• Postado por Tiago

CONTRA-BAIXO---s---cesar-cielo-bate-recorde-mundial-dos-50m---foto-satiro-sodre-cbda---18.12.09-(1) CONTRA-ABRE---s---cesar-cielo-bate-recorde-mundial-dos-50m---foto-satiro-sodre-cbda---18.12.09-(2)

Cielo recebeu a medalha de ouro de Gustavo Borges, outro ídolo da natação

Simplesmente, o cara. É assim que César Cielo deveria ser tratado por todos no Brasil, carente de grandes ídolos nos esportes individuais há algum tempo. Ontem, no torneio Open de Natação, que rolou no clube Pinheiros, em São Paulo, Cielo fez 20s91 e quebrou o recorde mundial nos 50m livre. Ele superou o francês Frédérick Bousquet, antigo recordista da prova com 20s94.

Mais do que se tornar o nadador mais rápido do mundo, o brasileiro Cielo se tornou o primeiro na história da natação a ter, na mesma temporada, os títulos e recordes mundiais das duas principais provas do esporte ? 50m e 100m livre. Em julho deste ano, no mundial de Esportes Aquáticos, em Roma, ela já tinha vencido a prova e batido o recorde mundial nos 100m livre, com 46s91.

Se o americano phodão Michael Phelps domina todos os estilos e é dono de oito medalhas de ouro olímpicas, é do Brasil o mais rápido do mundo nas piscinas. ?Eu queria muito terminar este ano como dono do recorde nos 50m e 100m livre. Bati na trave dois dias no campeonato. Eu já estava engasgado com esses recordes aqui. Toda hora batia na trave. Acordei 3h da manhã de ansiedade e não dormi mais. É difícil controlar, mas, graças a Deus, deu tudo certo?, disse o nadador, que recebeu a medalha das mãos de Gustavo Borges, outro medalhista olímpico.

Na flor da idade

Mesmo já tendo medalha de ouro olímpica, dois títulos e recordes mundiais, é difícil acreditar que Cielo tem apenas 22 anos, fato que o faz ter direito a se elogiar. ?Acho que cheguei num patamar único, onde poucos velocistas chegaram até hoje. Esse foi o melhor ano da minha vida, que servirá de molde para o resto da minha carreira?, diz o Aquaman brazuca.

Competido em casa, no clube que o revelou, Cielo nadou pela última vez com os polêmicos supermaiôs, que passam a ficar proibidos. Ele usou o X-Glide, que, pra Brett Hawke, técnico americano do brasileiro, dá sorte. ?Como era a última chance de nadar com o maiô, era uma chance especial de bater o recorde?, fala o treinador.

Com seu ritual de, antes de cada prova importante, escrever num pedaço de papel o tempo que quer atingir, Cielo chegou a exagerar, colocando 20s86, marca que não ficou tão longe. ?Eu até pensei em colocar hoje no papel 20s92. Mas decidi deixar esse mesmo. Quanto mais baixo, melhor?, finalizou o ídolo das piscinas, que agora só quer curtir merecidas férias.

  •  

Deixe uma Resposta