• Postado por Tiago

ABRE-GERAL---cemiterio-fazenda-(11)

Calorzão não afastou o povo dos cemitérios

O tempo bom animou quem queria homenagear aqueles que já se foram e o dia de Finados foi de movimento grande nos cemitérios da região. Em Itajaí, só o cemitério da Fazenda, que é o maior da city, recebeu mais de 10 mil pessoas. Em Balneário Camboriú, as visitas começaram a pipocar ainda no domingo e ontem se estenderam até a noite.

O mandachuva da coordenaria de Trânsito e Transporte peixeira, (Codetran), José Ferreira, que ficou de zóio nos cemitérios o dia todo, diz que o movimento na Fazenda foi fora do comum. ?Teve muita gente das 8h30 ao meio-dia, depois aliviou, e a partir das 14h30 começou de novo?, contou. Nos cemitérios da Itaipava e do Espinheiros, onde o pessoal da Codetran também bateu ponto, o entra-e-sai ficou dentro do esperado.

Na Maravilha do Atlântico, as visitas ao cemitério da Barra foram muitas desde o domingo. ?Teve mais gente na véspera do que no Finados?, contou o coveiro Manoel Pereira Filho, o Maneca. O ponto mais disputado foi a Cruz das Almas, onde a turistada que pintou na city aproveitou pra deixar flores e acender velas.

Sorte de quem apostou no feriado pra fazer um dindim. Em Balneário foi grande a venda de vasos de flores e de quitutes de todo tipo, de picolé a pé-de-moleque. Em Itajaí, teve até cemitério novo fazendo propaganda e tentando vender um terreninho pra quem ainda tá do lado de cá.

  •  

Deixe uma Resposta