• 31 ago 2009
  • Postado por Tiago

“Vamos focar no aparelhamento da Petrobras pelo PT e aliados”

Deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), sobre o objeto da investigação à estatal

CGU investiga Ministério dos Transportes

A Controladoria-Geral da União investiga “várias denúncias”, segundo o próprio órgão, apresentadas contra o Ministério dos Transportes. São acusações de ingerência, nepotismo e beneficiamento indevido de servidores, envolvendo empresas privadas, no Grupo Executivo da pasta. O GE supervisiona a conclusão do inventário do extinto DNER, o atual DNIT. A CGU confirmou a investigação mas não deu detalhes.

Triste memória

Sucessor do DNER, de triste memória, o DNIT herdou a prática de irregularidades: são investigados ao menos oito casos de nepotismo.

Silêncio

Procurados, o Ministério dos Transportes e o ministro Alfredo Nascimento se recusaram a se pronunciar sobre a investigação.

Blue chip

Sem risco e com lucro garantido, a Letra do Tesouro Nacional (LTN) é a nova vedete do mercado de capitais. Superou até a poupança.

Juca em Cuba

O ministro Juca Ferreira (Cultura) viaja a Cuba dia 14. Não se sabe ao certo o que pretende trazer de lá para a cultura brasileira.

Mineiro tenta denunciar maracutaia há 15 anos

Um engenheiro contratado na obra do “Residencial Parque do Mirante”, em Uberaba (MG), financiada pela Caixa Econômica Federal, tenta há mais de 15 anos denunciar as falcatruas na construção. Segundo Pedro Coelho, foi encaminhada à CEF documentação que comprova ter havido fraude para esconder os vícios lesivos ao Erário. A denúncia foi até encaminhada à Procuradoria-Geral da República e à OAB-MG.

Ilegal

A principal acusação de Coelho é que a CEF liberou o pagamento às empreiteiras apesar de as obras ainda não terem sido concluídas.

Providências

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, pediu “providências” da OAB-MG. Há um ano Coelho aguarda resposta.

Eles por eles

Lula pediu “moderação” ao “democrata” Hugo Chávez. É tão inútil quanto ele pedir a Lula que se lembre de tudo.

A próxima vítima

Responsável pela indicação de Lina Vieira, pelo aparelhamento Receita Federal e pela rebelião no órgão, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nélson Machado, subiu voluntariamente no talhado.

Vínculo incômodo

Respaldados em pesquisas, os marqueteiros do governador José Serra procuram evitar a vinculação dele a FHC. Pegaria mal, tanto na hipótese da reeleição quanto (principalmente) rumo ao Planalto.

Estilo dos coronéis

Trava-se uma briga de vida ou morte entre o ex-ministro da Saúde Humberto Costa, e o ex-prefeito do Recife, João Paulo, pelo controle do PT pernambucano. Vale tudo, de dedo no olho a compra de voto.

Herança cobiçada

O espólio eleitoral de José Múcio Monteiro, que deve ser aclamado como próximo ministro do Tribunal de Contas da União, e não disputa o próximo pleito, virou objeto de cobiça dos políticos pernambucanos.

Polícia protegida

Em Brasília, os policiais da Delegacia do Paranoá trabalham protegidos contra gripe suína: todos usam máscaras e luvas, durante a abordagem (ou “baculejo”) de suspeitos e depois, claro, álcool gel.

Escuridão para todos

Os 17 mil moradores de Epitaciolândia (AC) esperam desde 2004 a conclusão do programa “Luz para todos” do governo federal, prometidos pelo então governador Jorge Viana com a ministra Dilma.

A jornada e a urna

O presidente da Câmara, Michel Temer, deve adiar até quando puder a votação do projeto que reduz de 44 para 40 horas a jornada semanal de trabalho. Se for ao plenário antes da eleição, será aprovado.

Excesso de zombaria

Faz o maior barulho na Assembleia catarinense o adicional de insalubridade de R$ 162 mil mensais “por ruído excessivo” de máquinas a 111 servidores. Se a insalubridade pega no Senado…

Pensando bem…

…o Brasil, até agora, só deu furo no pré-sal.

PODER SEM PUDOR

Pegando no pé
Após receber uma comenda do Tribunal Superior do Trabalho, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) surpreendeu o então presidente do TST:

– Ministro Francisco Fausto, pegue no meu pé e vamos à luta!

Ele respondeu com um trocadilho:

– Ao pegar no seu pé, daremos muitos passos para a garantia dos direitos dos trabalhadores, que hoje estão a pé, em termos de emprego…

  •  

Deixe uma Resposta