• Postado por Tiago

Wilson mostra as lesões sofridas com o acidente

O motorista Wilson Silvano, 55 anos, teve uma dolorida surpresa na manhã de ontem. Ele foi até as lojas Colombo, na rua Hercílio Luz, no centrão de Itajaí, pra pagar uma conta, mas acabou levando uma portada no braço.

A porta de ferro tava soltinha e despencou em cima do consumidor, que ficou com uma baita dor e com parte do braço roxo. O acidente rolou lá pelas 9h, quando Wilson tava entrando na loja. Ele disse que um dos funcionários que abriu a porta de ferro deu bobeira e destravou o ferrinho que segurava o trambolhão.

Quem levou a pior foi o cliente, que guentou a porta nos dois braços. ?Depois o funcionário nem fez nada, só pediu desculpa?, sincabreira Wilson. ?E se fosse na cabeça??, detonou.

Wilson queria ao menos que o empregado ou a loja tivessem dado o mínimo de atenção a ele, que tava sentindo dores fortes. Ele tentou falar com o gerente da Colombo, mas ouviu dos trabalhadores que ele tava num curso.

José Gomes, coordenador administrativo da Colombo, disse que ficou sabendo do perrengue mas quando foi atrás do seu Wilson ele já tinha ido embora. Na ausência do gerente, Zé é o responsável pela loja e disse que já falou com a direção, que autorizou o pagamento de qualquer despesa que o cliente tiver com atendimento e medicamentos.

?Eu queria falar com ele, dizer pra ele ir à farmácia e tirar uma notinha que iremos pagar todas as despesas. Foi um acidente, ninguém fez nada de propósito e o funcionário ficou apavorado na hora, foi imediatamente me procurar?, sisplicou Zé Gomes.

  •  

Deixe uma Resposta