• Postado por Tiago

Foi identificado ontem o rapaz que passou dessa pra uma melhor ao meio-dia de quinta-feira, quando foi atropelado na avenida do Estado, na divisa entre Balneário Camboriú e o Itajaí. Anderson Pereira, 37 anos, foi reconhecido por um amigo. Ele será enterrado em Araucária, no Paraná, onde vive sua família.

A tragédia rolou num horário em que o vai-e-vem dos motoras é grande. Anderson, que tava trampando como mecânico no Balneário, vinha da rua Henrique Mescke, na praia dos Amores, em direção à avenida do Estado, quando perdeu o freio e foi parar no meio dos possantes.

O coitado foi acertado pelo Gol, placa LYP 5304 (Balneário Camboriú), que seguia de Itajaí pra Maravilha do Atlântico. O porradaço foi tão forte que Anderson foi jogado pra outra pista e bateu com tudo no vidro da frente do Celta, placa MHB 2455 (Itajaí), que rodava no sentido contrário. Quando caiu na chón, o rapaz já tinha partido pro além.

Bizolhudos que assistiram de perto a desgraceira disseram que o rapaz morava pelas redondezas, mas não souberam dizer qual era seu nome completo. O mistério foi resolvido horas depois, quando um amigo do cara soube que ele tinha se envolvido num acidente e tentou encontrá-lo.

O amigo chegou a procurar por Anderson no hospital Santa Inês e foi até a delegacia pra conseguir notícias. Assim que soube que o coitado tinha morrido, tratou de avisar a família do rapaz. Ontem a mãe de Anderson, que vive em Araucária, veio à Santa & Bela pra buscar o corpo do filho. O rapaz será enterrado ainda hoje, em terras paranaenses.

Porreou

Um porradaço envolvendo uma caminhonete e um Uno, ontem, no começo da tarde, na rodovia Antônio Heil, mandou uma criança para o hospital Pequeno Anjo. No acidente também ficaram feridas a motora da caminhonete, Miriam da Silva, e mais as caroneiras Francine Simas e Morgana Gonçalves.

  •  

Deixe uma Resposta