• Postado por Tiago

capa-abre-1030EF10020

Galera vai ganhar mais um tempinho pra estudar

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que seria aplicada no domingo, foi cancelada na madruga de ontem por vazamento de informação. Na região, cerca de cinco mil alunos ficarão chupando o dedo e terão que esperar pra que uma nova data seja marcada. As provas seriam aplicadas nas citys de Balneário Camboriú, Navega, Itapema, Balneário Piçarras e em Itajaí.

Pelas contas do pessoal do Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connase), empresa que ganhou a licitação pra aplicar a prova, 2,5 mil pessoas fariam o Enem na Univali peixeira. Outras 2,5 mil iriam enfrentar o desafio nas quatro citys vizinhas.

Entre os cinco mil alunos está Samara Cristina Kucker, que é estudante do ensino médio do colégio estadual Dom Afonso Niehues, do bairro Cordeiros. A guria conta que se prepara desde o início do ano só pra encarar a prova do Enem, pois aposta todas as fichas no teste pra conseguir uma vaguinha no curso de ciências contábeis. ?Li livros que são exigidos, fui atrás de provas dos anos anteriores pra fazer um comparativo e estava confiante. O Enem é uma grande perspectiva minha?, conta.

Ontem de manhã, depois de ficar sabendo da notícia, Samara ficou decepcionada, mas conta que não irá desanimar e promete estudar até que a prova seja marcada dinovo. ?Por um lado é bom, porque é um pouco mais de tempo pra me preparar?, disse.

O ministério da Educação cancelou o Enem depois que um sujeito tentou vender por R$ 500 mil as informações contidas na prova pra uma equipe de reportagem do jornal Estado de São Paulo. Pelas informações divulgadas na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na internet, o rolo chegou ao ministro Fernando Haddad, que cancelou o teste.

O ministro já encaminhou o caso à Polícia Federal (PF), que investiga se algumas questões da prova vazaram de dentro da gráfica de Sampa, que imprime os papélis e foi contratada pela Connase, a empresa que ganhou a licitação pra aplicar os testes.

O representante do consórcio nacional no Itajaí, Jorge Luís Cardoso Nunes, garante que a empresa segue todas as exigências de segurança impostas pelo ministério da Educação. ?A prova vem lacrada. O pacote só pode ser aberto no dia da prova. O transporte é especial e feito com escolta?, conta.

Até o fechamento desta edição, o ministro Fernando Haddad ainda não havia comunicado uma data para nova realização das provas. A gerente regional da Educação, Maria Alice Pereira, arrisca dizer que os testes serão aplicados daqui a 40 dias.

A abobrona informa que os estudantes têm procurado cada vez mais o Enem como forma de entrar na faculdade e por isso as provas devem ser realizadas o quanto antes. ?O número de jovens do ensino médio aumentou e todos estão pensando em novas formas de ingresso no ensino superior?, disse.

Os inscritos receberão a nova data da prova por e-mail ou pelo correio. Por causa do adiamento, o resultado final das provas, que tava previsto pro dia 8 de janeiro, deverá atrasar um mês. A coordenadoria estadual do Enem em Florianópolis não quis se manifestar sobre o assunto.

Pelas informações da página do ministério da Educaçao na internet, mais de quatro milhões de pessoas estão inscritas no Enem.

  •  

Deixe uma Resposta