• Postado por Tiago

O diretor de justiça e cidadania da Santa & Bela, Itamar Bressan Boneli, participou da reunião e reconheceu que o centro abriria as portas com capacidade pra 70 internos que ficariam de seis a três anos. O cara mesmo admite que hoje 67 menores infratores tão em liberdade na região por falta de vagas. A vereadora peixeira Susi Bellini (PP), que também faz parte da comissão, questionou se o centro não nasceria lotado, mas Itamar saiu pela tangente. “A demanda seria dividida com o CIP de Itajaí, onde ficariam 30 adolescentes que cumpririam medida de 45 dias”, respondeu.

O CIP peixeiro hoje abriga 30 moleques que se dividem no antigo espaço do complexo, já que o governo do estado começou uma obra de ampliação há três anos e até hoje não terminou. A proposta do novo centro deverá ser debatida pacas entre os integrantes dos conselhos de segurança peixeiro, da Maravilha do Atlântico e de Camboriú. Pro presidente do Conseg da cidade da pedra, Ivan dos Santos Leal, o projeto só deverá ser concretizado no ano que vem.

  •  

Deixe uma Resposta