• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-19---s---sesi-x-cimed4---superliga---foto-alexandre-arruda-cbv-22.12.09

A união dos jogadores é um dos pontos fortes do time manezinho

A Cimed/Malwee, que forma a base da nova seleção brasileira de vôlei, atropelou o Pinheiros na noite de terça-feira, em São Paulo. O adversário conta com jogadores que já foram e ainda são ídolos da última geração, como os medalhistas olímpicos Gustavo, Rodrigão, Marcelinho e Giba, este último que não jogou porque estava machucado. O time catarinense não tomou conhecimento do rival e venceu fácil, por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/18 e um humilhante 25/13, em 1h18. O destaque da partida foi Bob, da Cimed, maior pontuador com 10 pontos.

Válida pela oitava rodada da Superliga, a partida foi a última do ano. Ainda como única equipe invicta, agora com oito vitórias, a Cimed se manteve na liderança isolada, com o Sesi, que venceu o Blumenau, como vice-líder.

No primeiro set, o saque e o bloqueio dos gigantes manezinhos fizeram a diferença e foram fundamentais pro 25 a 20. Na segunda parcial a equipe paulista, que ainda conta com o cubano Roca, desperdiçou muitos ataques, diferente da Cimed, que errou pouco e fechou em 25 a 18. O ponto alto desse set foi o 200º ponto de bloqueio do ponteiro da Cimed, Thiago Alves, em toda a história da Superliga.

No último set, o mais fácil do duelo entre parte da última e da atual geração do voleibol brasileiro, o meio de rede Éder foi essencial pra vitória catarinense. Com ele no saque foram quatro pontos seguidos do time de Floripa. Isso desanimou o Pinheiros, que não conseguiu reagir e tomou um sacode de 25 a 13.

Um dos maiores jogadores da história do vôlei brasileiro, o meio de rede Gustavo, campeão olímpico em 2004 ao lado de Giba e Rodrigão, ficou puto com a derrota. ?Tivemos uma lição de vôlei. Eles fizeram tudo certo e nós erramos muito. Estou até envergonhado?, disse, após o jogo.

Já Lucão, meio-de-rede da Cimed, era só alegria. ?Conseguimos sacar bem taticamente, a gente entrou com tudo. É bom terminar invicto, esperamos continuar assim?, falou.

O próximo jogo da Cimed rola só no dia 7 de janeiro, quando a equipe de Floripa recebe o Caxias do Sul.

  •  

Deixe uma Resposta