• 28 ago 2009
  • Postado por Tiago

“O problema é a liderança moral e intelectual desse acordo”

Deputado ‘presidenciável’ Ciro Gomes (PSB-CE), sobre a aliança PT-PMDB no governo

Tesoureiro de Lula também terá bolsa-ditadura

Paulo Okamotto, 53, presidente do Sebrae, amigão e ex-tesoureiro do presidente Lula, vai receber uma grana preta (nossa) do Ministério da Justiça a título de indenização como “anistiado político”. Um alívio para quem pagou dívidas de Lula no PT e até R$ 26 mil da filha do presidente, Lurian, sem explicar até hoje exatamente como. Ele entrou com o pedido de anistia em 2003, cinco meses após a posse de Lula.

Bingo!

Petista amigo do presidente há mais de trinta anos, Okamotto escapou da quebra de seu sigilo bancário durante a esquecida CPI dos Bingos.

Milagre dos peixes

Discreto e modesto, o velho amigo nunca explicou como podia esbanjar generosidade só com seu salário no Sebrae. Salvou-o a anistia.

A velha ‘caixinha’

O ex-petista Paulo de Tarso Venceslau afirmou na CPI que Okamotto recolhia dinheiro de prefeituras para a caixinha do PT. Ele negou.

Delúbio faz doce

Piada da hora em Brasília: o ex-tesoureiro do mensalão Delúbio Soares já pensa em desistir de voltar ao PT, indignado com tanta bandalheira.

TCU de olho em compra milionária da Infraero

O Tribunal de Contas da União acatou representação de um advogado que pede a investigação da compra, pela Infraero, de 66 “carros de combate a incêndio”. Como sempre, espanta o valor da comprinha: R$ 172 milhões, mais de R$ 20 milhões mais caro que o Airbus de Lula, o Air Force 51. O edital da licitação estaria ferindo o princípio da isonomia e não resguarda a estatal contra o não-cumprimento do contrato.

Aeroporto 2010

A Câmara dos Deputados abriu licitação para instalar lojas de livros, jornais, papelaria e guloseimas no edifício principal e no anexo.

Visitas ilustres

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, vem ao Brasil em outubro. No final de novembro, vem o ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan.

Perguntar não demite

Se mantida no cargo, quando a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira revelaria o “pedido inconcebível” da ministra Dilma Rousseff?

A agenda de Dilma

A agenda pública de Dilma Rousseff registra em 19 de dezembro de 2008 uma reunião do Conselho da Petrobras em Brasília às 9h, que acabou às 14h13, momentos antes de a ministra encontrar com Lula.

A “dura” na Petrobras foi uma das razões da queda de Lina, em julho.

Cachimbo da paz…

Em conversa do presidente do PMDB, Michel Temer, com Joaquim Roriz, surgiu uma proposta de paz: o ex-senador retira o pedido de intervenção no diretório do partido no DF e em troca disputará o governo distrital.

… para o PMDB no DF

Joaquim Roriz também ofereceu apoiar para o Senado o rival deputado Tadeu Filippelli (DF), que disse até aceitar conversar, mas na executiva nacional do PMDB e com todos os deputados do partido.

O Acre sou eu

Petista não tem medo de ser feliz: governador do Acre, Binho Marques pagou R$ 6,9 milhões por um helicóptero da Helibrás, da qual é diretor seu chefe Jorge Viana, e pintou nele uma estrela vermelha gigante.

Rua da alegria

O ministro Tarso Genro (Justiça) está nas nuvens, com a CPI que apura malfeitorias da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius. Ele vislumbra uma alegre avenida rumo ao Palácio Piratini.

‘Macondo’

O Maranhão parece o fundo do poço: estão irregulares as contas de nove municípios, a maioria por desvio de verbas federais de Saúde e Educação. Um deles, por ironia do destino, se chama Brejo.

Lula evita Marina

O presidente Lula cancelou a viagem à Dinamarca, em novembro, para a Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, a COP-15. A senadora verde Marina Silva (AC) é uma das estrelas do encontro.

Braços cruzados

Prefeitos de Pernambuco suspendem o expediente, hoje, em protesto contra os cortes, mês a mês, no Fundo de Participação dos Municípios. A reposição prometida por Lula ficou para o dia de São Nunca.

Pensando bem…

…”aparelho”, na ditadura, era onde alguns futuros petistas se escondiam. Hoje, no governo, é onde trabalham.

PODER SEM PUDOR

Nó em pingo d’água

Ex-prefeito de Juazeiro (BA), com fama de ser o político mais esperto da região, Joseph Bandeira fazia campanha para deputado federal, em 1994, quando foi recebido com protestos na casa de uma eleitora:

– Como você tem coragem de me pedir de voto, se me deu um chá de cadeira de quatro horas na prefeitura e não me recebeu?

– Minha amiga, eu não vim lhe pedir voto, eu vim foi lhe pedir desculpa por  não poder atendê-la naquela ocasião – safou-se Bandeira.

  •  

Deixe uma Resposta