• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-23---s---figueirense---atacante-clodoaldo-foto-carlos-amorim-divulgacao-figueirense-29jul09

Clodô tem poucas chances de voltar a atuar ainda este ano

A delegação do Figueirense chegou ao nordeste ontem à noite e hoje encerra os preparativos pra encarar a Campinense, em Campina Grande, no interior da Paraíba. O time saiu desfalcado de um importante jogador. O atacante Clodoaldo, que fraturou a tíbia da perna esquerda na vitória contra o Brasiliense, na terça-feira, ficará de molho por pelo menos três meses. Ontem foi confirmado que ele terá que fazer uma cirurgia pra recompor o osso da canela.

?Foi uma fatalidade. A nossa profissão nos coloca em risco. Foi um lance que a ideia era tocar a bola para o fundo e na hora de chutar a bola chutei o joelho do adversário e infelizmente aconteceu esta fratura. Mas estou com a cabeça boa e com pensamento positivo de poder ajudar o Figueirense?, disse Clodô.

Sobre o prazo pra voltar, o atacante acredita que vai se recuperar rápido. ?O momento era bom, mas a gente não sabe nunca o que vai acontecer. Apesar de falarem que eu não tenho mais condição, eu acredito que tem jeito ainda de voltar este ano. Meu desejo é voltar aos gramados e retribuir todo esse carinho que os torcedores demonstraram ter por mim nesse momento delicado da minha carreira. Tenho certeza que o Figueirense conquistará seu objetivo e quero estar presente com os meus companheiros neste momento?, diz.

Sem Clodoaldo, o técnico Roberto Fernandes terá que mexer no time, que também não terá o volante Carlinhos, por causa do terceiro cartão amarelo. O atacante Rafael Coelho, que machucou o tornozelo no jogo de terça, tá em tratamento intensivo e deve atuar. Desgastado fisicamente, o meia Fernandes deve ficar no banco de reservas. O goleiro Wilson e o volante Alê retornam de suspensão.

  •  

Deixe uma Resposta