• Postado por Tiago

convite_02A história do Cento Cultural Escrava Anastácia vai estar retratada no audiovisual criado em parceria com  a Agência de Publicidade One/WG, que realizou o roteiro, e a produtora Cristal Broadcast, que viabilizou a produção. O material marca mais uma etapa nestes 10 anos que a instituição existe.

Já a obra ?Esse Movimento Chamado Aroeira? conta a história do próprio movimento. ?Aroeira é um nome que ganhou corpo, que se transformou num jeito de fazer, de se relacionar com as juventudes mais vulnerabilizadas, num movimento que extravasa a Ong e o Consórcio?, declara a dra. Nadir Azibeiro, organizadora do livro. A obra  contribui para a memória desse processo que transformou-se num movimento, a partir da movimentação e da vida das juventudes da Grande Florianópolis.

Os lançamentos serão realizados no dia 13, quinta-feira, às 19h, no Auditório Deputada Antonieta de Barros ? ALESC – Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310 – centro de Florianópolis

  •  

Deixe uma Resposta