• Postado por Tiago

01

Time manezinho tomou susto, mas reagiu e ganhou primeiro duelo da Superliga

O primeiro jogo da Cimed/Malwee pela Superliga masculina de vôlei foi uma prova do equilíbrio que deverá ser a competição nesta edição 2009/2010. O time de Florianópolis derrotou o Sada Cruzeiro Vôlei/MG, terceiro colocado da última temporada, por 3 sets a 2, com parciais de 25/21, 25/15, 22/25, 24/26 e 15/9. O jogo rolou na noite de ontem, no ginásio Capoeirão, na capital barriga-verde, e durou 2h10.

Em busca do tetracampeonato da competição, a Cimed apostou no entrosamento pra arrancar com vitória. O time da casa começou muito bem, tomou um susto, mas no final soube abrir vantagem pra fechar o jogo. Lucão, com ótimos bloqueios e saques, e Thiago Alves, virando muitas bolas no ataque, foram os principais destaques da equipe de Floripa, que encara o Vivo Minas na segunda rodada. O duelo rola sábado, às 20h, também em Floripa, e será uma reedição das últimas quatro finais da Superliga. ?Será um grande jogo, talvez mais difícil que o de hoje (ontem). Cimed e Minas fazem atualmente o maior clássico do vôlei brasileiro?, destaca Marcos Pacheco, técnico do time manezinho.

Bobeou, mas ganhou

A Cimed começou forçando o saque, dificultando a recepção do Sada Cruzeiro e conseguiu abrir sete pontos de vantagem no primeiro set. Os mineiros até tentaram reagir, mas perderam por 25 a 21. A segunda parcial foi ainda mais tranquila, com o time da casa bloqueando muito e fechando em fáceis 25 a 15.

O jogo virou a partir do terceiro set. Os visitantes deixaram de forçar tanto o saque, passaram a colocar mais a bola em quadra e dificultaram a recepção manezinha. A tática deu certo e o Sada venceu por 25 a 22. A quarta parcial foi a mais equilibrada de todas, mas novamente teve vitória mineira, agora por 26 a 24, levando o jogo pro tie-break.

No quinto e decisivo set, Lucão acertou uma boa sequência de saques e a Cimed abriu alguns pontos de frente. Depois foi só administrar a vantagem e fechar em 15 a 9, pra alegria da galera, que compareceu em bom número ao Capoeirão. ?Era um jogo duro, contra um time que também foi montado pra ser campeão. Foi muito importante começarmos vencendo?, finaliza Pacheco.

  •  

Deixe uma Resposta