• Postado por Tiago

Um ladrãozinho chinélis resolveu furtar a motoca errada na noite de quinta-feira. O tanso entrou na baia de uma policial militar, no centro de Itajaí, mas quando tava metendo a mão na cabrita foi guentado pela dona. A policial rendeu o safado e chamou os companheiros pra levar o vadio pra jaula. O traste foi parar na 1ª depê onde tá esperando vaga em algum cadeião da região.

Moisés Gonçalves, 31 anos, entrou em uma casa da rua Jorge Mattos achando que tinha tirado a sorte grante. O traste tava pronto pra furtar a motoca, placa AOJ-1372 (Curitiba), quinta-feira por volta das 23h. O vadio tava equipado com uma chave mixa, mas quando tentava fazer a motoca funcionar, foi surpreendido pela policial. A policial tava chegando em casa, depois de mais um dia de trampo. A mulher se identificou como policial militar e mandou o larápio erguer as mãos. O espertalhão ainda quis dar uma de macho e partiu pra cima da milico.

A policial rendeu o mequetrefe até a chegada de uma baratinha. O tanso foi levado pra delegacia e depois de bater um papo com o delegado foi trancafiado.

Esta foi a segunda vez que um milico peixeiro foi alvo da bandidagem esta semana. Na madrugada de domingo a baia do soldado Natanael João Emílio foi furada por 15 balaços, no bairro Imaruí. O meganha tava viajando e quando chegou deu de cara com as marcas de bala cravadas na parede do quarto de casal.

A PM tá investigando o caso, mas garante que o policial não tem bronca com ninguém. Vizinhos ouviram os disparos, mas não viram os atiradores. O povo do bairro acredita que o atentado partiu de uma turminha barra pesada que vive ameaçando a comunidade.

  •  

Deixe uma Resposta