• Postado por Tiago

ABRE-GERAL-7---G-eleição-Conselho-Tutelar-Balneário-(8)

Apenas 1279 pessoas votaram. O número é três vezes menor que o do ano passado

Foi fraco o movimento durante a eleição do Conselho Tutelar de Balneário Camboriú. Pouco mais de mil pessoas procuraram os três postos de votação no município pra escolher a chapa que vai encabeçar o conselho tutelar de agora em diante. A chapa vencedora, ?Braços Abertos?, fez 787 votos e ficará à frente do conselho nos próximos anos. Pros organizadores da peleja, o pouco interesse do povão rolou porque este ano houve pouco envolvimento dos partidos políticos na votação.

A eleição começou às 8h e terminou às 17h. Disputaram as chapas ?Braços Abertos? e ?Sonho de Criança?. Embora qualquer eleitor de Balneário pudesse dar o seu voto, foi fraco o movimento nos locais de votação: as escolas Alfredo Domingos da Silva e Presidente Médici e na Univali. Diferente de anos anteriores, o povão preferiu ficar em casa ao invés de lotar a frente dos colégios segurando bandeiras das chapas e pedinchando votos.

Até as 28 sessões eleitorais estavam às moscas. Os 84 mesários e os 56 fiscais de cada chapa tiveram que segurar os zóios com palitinho pra não dormir em cima da mesa. Esta pouca participação durante a eleição representa um bom sinal pra presidente do conselho municipal dos direitos da criança e do adolescente (CMDCA), Juliana Zimmermann Buerger. Ela acredita que, assim, votaram apenas as pessoas interessadas em participar. ?É preferível que menos pessoas votem, mas que votem conscientes, não sejam levadas até lá por algum político que tem interesse na eleição?, lascou.

Juliana relembra que ano passado a votação chegou até a ser anulada depois que foram descobertas trambicagens nas chapas inscritas. Partidos políticos teriam usado as chapas pra fazer campanha política e obrigado muita gente a participar da votação.

Apuração

A apuração dos votos começou às 18h de ontem. Todas as urnas com as cédulas de papélis foram levadas pra uma sala reservada na Univali, onde fiscais do CMDCA fizeram a contagem. Embora os organizadores tenham imprimido 10 mil cédulas, apenas 1279 pessoas apareceram pra votar. O número é três vezes menor que o ano passado.

Perto das 20h, a presidente do CMDCA anunciou a chapa vencedora. Com 787 votos, a chapa liderada por Lurdes de Oliveira, moradora do bairro das Nações, foi a vencedora. Os outros 483 votos foram pra chapa ?Sonho de Criança?, e ainda rolaram dois brancos e quatro nulos. Na terça-feira, a chapa vencedora começa um curso teórico e prático e no dia 19 de agosto assume o conselho. Serão cinco conselheiros titulares e 10 suplentes.

Corrida eleitoral

A temporada de caça aos votos pra eleição do Conselho Tutelar de Balneário foi aberta no fim de maio. Só duas chapas puderam disputar a eleição, pois não tavam envolvidas com a politicagem. A medida foi uma exigência pra evitar que a eleição fosse cancelada novamente.

Mesmo assim, durante a campanha, foram feitas denúncias de irregularidades. Tiveram acusações de propaganda enganosa, de gente pedinchando voto dentro de órgão público e de espertinhos imprimindo material de campanha dentro da câmara de vereadores. Todos os casos foram parar no ministério público, mas nenhuma das fofocalhadas ficou comprovada.

  •  

Deixe uma Resposta