• 18 dez 2009
  • Postado por Tiago

deolho18-lula-turma2 deolho18-lula-turma

Presidente Lula e comitiva, na sessão plenária da Conferência das Partes da Convenção da ONU, ontem, em Copenhague

Pediram pra sair

O governo LHS manteve a tradição de jamais exonerar (despedir) gente da equipe que tenha sido apanhada com a boca na botija ou seja suspeita em algum inquérito ou denunciada em algum processo.

Teve até um que saiu algemado da Secretaria da Fazenda (o Aldo Hey Neto, lembram?) e mesmo esse, foi ?exonerado a pedido?.

Ontem pediram pra sair o Pedro Mendes (que era diretor geral, uma espécie de sub-secretário da Fazenda) e o Anastácio Martins.

Os dois estão naquele mesmo rolo da operação Transparência que pegou o vice-governador Pavan. E o PMDB, que deve ter lá seus motivos, ainda fez o possível para que eles não saíssem.

OS ?HONESTOS? TREMEM

Quando apresentou o caso do Pavan para a imprensa, o delegado da Polícia Federal disse que a empresa corruptora só não foi beneficiada porque a mutreta teria sido brecada por ?funcionários honestos?.

Pois agora, a partir de janeiro, esses tais ?honestos? terão, como governador, um suspeito de ter recebido grana pra fazer o que eles impediram.

Que situação, né não?

Lua de mel à italiana?

Tava ontem no blog da coluna Visor, do DC:

?Feijão tropeiro, rapadura, paçoca e outras iguarias da culinária nordestina fazem parte do cardápio que será servido no casamento da senadora Ideli Salvatti com o sargento músico do Exército, Jeferson da Silva Figueiredo, marcado para às 17h de sábado, em um hotel no Norte da Ilha. Ela fez questão de convidar somente amigos próximos e familiares para não caracterizar como um evento político. No dia 20, o casal embarca para a Itália, onde permanece até o dia 5 de janeiro.?

Ora vejam só?

O tal patrocínio das cidades ao carnaval da Beija-Flor, como todos imaginavam, tem efeitos colaterais. O ?patrocínio? de Brasília, em 2010, virou disputa entre os mensaleiros do Arruda, a fundação do Joãosinho 30 e outros, todos afinal pacificados, por algum acordo interno sigiloso, segundo conta reportagem de O Estado de São Paulo.

Vocês sabem que, no último dia 8, a diretoria da Beija-Flor foi recebida pela dupla Dário & Mário com grande alegria. O projeto é que o carnaval de 2011 da escola seja ?patrocinado? por Florianópolis, assim como o de 2010 o é por Brasília. A alegria da dupla se explica: a coisa envolve ?captação de recursos? e isso, como sabemos, sempre dá pano pra manga.

O carnaval DA FUZARCA

Antes que fiquem muito entusiasmados com a maravilha que poderá ser o projeto Beija Flor 2011 dêem, por favor, uma relembrada na confusão que deu em agosto de 2005, quando começou a fazer água outro grande projeto carnavalesco: Florianópolis como enredo de 2006 da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, do Rio de Janeiro.

Segundo o noticiário da época, a empresa constituída pra fazer a intermediação (arrecadar os milhõezinhos e fazer a distribuição, à escola de samba e demais interessados) tinha como endereço uma modestíssima oficina mecânica, em Barra Velha. Onde, claro, ninguém conhecia a empresa ou seus ?gestores?. E aí a coisa melou.

É bom saber que, depois da árvore milionária e nanica, que colocou Florianópolis na boca do povo do Brasil inteiro, a dupla Dário & Mário já prepara outro evento espetacular, que tem tudo pra dar outra confusão federal.

TRF breca esgoto da Casan no Rio Tavares

Deve ser publicada hoje a decisão do TRF atendendo ao pedido da procuradora Giorgia Sena Martins (na verdade um ?agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo?) e mandando parar, de novo, a obra com que a Casan pretende brindar parte da ilha de Santa Catarina com mais uma das suas.

A ICMBio tinha encontrado diversas irregularidades no Sistema de Esgotos Sanitários Campeche, que poderiam poluir ainda mais a Microbacia do Rio Tavares, com emerdamento (este neologismo criei em homenagem ao presidente Lula) até da Reserva Extrativista Marinha do Pirajubaé. E aí embargou a obra. A Casan esperneou, recorreu e agora a ICMBio conseguiu o efeito suspensivo do recurso.

Uma boa notícia. Vamos ver se dura até o Natal, pelo menos.

  •  

Deixe uma Resposta