• Postado por Tiago

foto_18No mar, eles são pescadores apaixonados pelo trabalho ou condenados a um emprego que carece da aplicação das leis trabalhistas.  Em terra, eles são pais e maridos que dividem seu tempo entre partidas e reencontros, convivendo com as saudades e a ausência da família.  O documentário “Ciclo das Horas”*mostra os relatos destes pescadores industriais, acostumados à rotina de semanas no mar e poucos dias em terra, além de depoimentos dos filhos e das esposas que enfrentam a constante espera pelo retorno.

O filme será exibido no hall da Biblioteca Central da Univali campu Itajaí, nesta sexta-feira, 26, em duas sessões, às 18h30 e 20h40.  O documentário, dirigido pela jornalista Sheila Ana Calgaro, encerra a exposição de fotos e extratos do livro “Vidas separadas pelo mar”, da mesma autora.

Todos os pescadores presentes no filme trabalham nas empresas de pesca de Itajaí, mas vivem na cidade de Imbituba, litoral-sul de Santa Catarina.

  •  

Deixe uma Resposta