• 21 dez 2009
  • Postado por Tiago

“É a chapa que todo o Brasil oposicionista deseja”

Presidente do PPS, Roberto Freire, sobre a chapa José Serra-Aécio Neves, do PSDB

O DNIT, quem diria, terá ‘código de ética’

Papai Noel deixará um saco de boas intenções no DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), conhecido pelo seu envolvimento em inúmeras maracutais ao longo dos anos. O diretor-geral Luiz Antonio Pagot oficializou o Programa Estratégico de Gestão Ética, com direito a curso, comissão de ética, auditoria e corregedoria. E um cadastro “com o grau de suscetibilidade ao desvio de conduta”.

O outro nome da propina

Vinculada ao Ministério dos Transportes, a autarquia deverá fazer um levantamento de “áreas suscetíveis”. Isto é, onde mora a propina.

Fiscal dos fiscais

Vai mapear os departamentos que mais movimentam recursos e fiscalizar os fiscais – outros ‘suscetíveis”. Bem-vindo, Noel!

Apague a luz

Ainda faltam dois dias para que os parlamentares do Congresso Nacional tirem férias, mas Brasília já está vazia há uma semana.

Nossa grana

A Agência Brasileira de Inteligência comprou equipamentos de videoconferência por mais de R$ 185 mil.

Turismo flagra crime de falsidade ideológica

No pente fino de prestação de contas de eventos, o Ministério do Turismo pôs a mão em um curioso flagrante de crime de falsidade ideológica: a advogada trapalhona de um município do oeste de Minas esqueceu na papelada a cópia de um e-mail mandando sua “irmãzinha” assinar por ela o parecer jurídico, assinar outro documento pelo presidente da instituição e alterar a data de um terceiro documento.

Caso de polícia

O caso da falsidade ideológica descoberta pelo Ministério do Turismo, é claro, foi enviado à Polícia Federal

Língua de trapo

O respeitável público não perdoa: diz que Lula teria se empolgado no discurso em Copenhague porque leu Copo 51, em vez de Cop 15.

Choque

Causou espécie no jornal americano Wall Street Journal os R$ 26 bilhões que a CNT prevê para reformar a malha ferroviária brasileira.

Tá feia a coisa

O ministro Nelson Jobim (Defesa) deve passar o fim de ano no sossego da praia de Angra dos Reis (RJ), na casa do empresário João Araújo, da Som Livre, enquanto nos aeroportos já se registram sinais de caos.

Bertin vai dar R$1,5 milhão…

O frigorífico Bertin, um dos maiores do mundo, doará R$1,5 milhão em carne a entidades beneficentes do Mato Grosso do Sul, num acordo com o Ministério Público do Trabalho do Estado.

… após graves denúncias

O Bertin é acusado de descumprir a jornada de trabalho e a segurança dos empregados: teria mantido 26 funcionários inalando gás de amônia durante um vazamento, sem socorro e demitindo alguns depois.

Bala na agulha

No próximo dia 26 “voa” o trem-bala chinês, o mais rápido do mundo, a 350 km por hora – a mesma do anunciado TAV Rio-SP. Ligará em três horas os mil quilômetros entre Wuhan a Guangzhou, cobrando entre US$72 e US$114. Quase o mesmo dos 400 km entre Rio-SP.

Parabólica

A TV Brasil, a TV do Lula que ninguém vê, amplia seus domínios: vai alugar por R$ 880 mil mensais o primeiro andar do shopping Venâncio, em Brasília, com direito às duzentas vagas de estacionamento.

Empurra que pega

O Ministério da Defesa, como esta coluna informou, criou um grupo de trabalho, para tratar da inserção do Brasil na segurança internacional. Vai dar trabalho, após comprar 240 velhos tanques alemães Leopardo 1, carroças reformadas da década de 1970, a R$ 900 mil cada.

Penca de cargos

O Conselho Nacional do Esporte não teria sido consultado sobre a nova estatal, a Empresa de Excelência Esportiva, com sede em Brasília e representações estaduais e no exterior. O Ministério do Esporte diz que o Conselho discutiu as propostas, que estariam ainda “em estudo”.

Ele não relaxa

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, é mais formal do que se imagina. Ele freqüenta há anos uma academia de pilates e faz exercícios vestindo calça e camisa sociais e às vezes até colete. Só retira a gravata e o paletó. E os sapatos, proibidos no local.

Pensando bem…

… nada de Copenhague, é o clima em Brasília que anda perigoso.

PODER SEM PUDOR

‘Perigoso’ quem?

O jornalista Edmundo Celso foi um dos melhores enxadristas do Brasil e orgulhoso militante esquerdista, no Recife. Como muitos, no breve período de romântica resistência ao golpe de 1964, ele ficou chateado por escapar à caçada da repressão aos opositores do regime. Chegou a telefonar para o delegado Álvaro Costa Lima, também já falecido, para denunciar que no bairro de Campo Grande, no Recife, havia “um perigoso agente de Moscou” precisando ser preso. Ficou ainda mais irritado com a resposta do delegado:

– Ninguém aqui tá preocupado com essa besta…

  •  

Deixe uma Resposta