza. É o caso da família do encanador Noel Zeferino, 42 anos. Como ele é autônomo, pode organizar seu tempo e ir à praia com a família em plena tarde de segunda-feira. Ele estava com a esposa Marlene Nunes, 46, e a sobrinha Josleine Nunes, 24, e o pintor José dos Santos, 28, que vieram de Marau, interior do Rio Grande do Sul, no sábado passado. ?É ótima a praia. Se melhorar, estraga?, diz o visitante. Noel, que é de Chapecó e está há 12 anos em Navegantes, deve receber nos próximos dias cerca de 30 parentes, que vão ?acampar? na modesta casa do bairro São Paulo, pra curtir o Carnaval. ?Daí, a farofa vai comer solta?, brinca o anfitrião.

Outro morador do bairro São Paulo que escolheu Navegantes pra viver é o vigilante Júnior dos Passos, 38 anos. Na segunda-feira, ele tava com a companheira Magali Monteiro, 34, apreciando o vai e vem dos navios na boca da barra, ao mesmo tempo em que cuidava dos cinco filhos que vieram passar as férias com ele, e sisbaldavam nas águas da praia Central.

Perfeita pro surfe

Júnior e Magali moravam em Floripa há 13 anos, mas quando vieram passear em Navegantes, em 2005, resolveram ficar. ?O custo de vida lá é muito alto e tem muito engarrafamento. Aqui as pessoas são mais amigas, hospitaleiras; além disso, aqui tem mais empregos?, justifica o vigilante.

Depois de se capacitar, Júnior conseguiu colocação como pintor naval, nos estaleiros da cidade. E agora pode gozar a vida na praia, sem precisar passar o dia inteiro na lotação, como acontecia quando morava no bairro Bela Vista, na parte continental da capital.

Outro grupo que marca presença na praia Central, o ano todo, são os surfistas. Alexandre da Luz, 28 anos, veio do Guarujá, no litoral de São Paulo, há 15 anos. Ele trampa como tubulador nos estaleiros e sempre que pinta uma folguinha, simanda pra praia pra pegar onda com a rapaziada. Ele diz que a praia é muito boa pro surfe, por ser de mar aberto, com ventos em todas as direções, já que não tem costões. As ondas são constantes e podem atingir até três metros, se tiver ressaca. Além disso, por causa de um banco de areia no fundo, as ondas têm boa formação, o que contribui para correr altos tubos, o que conta pontos nos campeonatos.

As boas condições da praia incluíram o município nos circuitos catarinense e nacional, no ano passado. Em julho rolou a segunda etapa do Oakley Santa Catarina Surf Pro, que distribuiu R$ 15 mil em prêmios, 1500 pontos para o ranking catarinense e 250 pontos para o circuito Abrasp Brasil Tour 2009, divisão de acesso ao Super Surf. O campeão da etapa foi Guilherme Ferreira, e o segundo lugar ficou Alex Lima, a maior promessa do surfe dengo-dengo, que levou pra casa R$ 2500 e 1290 pontos.

Festa de N.S. dos Navegantes

De 29/01 a 07/02

19h30 – Novenas e Missas

29/01 – sexta

21h30 – Banda A Cor do Sol

30/01 – sábado

21h30 – Show nacional do Gaúcho da Fronteira

31/01 – domingo

15h – Bingo

20h30 – Grupo Gálatas

21h30 – Tarrafa Elétrica

01/02 ? segunda-feira

21h – Tchê Campeiro

02/02 ? terça-feira

19h30 – Missa solene e procissão terrestre

21h30 – Edu e Evandro

03/02 ? quarta-feira

20h30 – Banda Brend 7

21h30 – Banda Maria Joana

04/02 ? quinta-feira

21h – Destak do Samba

05/02 ? sexta-feira

21h30 – Dani & Rafa e banda

06/02 – sábado

21h30 – Show nacional Silvio Brito

07/02 – domingo

10h30 – Missa solene

15hh – Missa dos romeiros

16h30 – Procissão fluvial e concurso da melhor embarcação decorada

21h30 – Kaic & Kaynan

Programação de Carnaval

12/02 – sexta feira

18h – Abertura do Carnaval com ?Enterro da Tristeza?, embalado pela banda Municipal.

Local: Av.João Sacavem ? Centro

21h30 ? Trio Elétrico com a banda Incandescente

Local: Na praça da praia Central

21h30 – Trio Elétrico com a banda Tipo Exportação

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping de Verão.

22h – Baile Azul e Branco

Local: Clube Navemar

Dia 13/02 ? sábado

20h30 – Desfile dos blocos especiais Escola de Samba Mirim Unidos do Amanhã, bloco Lambarulho, bloco D?Amizade e Pau Doce

Local: Avenida da praia

22h – Trio elétrico com Tok Final

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping de Verão

23h – Baile Carnavalesco

Local: Clube Recreativo 1º de Maio ? Machados

Meia-noite – Trio elétrico com a banda Destak do Samba

Local: Praça da praia Central

Dia 14/02 ? domingo

16h – Domingueira ?Relembrando os Antigos Carnavais?

Local: Pavilhão de Eventos

15h – Baile Infantil

Local: Clube Recreativo 1º de Maio ? Machados

16h – Carnaval infantil

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping de Verão

17h – Desfile dos blocos Pau Doce, Sovaco de Cobra, Mais um Bloco, Bebê Chorão e Siri na Lata.

Local: Avenida da praia

20h30 – Desfile dos blocos especiais Acadêmicos do Litoral, Cara e Coragem e Estrelinha do Mar

Local: Avenida da praia

22h – Trio elétrico com a banda Destak do Samba

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping de Verão

Meia-noite ? Trio elétrico com Volares Band

Local: Praça da praia Central

Dia 15/02 – segunda feira

Navegay---Google

15h – Navegay com trios elétricos

Local: Circuito carnavalesco centro ? praia Central

23h – Trio elétrico com Top 5

Local: Praça da praia Central

22h – Trio elétrico com a banda A Cor do Sol

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping Verão

Dia 16/02 – terça-feira

21h30 – Trio elétrico com a S/A

Local: Praça da praia Central

21h30 – Carnaval ? Trio elétrico com a banda Top 5

Local: Gravatá ? em frente ao Shopping de Verão

  •  
  • Postado por Tiago

O verão é para nós, agraciados pelos ares equatoriais, a estação mais esperada do ano. É no verão que estamos em férias e que renovamos nossas energias para o ano que inicia. Devemos aproveitá-lo, porém, com sabedoria, sem prejuízo de nossa saúde. E para isso, nunca é demais lembrarmos que a higiene das mãos é fundamental.

Nos atendimentos de emergência, é comum nos depararmos com dores de estômago. A facilidade de contaminação dos alimentos é maior nesta época, pois as bactérias estão no ambiente e se proliferam com maior rapidez por causa do calor. Gestantes, idosos e crianças são mais sensíveis e devem estar sob vigilância aumentada.

Os cuidados com a higiene devem ser maiores, especialmente com os alimentos, por causa da proliferação de germes. Lembre-se de limpar os alimentos e produtos com água corrente. Ao comer produtos congelados, compre-os em lugares de confiança, que possam garantir o armazenamento adequado. E prefira os alimentos cozidos aos crus.

Na cozinha, limpe as superfícies e os utensílios para o preparo dos alimentos cuidadosamente. No inverno, deixar os alimentos à temperatura ambiente pode ser suficiente para preservá-los, mas, no verão, eles se contaminam em um curto espaço de tempo. E tenha critério ao comer fora.

Se estiver indo para lugares em que a infraestrutura sanitária não é aquelas coisas, evite beber água sem que seja fervida. Os cubos de gelo devem ser feitos a partir de água fervida, também. Prefira o gelo de água mineral. O primeiro indício de contaminação pela água é a diarreia, que deve ser tratada com descanso e soro caseiro. Na persistência dos sintomas, vá pro hospital.

Fazer exercícios em dias de sol aumenta a necessidade corporal por água e aumenta o risco de insolação. Beba bastante líquidos e faça intervalos entre as sessões de ginástica para esfriar um pouco. Já os olhos são sensíveis ao sol, e a exposição excessiva pode aumentar o risco de cataratas. Escolha óculos de sol que bloqueiem pelo menos 99% dos raios ultravioleta A e B.

Se for viajar, não se esqueça de colocar o estojo de primeiros socorros na mala. E, se alguém da família usa remédios específicos, não se esqueça de levar a receita. E boa diversão!

Dr. André D’Aquino – Médico – Clínica Vitalité

  •  
  • 29 jan 2010
  • Postado por Tiago

Centro

Petiscaria e choperia

Porto Seguro

Rua Anibal Gaya, 356. De terça a domingo, das 16h às 24h.

Petiscaria Marina

Av. Pref. Cirino Adolfo Cabral, 897.

Fone: 3342-6113.

Restaurante Ipanema

Av. Beira Mar, 1298. Fone: 3342-3688. Segunda a domingo.

Serafin?s Restaurante e Petiscaria

restaurante-serafim---foto-felipe-VT-12

Av. Beira Mar, 923. Fone: 3342-3653.

Luiz Carlos Serafim comanda a cozinha do restaurante especializado em frutos do mar, que tá há 11 anos no mesmo endereço, com vista pra praia central. Nascido em Brusque e criado em Itajaí, o cozinheiro mantinha contato permanente com barcos de pesca quando trampou como operador de rádio, por isso faz questão de trabalhar com produto fresco, direto do pescador. Em 1999, buscou formação na área de gastronomia com a esposa Francisléa, responsável pelas sobremesas. O carro-chefe da casa é o polvo. No cardápio, há três pratos com polvo e duas entradas: polvo grelhado, à langadeiro, moqueca de polvo, à provençal e ao alho e óleo. Na carta de vinhos, Sucre e Pacific Sur (Chile), Casa Garcia (Portugal) e Duetto (Casa Valduga). De terça a sexta, das 11h30 às 14h e depois das 18h. Sábados, à partir das 18h.

Gravatá

Hotel e restaurante Los Amigos

Av. Beira Mar, 6.873. Fone: 3342-2050.

Restaurante Sabor & Cia.

Av. Beira Mar, 8.485. Fone: 3319-8351. Segunda a sexta.

Restaurante Zen

Foto-0007

Rua Waldemar Krueger, 91.

Fone: 3342-5340.

Sob nova direção e em novo endereço, na mesma rua onde funcionou por oito anos, o novo restaurante Zen apresenta cardápio diferenciado, em ambiente aconchegante e climatizado para apenas 60 pessoas. O serviço é à la carte e especializado em frutos do mar. O destaque vai para os pratos camarão à pururuca e paella, que fez a fama da chef Sandra Zen, formada em gastronomia pela Univali. O prato também é levado a feiras e festas, como a Marejada e festa do Marisco, de Penha. Toda sexta-feira tem noite açoriana, com caldeirada de frutos do mar, sopa de siri e acompanhamentos, a R$ 17 por pessoa. A casa abre de segunda a domingo, das 11h às 15h e das 19h à meia-noite.

Meia Praia

Restaurante Roda mar

Av. Beira Mar, 4.253. Fone: 3319-3088.

Há 23 anos no mesmo endereço, o restaurante serve em estilo bufê livre com cinco tipos de carnes, saladas, acompanhamentos e sobremesa a R$ 13,50 por pessoa. Destaque pro filé de pescada à milanesa com molho de camarão. O restaurante abre todos os dias, mas apenas para almoço, das 11h às 14h. Aceita todos os cartões e tíquetes refeição. Capacidade para 170 pessoas.

Restaurante Osvaldo

Av. Beira Mar, 4.011. Fone: 3342-1569. Segunda a domingo.

Restaurante e

Petiscaria Siri Manhoso

Av. Beira Mar, 5800. Fone: 9976-6660. Segunda a domingo, das 10h às 23h.

Rancho do Gamba

Rua Felix Malburg, 107. Fone: 3319-6474.

Choperias

Havanna Choperia

Anibal Gaya, 586, em frente o Portonave. Fone: 3319-5000.

 

Havanna-Os-Chefes 

A choperia abriu em 2008 e já se consolidou como o novo point das baladas da city, fora do circuito da praia. O Havanna serve chope da Zein Bier de Brusque. Para matar a fome, de rango tem petiscos à base de frutos do mar e tábua de alcatra. O diferencial da casa é a programação musical, que vai de quarta-feira a sábado, a partir das 18h. As quintas são dedicadas ao sertanejo universitário e as sextas, ao pop/rock. Hoje, a atração é a banda Os Chefes, com ingresso a R$ 20. Mulheres não pagam até meia-noite. A casa tem capacidade para 500 pessoas. De segunda a sexta, também abre para almoço, das 10h às 16h.

Choperia Nova Pomerode

Av. José Juvenal Mafra, 7155 ? Gravatá. Fone: 3342-7159.

Choperia O Botequim

Rua Orlando Ferreira 808 ? Machados. Fone: 3348-2073.

Petiscaria e Choperia Dennys Bier

Av. Pref. José Juvenal Mafra, 1136 ? Centro. Fone: 8803-6845.

Pilekão Bar

Av. Pref. José Juvenal Mafra, 455 ? Gravatá. Fone: 3342-7854.

Pilequinhu?s bar

Av. Beira Mar, 8399 , final da praia do Gravatá. Fone: 9187-8115.

  •  
  • Postado por Tiago

A nutricionista Amanda Epifânio dá as dicas de fazer aquele lanchinho esperto sem o risco de piriri

Espetinho de camarão

O camarão não é um alimento de alto valor calórico, entretanto, quando frito, essa característica é perdida e cada espeto alcança um teor calórico de mais ou menos 250 calorias. A mesma quantidade (100g) de camarão cozido, assado ou grelhado não ultrapassa 100 calorias. O ideal é buscar estabelecimentos que ofereçam espetos assados ou grelhados.

Raspadinha

As raspadinhas aparentemente são boas fontes de hidratação na praia, entretanto é fundamental conhecer a procedência do gelo, pois é um ingrediente de elevado grau de contaminação. Uma raspadinha de groselha apresenta mais ou menos 150 calorias, o equivalente a dois picolés de frutas, sendo que os picolés são mais seguros.

Caipirinha

Para quem não resiste a uma caipirinha no verão, a melhor opção é consumir as versões preparadas com saquê. Enquanto uma caipirinha preparada com vodka pode chegar a 300 calorias, as preparadas com saquê não ultrapassam 120 calorias.

Cerveja

Além do teor calórico, cada lata de cerveja contém 175 calorias, o álcool é um potente desidratante. Existem as versões de cervejas sem álcool, que reduzem em mais da metade as calorias (60 calorias/lata) e não apresentam o efeito indesejável da desidratação.

Amendoim

O amendoim tem elevado valor calórico, cada porção (uma colher de sopa cheia) tem cerca de 100 calorias. Além disso, a forma mais comum de comercialização desse alimento é a salgada, o que pode aumentar o risco de desidratação – situação que pode se agravar quando há associação com o álcool. A melhor conduta é evitar o seu consumo na praia.

Biscoito de polvilho

Os biscoitos de polvilho sempre estão nas recomendações de alimentos seguros para serem consumidos nas praias. Entretanto, também é um alimento calórico. Um pacote de 100g tem 460 calorias, equivalente a um pastel de carne simples. Esse biscoito também é muito rico em sódio, cada pacote contém o equivalente a 1,5g de sal.

Tapioca

Uma tapioca sem recheio contém em torno de 200 calorias, quantidade equivalente a cerca de 10 colheres de arroz. Com recheio, a iguaria pode ultrapassar 400 calorias, o que é equivalente a um prato de refeição completo: arroz, feijão, peixe grelhado e salada variada. Ou seja, não vale como sobremesa.

Refrigerante

Cada lata de refrigerante tradicional contém cerca de 150 calorias. Quando consumidas em suas versões light, as calorias são reduzidas a zero. Mas não é recomendável para quem tem problemas estomacais, pois agridem a parede do estômago.

Picolés

Os picolés cremosos mais simples de chocolate costumam ter em torno de 100 calorias, mas há versões que podem ter até mais de 200 calorias. Melhor opção são os picolés de fruta. “Além de não ultrapassarem mais de 60 calorias, são fontes importantes de hidratação para o consumo na praia”, explica a nutricionista.

Queijo coalho

Espetos de queijo coalho, apesar da aparência inocente, são alimentos de elevado valor calórico. Cada espeto de 60g contém cerca de 200 calorias. O valor calórico é semelhante ao de um sanduíche preparado com duas fatias de pão integral, duas fatias de peito de peru e uma fatia de queijo minas frescal. Então dá piriri.

Pastel e acarajé

Pastéis e acarajés são frituras e, como qualquer fritura, tem elevado valor calórico. Cada unidade de acarajé tem em torno de 300 calorias. O pastel pode variar entre 450 a 900 calorias, dependendo do tamanho e do recheio. Além disso, o óleo para a fritura é reutilizado ou passa um dia inteiro sob altas temperaturas. Essa prática produz substâncias que aumentam o risco de desenvolvermos doenças cardiovasculares.

Milho verde com manteiga

O milho verde é uma das melhores opções comercializadas nas praias. É uma fonte alimentar nutritiva, rica em carboidrato, e, diferentemente dos aperitivos, é capaz de matar a fome e manter a saciedade por um período mais prolongado. Cada espiga média de milho apresenta mais ou menos 130 calorias, valor calórico equivalente a uma colher de sopa de manteiga. Logo, a principal recomendação em relação ao milho é abrir mão da manteiga.

  •  
  • 29 jan 2010
  • Postado por Tiago

Shows

beyonce

Itajaí

Victor & Leo

Hoje, às 22h, no festival de Verão no Centreventos Itajaí, no parque da Marejada. Além da dupla sertaneja, o evento traz Santograau, Dani & Rafa, João Victor & Lennon, Robson & Josiel e Edu & Evandro. Ingressos: R$ 20. Av. Beira-rio, Centro. Fone: (47) 3351-3471.

Banda Tribuzana

Amanhã, às 21h30, no Café e Cultura. A banda vai apresentar canções dos discos ?Debaixo das saias de Catarina? e ?O Balaio das Ideias?. Couvert: R$ 10. Final da Av. Beira-rio, Mercado Público de Itajaí – Centro. Fone: 8408-1714

Floripa

Beyoncé

No dia 4, às 22h, show da megastar ianque Beyoncé, que abre a turnê ?I Am?. A cantora é acompanhada pela banda ?Suga Mama? e o trio vocal ?The Mamas?. Beyoncé voa no palco, troca de roupa 10 vezes e canta seus maiores sucessos, inclusive os hits do Destiny?s Child. Classificação: 12 anos. Ingresso: R$ 180 e R$ 90 (primeiro lote). Ala Vip: R$ 250 (segundo lote). Camarote: R$ 350 (segundo lote) Área Gold: R$ 600 (segundo lote). Local: Parque Planeta – Rodovia SC-401, km 17 – Vargem Grande. Fone: (48) 3248-6969.

Porto Belo

The Original Wailers

No dia 31, às 22h, no Porto das Águas. A festa traz como atração principal a banda jamaicana que acompanhava Bob Marley + Anderson e Jr. Marvin e a banda manezinha Dazaranha. Ingressos: R$ 20 (muié) e R$ 30 (homi). Rod. SC-421, km 2, 1499 – Perequê. Fone: (47) 3369-8000.

Penha

Banda S.A.

Hoje e amanhã, às 21h, na praça do Coreto. Av. Itacolomy ? Armação do Itapocoroy. Digrátis.

 

Baladas

Itajaí

Solomun e Paulinho Boghosian

Hoje, às 23h30, no Warung Beach Club. Ingressos: R$ 40 (muié) e R$ 60 (homi). Av. José Medeiros Vieira, 350, praia Brava. Fone: 3348-7643.

Camboriú

Tocadisco e Adam K

adam-k

Amanhã, à meia-noite, balada eletrônica na Green Valley. Lançamento oficial do ?Ultra Music Festival?. Ingressos: R$ 30 (muié) e R$ 60 (homi). R. Marmoré, bairro Rio Pequeno, Camboriú. Fone: (47) 3360-8097.

Balneário Camboriú

Eristoff Wolf Night

Hoje, às 23h, no Enjoy Club. Com Crossover/SP, formado pelo músico Amon-Rá Lima e o dj Júlio Torres + dj Gutto Oliveira (SC). Ingressos: R$ 30 (muié) e R$ 50 (homi). Av. Atlântica, 5200 – Barra Sul. Fone: 3360-8097.

Sertanejo

Hoje, às 23h, no Wood?s Bar, show das duplas Eddy e Gil e Melk e Adriano. Amanhã tem Paulinho e Leandro. Ingressos: R$ 20 (muié) e R$ 30 (homi). Av. Atlântica, 4450 – Barra Sul. Fone: (47) 3367-7739.

Sharam

Amanhã, às 23h30, na Blue Coast. Atrações: Sharam, Bruno Be e Teclas. Ingressos: R$ 33 (muié) e R$ 53 (homi). Av. Rodesindo Pavan 11.595 – Estaleirinho. Fone: 3268-6767.

Samba e Viola

No dia 31, às 22h, no Djun. O grupo Sem Abuso + convidados agitam a noite. Ingressos: R$ 10 (muié) e R$ 15 (homi). Final da rua 4500 – Barra Sul. Fone: 3361-1516.

sem-abuso

Piçarras

Beat 4 life

Amanhã, às 23h, no Bali Hai. Atrações eletrônicas: Beat 4 life, Rodrigo Fabro, Alan Madeira, Rava e Simone Borth. Quem curte rock vai apreciar a apresentação da banda Lenzi Brothers. Ingressos: R$ 20 (muié) e R$ 25 (homi). Av. Nereu Ramos, 2970, Centro. Fone: (47) 3042-6262.

Porto Belo

Carlos Fuse

Amanhã, às 23h, no Bali Hai. Balada com os djs Carlos Fuse, Diego Petry, Fernando Olsen, Cabeça e Songa. Ingressos: R$ 20 (muié) e R$ 30 (homi). Av. Governador Celso Ramos – Centro. Fone: (47) 3268-6767.

 

Teatro

Floripa

O analista machão de Bagé

o-analista-machão-de-bagé

Hoje e amanhã, às 21h, e no dia 31, às 20h30, no teatro Álvaro de Carvalho. Chega a Floripa a nova adaptação do texto de Luis Fernando Veríssimo, desta vez incluindo a sexóloga e o filho gay. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (estudantes). R. Marechal Guilherme, 26 – Centro. Fone: (48) 3206-5559.

Um gordo ?NUiCRU?

Hoje, amanhã e no dia 31, às 21h, no espaço cultural Sol da Terra. Stand-up comedy de WMarcão. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (estudantes). Av. Afonso Delambert Neto, 885 – Lagoa da Conceição. Fone: (48) 3232-2303.

 

Eventos

Navega

Festa Nossa Senhora dos Navegantes

Festa-Nossa-Senhora-dos-Navegantes-por-Eder-Nascimento-(3)

Começa hoje a maior festa na cidade dengo-dengo, a partir das 19h30, na praça central N.S. dos Navegantes. Hoje, às 21h30, rola o show da banda Cor do Sol. Amanhã, às 21h30, tem show nacional com Gaúcho da Fronteira. No dia 31 tem a apresentação do grupo musical Gálatas, às 20h30, e a banda peixeira Tarrafa Elétrica, às 21h30. No dia 1º, às 21h, a atração é o Tchê Campeiro. No dia seguinte, Edu e Evandro se apresentam, às 21h30. Já no dia 3 rolam os shows das bandas 7, às 20h30, e Maria Joana, às 21h30. No dia 4 rola pagodeira com o grupo Destak do Samba, às 21h. Digrátis.

Balneário Camboriú

Miss Balneário

Amanhã, às 22h, no Centro de Eventos Z (antigo clube Ariribá). Vão ser 12 meninas, de 18 a 24 anos, disputando o título para representar a Maravilha do Atlântico no Miss Santa Catarina. Depois do resultado, rola um baile. Assistir ao concurso é na faixa, mas o baile custa R$ 50 por cabeça. Fone: 3363-4010.

Itajaí

Festival Internacional de Verão 2010

No dia 4, às 19h, na praia Brava. Evento de reggae com 12 bandas nacionais e internacionais, concurso de bandas regionais, esportes radicais, rangaceira, foto, cursos, artesanato com material reciclado, meditação e aulas de ioga. Av. José Medeiros Vieira, pertinho do Brava Beach. Fone: (47) 3263-1356. Digrátis.

  •  
  • 29 jan 2010
  • Postado por Tiago

P1230195

Felizes e em família, Roberto Amaral com a mulher Adriana, Dona Ilse Amaral e os netos Roberto Dimas do Amaral e Carlos Amaral brindam o sucesso da tevê em Santa Catarina

P1230190

Juliana Lückmann, Érica Alves, Tainara Pasqualatto e sua irmã Ana Caroline foram expor os produtos da OligoFlora, no encontro que rolou sábado na Praia do Estaleirinho

P1230198

Álvaro Ihanig, Vera Toledo e Salum com a esposa Sonia foram conferir o auê do SBT -SC

P1230203

A baita apresentadora Anieli Talon, Rodrigão(Feijão) proprietário do Goa e a produtora Dary Kumakola posam contentes com o sucesso do encontro no último sábado

P1170171

O atleta Dado Faigel e sua namorada Beatriz Beckauser no maior astral na Praia Brava

AAVANESSADEBRIDA06

A modelo e ex Miss Vanessa de Brida está de idade nova desde quarta-feira e curte em temperatura máxima o verão no litoral com belas e queridas amigas

AAJULIANANICOLAUSEARA01

De bem com a vida e curtindo a estação da melhor forma possível, a descolada Juliana Nicolau Seára sopra velinhas no dia 01 de fevereiro

AAMONICA01

Feliz, a modelo Monica Franciele de Barba aniversaria no domingo cercada de amigos e familiares

AAJULIANACOPPI01

A glamourosa Juliana Coppi disputa neste sábado a etapa de Balneário Camboriú, rumo ao Miss Santa Catarina, Boa sorte!

FASHION

*Nereida Dagnoni e suas filhas Cris e Nina pilotam seus points de moda em Itajaí e Balneário Camboriú, com tentadoras promoções de verão.

*O mesmo acontece com a empresária Ethel Kleis com suas lojas em Camboriú Beach. Vale a pena conferir!

CEGONHA

Minha querida Diogie Araya Mancilla comunica que ela e o maridão, o espanhol Francisco Pina(Kiko), estão gravidíssimos e que daqui ha sete meses terão o primeiro bebê, em Madrid.

HAPPY

*Viviane Ortiga Jung, Magda Borges e Sonia Procopiak sopram velinhas nesta sexta.

*Amanhã, os parabéns vão para Renate Fischer Maccori, Diana Kostetzer, Susy Rodrigues, Salate Assini, Danielle Gonçalves e Bernardo Mello Krobel.

*No domingo, Ana Luisa Vianna da Silva Marçal e Ivana Ramos Gomes Rodi estarão de idade nova.

NITRIX CHAMPION FIGHT

* A Bandeira Franco juntamente com o promotor de eventos Isaias (Pelé) e com o patrocínio oficial da Nitrix Energy Drinks realizarão a quarta edição do evento de MMA ( Mix Martial Arts), o Nitrix Champion Fight, evento desportivo que reúne os principais atletas do esporte na região e de outros estados do Brasil.

* O Evento será realizado em Camboriú, no ginásio Irineu Bornhausen, centro de Camboriú, no dia 6 de fevereiro, a partir das 19h 45min e tem total apoio da Prefeitura Municipal de Camboriú através da prefeita Luzia Lourdes Coopi Matias.

  • Postado por Tiago

CAPA DO CADERNO DE VERAO

  •  
  • Postado por Tiago

Debaixo da tenda montada pela prefa na praia do Trapiche, em Penha, uma tchurma pra lá de animada chamava a atenção na tarde de segunda-feira. O bacharel em direito, Lusmarque Souza, 44 anos, regia a orquestra de 31 pessoas vindas de Barra Bonita, no interior de São Paulo, que cantavam, falavam e davam gargalhada, tudo ao mesmo tempo. O motivo de tanta alegria era um só: a estadia prolongada no litoral norte catarinense, coroada com um dia de muito sol, milho cozido e cerveja gelada numa das praias mais populares de Armação do Itapocoroy.

?Nosso lema é a felicidade. As tristezas, a gente deixa pra trás?, setencia o patriarca, plenamente apoiado pelos familiares. ?Eu vim me curar da depressão aqui, depois que terminei um namoro. Passei o réveillon e gostei tanto que chamei o resto da família?, declarou, orgulhosa, a filha Nathalia, 19 anos. A estudante disse que o que mais gostou na Penha foi o Bailão do Silva, onde dançou forró até se acabar na última sexta-feira, e achou até um pretê. ?Pode colocar aí: Felipe, cadê você?!?, pergunta, embalada por umas brejas a mais.

A família toda tá hospedada na casa da ?tia Andréia?, na Barra Velha, e todo dia a galera simanda pra um pico diferente da região. E a via crucis tem sido tão prazerosa, que rolou até uma mudança de planos. ?Nós íamos comprar uma casa numa praia do litoral paranaense, que é mais perto, mas aqui é muito mais bonito. Estamos pensando em investir por aqui mesmo?, declarou a matriarca Nikita Sampaio Souza, 44 anos.

A família é exemplo do público que tem descoberto, nos últimos anos, que Penha vai muito além dos domínios do parque Beto Carrero, no bairro Gravatá. A instalação do parque no começo dos anos 90 realmente revitalizou o fluxo turístico do município, que teve início em meados dos anos 40, quando famílias de industriais do Vale do Itajaí compraram grandes terrenos na praia da Armação, batizada pelos locais de ?praia dos Alemães?. Nos anos 70 e 80, filhos e netos dos primeiros ?veranistas? aumentaram a faixa de ?alemães? da baia de Itapocoroy, da Pedra da Fortaleza até quase à praia do Quilombo, no centro da Penha.

Então, quando João Sergio Murad teve a ideia de criar a ?Disneylandia brasileira? na área rural do pacato município, cuja economia se baseava na pesca artesanal e turismo sazonal, muita gente deu risada. Mas, sabe aquela máxima ?ri melhor quem ri por último?? Dezoito anos depois da criação do parque, a rede hoteleira e de restaurantes se expandiu, as principais ruas receberam asfalto e Penha ganhou até uma rodovia, ligando o Gravatá à BR-101, apelidada de ?Transbeto?, tudo pra incrementar a infraestrutura da demanda cada vez maior de visitantes. O próximo passo é garantir a sanidade de suas águas, que durante décadas recebeu esgoto impunemente. Outro sonho é fazer uma avenida à beira-mar.

A família de Lusmarque gostou tanto da Armação que pretende comprar uma baia por lá

praia trapiche 2

Os paranaenses Roberson e Driele estão com mais 16 pessoas numa casa do Gravatá

  •  
  • Postado por Tiago

O protótipo de um calçadão pode ser conferido numa faixa praia do Quilombo, cujo mar bravo é indicado pra prática do surfe. A praia é a última da baía, antes do centro administrativo de Penha. Passada a ponte sobre o rio Iriri, fica a praia Alegre, na divisa com Piçarras, que depois que teve a praia engordada, virou palco de competições esportivas, como o campeonato Brasileiro de Jet Ski, que rola neste fim de semana.

A reportagem do DIARINHO encontrou por lá os amigos Roberson Mendes, 31 anos, e Driele Loss, 24. Ele é produtor rural no interior do Paraná e tem uma casa de praia no Gravatá, do lado de Navegantes, há quase 20 anos. Ela é turismóloga e tá conhecendo pela primeira vez o litoral norte catarina. Roberson e Driele tavam se refrescando do forte calor que fez na segunda-feira no Biroska lanches, que o seu José toca há nove anos. Eles estão em 18 pessoas na casa, que Roberson herdou. Drieli disse que costumava passar as férias em Itapema, onde há mais opções pros jovens. “Aqui é bom para descansar, para famílias com idosos e crianças. Tem um evento aqui e ali, mas não é constante”, opina.

Outra praia de águas calmas que agrada as famílias é a de São Miguel, cuja entrada fica no bairro Gravatá. O local é um reduto de pescadores, cujas embarcações enfeitam a paisagem bucólica. Dali, se vê o vai-e-vem dos navios entrando e saindo da boca da barra, em Itajaí. Em todas as praias é comum ver vendedores de rede e mantas do nordeste, como Cosme Linhares Dutra, 26 anos. Ele veio de Brejo da Cruz, na Paraíba, com 12 companheiros. Em dias bons, ele vende cerca de 15 peças, que custam de R$ 15 a R$ 35. Cosme pica a mula na semana que vem. “Pra mim, a temporada aqui já acabou. Vamos pra Belo Horizonte, onde vendemos bem”, justifica.

Realmente, o mau tempo tem assustado os comerciantes. Seu José, da Biroska Lanches, disse que o movimento tava uma beleza até início de janeiro. Depois que o tempo virou, a galera sumiu. “Nosso forte aqui é o pessoal que tira férias até 10, 15 de janeiro. Com o tempo ruim, eles voltam mais cedo”, lamenta. Esta também é a reclamação da vendedora de milho Solange Soares. Ela conta que no começo da temporada chegava a vender 150 milhos por dia. Agora, não passa de 40.

  •  
« Página AnteriorPróxima Página »