• 01 fev 2010
  • Postado por Tiago

“Ela quer mandar em tudo… É autoritária mesmo”

Presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), sobre a ministra petista Dilma Rousseff

DF: igreja evangélica faz festa para acusados

Líder da Igreja Batista Central de Brasília, o pastor Vilarindo Lima confirmou que o neto e também pastor Ricardo Espíndola está “licenciado” e organizou uma festa na igreja reunindo vários deputados distritais acusados no “DEMsalão”, mas nega relação do neto com o escândalo. Ricardo assessorava Durval Barbosa, o homem das fitas, na Codeplan, do governo do DF, e enfrenta com ele vários processos.

Sem política

O pastor Vilarindo nega “conotação política” no evento, com a presença de Leonardo Prudente, o das meias. E que ele seja membro da igreja.

A polêmica oração

O líder evangélico também nega haver abençoado os deputados que apareceram num vídeo “agradecendo a Deus” pelo dinheiro.

Proibido criticar

A governadora do Pará, Ana Julia Carepa (PT), inaugurou blog e twitter. Ambos, claro, bloqueados para comentários ou críticas.

Amazonas: ministro suspeito de fazer fofoca

Amigos do governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), acham que foi Alfredo Nascimento (Transportes) quem “envenenou” seu relacionamento com o presidente Lula. Candidato a governador, o ministro não se conforma com o apoio de Braga ao vice, Omar Aziz. O fato é que Lula andou falando mal do governador, citando-o entre os supostos “traidores” do PMDB que podem apoiar o tucano José Serra.

Prima dona

Com um governo aprovado por 80% da população, o atual governador do Amazonas é o “cabo eleitoral” mais cortejado no Estado.

Proteção

A Câmara dos Deputados continua em fevereiro a análise do projeto que cria vagões só para mulheres, em trens e metrôs de todo o País.

Nem tanto

O arrasa-quarteirões “Avatar” se aproxima do sétimo fim de semana no topo das bilheterias de todo o mundo. Já “Lula, o Filho do Brasil”…

Rebordosa

Em meados de 2009, o governo Lula extinguiu um importante estímulo às exportações, o crédito-prêmio do IPI. Já em dezembro, veio a rebordosa: o volume de importações foi maior que o das exportações.

Boicote ao cartel…

Consumidores enfurecidos com o “cartel da BR” propõe na internet o boicote aos postos da distribuidora da Petrobras, que, segundo o governo Lula, já teria conquistado nossa “autosuficiência” em petróleo.

…contra exploração

No Paraguai, o litro da gasolina custa R$ 1,45, sem adição de álcool, contra R$ 2,67 no DF. E o Brasil, que reclama da falta de estoque de álcool, vende o produto a países vizinhos por R$ 0,35 o litro.

Pólo recuou 14,21%

O pólo industrial de Manaus faturou US$ 2,4 bilhões em dezembro, 55,38% a mais que no mesmo período de 2008. No total, informa a Suframa, fechou o ano com US$ 25,9 bilhões, uma queda de 14,21%.

Hora do almoço

O Instituto Médico Legal do DF confirma que a partir desta segunda vai fechar na hora do almoço, mas não para a rapaziada tirar a barriga da miséria e sim em razão de obras no prédio, por uma semana. Ah, bom.

Doença silenciosa

Pesquisa do Grupo Otimismo de Apoio a portadores de hepatite C revela que entre três e quatro milhões de brasileiros têm a doença e não sabem. Atendidos pelo SUS serão cerca de 13 mil em 2010 – aumento de 7% a 10%. É irrelevante, diz o presidente Carlos Varaldo.

Metrô de doido

Uma leitora pegou em Ipanema o metrô Zona Norte, às 19h50 de quinta, para saltar na estação Cardeal Arcoverde, em Copacabana. O trem só parou uma estação adiante. Carioca, não entendeu nada. Imagine os turistas…

Programa de índio

A Funai pretende repassar para 63 índios cerca de 4.320 mil hectares produtivos de 300 famílias em Getúlio Vargas (RS). A titularidade das terras é do início do século XX. O ambiente é de revolta na região.

Pensando bem…

…Lula confundiu esteira ergométrica com escada de avião.

PODER SEM PUDOR

Patrimônio ameaçado

Ainda no primeiro governo FHC, o senador Gilberto Miranda (AM), alvejado por denúncias de sonegação, ameaçou trocar o PMDB pelo PFL (atual DEM). Caiu na galhofa. O senador e poeta Ronaldo Cunha Lima (PB) fez um trocadilho:

– A saída do Gilberto, eu só aceito imposto!

Até o gaúcho Pedro Simon, em geral sisudo, tirou a sua “casquinha”:

– Gilberto, não podemos abrir mão de você. É o nosso maior patrimônio!

  •  

Deixe uma Resposta