• Postado por Tiago

O SONHO DE TERESA

Viajar, conhecer novos lugares é uma coisa boa; melhor ainda é quando a pessoa aprecia com prazer e registra as maravilhas que vai encontrando para contar com detalhes a quem não teve a oportunidade de usufruir momentos tão agradáveis.

Teresa Vieira Rodrigues é natural de Armação de Itapocorói, líder religiosa, fundadora da comunidade Bom Jesus do Morro do Ouro, em cuja capela está o nome de Orsias Rodrigues, seu marido e braço direito na construção daquele templo de orações.

De repente, a rotina de Teresa começou a mudar quando uma de suas filhas, Maria Aparecida, foi trabalhar numa das plataformas da Petrobras na bacia de Santos. Lá conheceu Marck Kenne, um engenheiro técnico norte-americano que prestava serviços na área de produção. Moça de bela aparência e gestos delicados, logo foi atraída pelos olhares daquele cidadão que logo a conquistou em namoro com sérios planos para o futuro. Era 1994. Dois anos depois, Cida já estava de malas prontas para morar em Monroe, estado da Louisiana, nos Estados Unidos. Casada, passou a chamar-se Maria Kenne.

Já à beira dos 70, Teresa começou a viajar para visitar a filha e conhecer os netinhos Marck Júnior e Zack. Marck, o genro, a chama de mãe e proporciona a ela o que há de melhor. Suas viagens são sempre de primeira classe. É tão grande a eficiência nesses voos internacionais que permite viajar sozinha uma pessoa idosa sem qualquer problema. Teresa já passou cinco temporadas de meio ano nos Estados Unidos, somando seis nesta última em que ficou três meses e meio. Aos 79 anos que completa no próximo 24 de novembro, ela conta maravilhas do passeio que ganhou – uma visita ao Colorado – que a deixou deslumbrada. Mesmo conhecendo Nova York, Dalas, Winston e outros importantes centros norte-americanos, nenhum empolgou tanto quanto o passeio ao Colorado. A beleza das montanhas, o trem soltando vapor que produz arco-íris, a cidade de Silverton incrustada num vale florido encanta por sua beleza diferente, atraindo olhares de admiração às montanhas em volta cobertas de neve. Vale a pena parar para ouvir essa lúcida mulher e admirar sua cultura. Foi tanta emoção – disse ela – que, a cada minuto, chorava ao lembrar dos parentes e amigos que não estavam ali para ver tantas maravilhas.

A viagem durou dois dias, numa van, de Louisiana a Colorado. Lá passaram uma semana em hotel de conforto. Teresa viveu um verdadeiro conto de fadas.

Ela é a segunda mais nova das seis filhas de Maria de Souza e Antônio Colatino Vieira. É de formação primária, porém com muito proveito de tudo aquilo que aprendeu. Para quem nasceu em 1930, estava longe de pensar que no século XXI ia ter tamanha realização.

Mãe de nove filhos. Tem 13 netos e aguarda o nascimento de dois bisnetos. Viúva desde 2 de maio de 1996, continua em seu trabalho comunitário, com grande desempenho no Apostolado da Oração.

  •  

Deixe uma Resposta